se essa lua fosse minha

Nosso mágico jardim das fadas…

Enquanto outubro se despede voando e o mês de novembro já acena a sua chegada,  cada vez mais vejo a primavera se espalhando, morna e luminosa, por todo esse nosso cantinho do mundo.

Inegáveis são os seus iluminados sinais, que surgem aqui e ali, seja no despertar de novas flores, no dourado suave das manhãs ou simplesmente, na alegria barulhenta dos queridos passarinhos.

E como nós, testemunhas singelas desses tempos admiráveis, ficaríamos imunes aos ares primaveris?

Então, foi assim,  num momento de pura mágica, que talvez alguma fada gentil (dessas que aparecem só na primavera…Rs…)  fez com que eu prestasse atenção num vaso bem antigo, largo e cinzento, marcado pelo tempo, quase abandonado e sem carinho, num cantinho úmido do nosso quintal…

Não, ele não estava desabitado…

Pelo contrário, desde que chegamos aqui (já fazem quinze anos!!! ) este vaso tem sido residência solitária de uma plantinha que até hoje desconheço o nome e origem. Seu caule esguio e folhas longas e estreitas,  lembram de longe a aparência de um bambuzinho.

Mas apesar dos meus olhos, ao longo dos anos, não prestarem muita atenção nela, meu coração me lembrou, naquele momento,  do valor especial dessa valente plantinha.

Na verdade, ela é uma guerreira da natureza, que tem sobrevivido à passagem das estações e resistido às  intempéries do meio ambiente e das nossas emoções humanas.

Essa lembrança fez brotar dentro de mim, uma compaixão por aquela singela planta e o desejo urgente de demonstrar minha reverência à esta esquecida companheira e honrar a sua coragem e resiliência.

Então, bastou apenas uns minutos e lá estava eu, podando seus galhos, retirando as velhas folhas e presenteando a corajosa e companheira plantinha, com um bom suplemento de terra nova e adubada.

Daí achei que ela estava muito solitária, e exposta demais às invasões daquelas plantinhas “oportunistas”, que nem sempre trazem benefícios à uma velha planta. Sendo assim, resolvi adicionar ao seu vaso antigo outras companheiras de jornada, que fossem menos exigentes e mais generosas: Duas belas e pequenas suculentas!

E como uma ação puxa a outra, quando vi o resultado, decidi ir além e transformar aquele vaso tanto tempo esquecido, e quase abandonado, numa graciosa morada de fadas…

Com cuidado e carinho, fui acomodando melhor as novas companheiras…

Na frente do vaso, e com uma distância considerada, foram morar as suculentas, que também estavam cansadas de seus antigos vasinhos apertados.

Certamente elas se alegraram com um esse novo lar, lugar de mais espaço e mais terra…

Logo me lembrei de duas graciosas”fadinhas”, que à muito dormiam numa caixa de papelão, e fui logo convidando-as para morar nesse nosso mágico jardinzinho.

Claro que elas levaram os seus “bichinhos de estimação” para morarem com elas, uma joaninha e um caracol de jardim, além de alguns enfeites para tornar a nova casinha mais acolhedora e bonita…

Acredito que não há dúvida de que elas amaram esse novo lar!

Depois disso, acho que ouvi outras plantinhas chamando por mim…Rs…

E em alguns minutos, lá estava eu novamente, colocando também uma cactácea e mais três kalanchoes para fazer parte desse pequenino “condomínio verde”.

Confesso que acho que exagerei um pouquinho nesse “povoamento botânico”…Rs…

Mas como todas elas são plantas rústicas, que não precisam de muita água e pouco exigentes com relação ao solo, achei que valia a experiência…Vamos ver como elas vão se comportar! (Rs…)

Para finalizar, coloquei uma casinha para as fadinhas e algumas pedras bonitas e pedriscos, que deram todo aquele toque aconchegante…

Até coloquei umas pedras de “quartzos rosas” para harmonizar!

Então, olhei carinhosamente para aquele vaso, como nunca havia olhado antes… Ele ainda era o mesmo, antigo, marcado pelo tempo…

Mas agora estava tão diferente…

Cheinho de vida e magia primaveril!

Quem mais se lembrava de que à umas horas atrás ele era apenas um vaso antigo e esquecido do nosso quintal?

E os meus olhos começaram à viajar pelo nosso pequeno jardim…

Percebi que a “mágica da primavera” estava muito presente ao meu redor…

Flores preciosas espalhando seus perfumes pelo ar…

Um doce e quente aroma que estimulava o trabalho das abelhas e fazia as cigarras entoarem suas poderosas melodias…

Eram os aromas e as canções da vida que se renova…

E que apesar de todas as tristezas e angústias do mundo, nos convidam à entrar em sintonia com essa força tão maravilhosa da primavera, que no fundo, também existe dentro de nós…

Força que está além do nosso entendimento, que vem do Criador do Universo e restaura a nossa vontade de caminhar…

E a natureza, através de suas flores e frutos, está por todo lugar, nos lembrando que a vida sempre pode ser mais doce e suave, quando tiramos o peso de nossas costas e abrimos a mente para compreender que fazemos  “todos nós” parte de Algo bem maior, que nos une à todos os seres que por aqui habitam e respiram…

Então, desejo à todos vocês, pessoas amigas e queridas, que essa mágica da primavera possa, de alguma forma, iluminar e aquecer os corações…

Lembrando que tudo no mundo passa, mas a força Maior que rege o Universo vai estar sempre brilhando dentro de nós…

E que possamos todos aprender, cada vez mais, à transformar tudo aquilo que parece triste, abandonado e sem esperança, em um jardim pleno, repleto de mágica e de flores!

Meu abraço grande e carinhoso no coração de vocês!!!

Anúncios

Alma de primavera

Primeiro dia de primavera nesse nosso hemisfério sul.

Meus pensamentos voando longe, como se fossem sementes de “dente de leão” ao vento…

Mas hoje, céu muito azul e sem nuvens, apenas uma leve brisa por aqui à navegar.

E ela passa ligeira, quase fresca, como se tivesse medo de incomodar.

E enquanto as temperaturas aumentam e o sol brilha soberano sobre nós, sinto a terra quieta, seca, um tanto ansiosa, certamente com saudades da amiga chuva…

Mesmo assim, ainda percebo uma promessa boa no ar…

Um perfume de flores ao longe, um canto melódico de passarinho e uma borboleta à bailar…

E aquela vontade imensa, de ver a terra se vestindo de novo, com suas mais belas cores,  pra simplesmente celebrar a vida.

 

E regando minhas plantas no jardim, por uns instantes, quase me esqueço da aridez desses dias…

Sonhando acordada, vejo campos de flores de terras distantes…

Lugares lindos e mágicos que tivemos a dádiva de conhecer, ainda no início deste ano, celebrando uma outra primavera…

Porque no hemisfério norte do continente americano, também transbordam de beleza os campos…

E incontáveis multidões de flores, festejam a chegada tão esperada da estação primaveril…

Seja na delicada flor de um cacto , no campo florido de beira de estrada ou numa fazenda de papoulas, o que vimos por lá também é a força poderosa da natureza, que por todo o planeta faz acontecer o grande milagre da vida…

E foi me lembrando dos lugares lindos e repleto de cores e de flores, daquela primavera já distante, que renovei a minha esperança nesse meu lugar…

E me lembrei também, dos meus tempos de menina, em que na escola fazíamos sempre uma festinha pra comemorar essa bela estação…

E nas peças de teatro escolares, já fui tantas coisas…

Já fui flor de violeta, já fui estrela e até passarinho! Rs…

Tudo com amor e carinho, pra agradar à cada preciosa primavera dos nossos caminhos…

E acho que por isso, de alguma forma, aquelas estórias de “primaveras” brotaram e fizeram raízes na minha memória…

Então, desde aquele tempo juvenil, sempre procurei cultivar uma “alma de primavera” dentro de mim…

Mas cultivar dentro de nós uma “alma de primavera” não é tarefa muito fácil não…

E muito menos é apenas lembrar da beleza e do perfume das flores…

Acho que acima de tudo, é tentar cultivar todos os dias a paciência e a resiliência tão necessárias pra enfrentar os “outonos”, os “invernos” e até mesmo os tórridos “verões” dessa nossa aventura humana.

Creio que é principalmente renascer e superar os desafios de cada dia…

E quem sabe, conseguir brotar novas flores no cotidiano tantas vezes áspero da vida.

Pois apesar das lutas, praticar o perdão e deixar florescer o amor sempre valerá à pena!

Mas o que fazer quando a gente sente, de vez em quando,  a nossa “alma de primavera” tão frágil e insegura diante das intempéries do caminho?

Bom, confesso que muitas vezes não sei a resposta…

Tentar cultivar uma alma primaveril  não é certeza  de muitas flores na nossa estrada…

Muitas vezes, os “espinhos” do frio do “inverno” deixam cicatrizes…

Mas nada que uma delicada “flor com amor” não possa sarar…

Há muitos milagres numa única primavera…

Mas acredito que nas provas dos tempos mais frios é que reside a força vital da “primavera”…

E quando nos julgamos fracos e solitários, faz brotar também misteriosamente em nós, uma sensação de recomeço e esperança…

Então, quando nos cansamos ou pensamos em desistir, vem a energia da primavera e o Criador do Universo renova as nossas forças…

E  aproveitando esse início dessa estação tão significativa e bonita, convido à todos à cultivar um pouquinho de primavera, à cada singelo dia, no seu coração…

Porque apesar de todos os nossos problemas, tristezas e desventuras humanas, precisamos acreditar que a força do bem é sempre maior, e que nunca podemos desistir de nós mesmos e das pessoas que amamos. Pois assim como sobreviver ao frio do inverno nos ajuda à fortalecer, a gentil luz da primavera nos ajudará à florescer e encontrar um novo amanhã…

Meu abraço carinhoso e o desejo de uma primavera repleta de flores, luz, paz e amor para todos!!!

De volta ao jardim…

Um longo tempo se passou desde que estive por aqui…

E quantas saudades deste meu cantinho tão querido deste meu pequeno mundo virtual!

Mas neste ano, os dias têm sido muito corridinhos e a vida que chamamos de ” real” , tem me requisitado  para uma pequena pausa nas atividades virtuais.

Às voltas com obras de reforma em nossa casa desde janeiro,  e conciliando tantas outras atividades e aventuras domésticas, fiz o meu singelo blog adormecer por um tempo indeterminado…

Mas como nas estórias de contos de fada, ficou semeada a esperança de que algo o despertasse desse longo sono…

Até que um dia desses, recebi por aqui, uma mensagem de uma amiga virtual de longa data, a querida Mariluce Médice, me perguntando, preocupada, por onde eu andava…

E de repente, ao ler atentamente aquela carinhosa mensagem, algo enfim despertou a minha vontade de “acordar” o meu blog…

Então, sacudindo a poeira do tempo e mesmo com certo atraso, eis-me aqui novamente, navegando por essas admiráveis ondas virtuais, tentando ajustar a rota rumo à novas navegações…

Para começar essa nova etapa, resolvo dar notícias do nosso pequeno jardim.

Apesar de um pouco maltratado pelo transtorno causado pelas obras de reforma, ele ainda continua por aqui…

Sobrevivendo em meio à poeira do cimento, tijolos e madeira, ele continua nos fazendo sua gentil companhia.

Respirando , fazendo  fotossíntese e nos oferecendo o seu precioso aconchego verde…

A beleza das floradas dos vasinhos das “flores de maio” são nossas fiéis testemunhas disso…

Ou seja, o nosso querido jardinzinho continua bem vivo e nos oferecendo suas amadas flores…

Alheias às alterações do ar poeirado e do barulho das ferramentas, essas belas cactáceas resolveram nos presentear nesse ano com muitas lindas flores, que com certeza, trouxeram muita alegria aos olhos e à alma de quem as aprecia e as viu por aqui…

De certo que nem tudo são flores nestes dias agitados em que cimento, areia e brita se fazem presente por todos os lados.

E como é preciso estar atento às adversidades que toda obra de reforma nos traz…

Algumas plantas mais sensíveis andaram mais tristinhas e outras foram sem querer danificadas por pequenos acidentes…

Houve dias em que a poeira de cimento e de madeira, cobriram as folhas das plantas com uma camada desagradável de pó.

Em outros dias, o cheiro forte de verniz se espalhou pelo ar…

Também houve respingos de tintas e pequenos estragos em caules, folhas e flores.

Mas apesar de tantos transtornos inerentes ao nosso pequeno “canteiro de obras” doméstico, nada disso   impediu que o nosso querido jardinzinho continuasse transbordando de vida e nos consolando com suas flores.

E assim, cá está ele…

Abraçando a entrada de nossa casa e nos trazendo, diariamente,  sorrisos de contentamento, gotas de aconchego e uma dose diária de paz…

Ah, que o digam também  as miúdas margaridas que também têm aparecido por aqui!

Havia muito tempo que estavam adormecidas, mas com a chegada dos dias mais frios, parece que despertaram para a vida, se abrindo  em profusão, com graça e aquela especial delicadeza, que só as margaridas têm…

Já esse nosso “jardineiro” anãozinho de jardim, pelo jeito, anda até bem feliz…

Sem se importar com a agitação das obras, passa os dias ajudando no novo “berçário” improvisado de suculentas…(Rs…)

Daqui à algum tempo, essas plantinhas bebêzinhas vão estar em tamanho bem maior do que ele…(Rs…)

Devido ao movimento de pessoas e materiais, precisei transferir de lugar alguns vasos de plantas.

Um cantinho reservado, encostado ao muro vizinho, serve hoje de “oásis” para várias espécies que pedem mais cuidado.

Como essa bela bromélia, de folhas longas e espinhentas, que passa bem e ainda nos acena com suas belas “miniaturas” de abacaxis…

E é claro que as amigas borboletas continuam nos visitando, em vários tamanhos e cores,  trazendo colorido e leveza à todos os cantinhos desse nosso valente jardim…

Alguns do nossos “mini-jardins” também estão bem e continuam se desenvolvendo alegremente…

No “jardinzinho mexicano”, o homenzinho de sombrero também não se importa com as obras e não deixa de tirar a sua “siesta”… (Rs…)

Em cada vasinho de planta, sempre encontro uma mensagem que nos “fala” de alegria e acolhimento…

As belas azaléias continuam  nos encantando…

Enfeitando cada inverno com suas adoráveis e vistosas florações…

Então, mesmo nos dias mais frios e chuvosos, quando o céu fica pesado, zangado,  e pintado de nuvens grisalhas, no nosso pequenino jardim sempre encontro algum conforto e esperança em dias mais gentis pra todos…

E assim, transformo os meus pensamentos, e as gotinhas de chuva se tornam lindas gotinhas de cristais preciosos, que fazem brotar sorrisos em mim e nas fadas do nosso amado jardim…

E nas miudezas das alegrias cotidianas, procuro encontrar a força que precisamos pra continuar caminhando…

E assim, continuo acreditando que nos detalhes da natureza é que podemos encontrar a essência da vida…

Então, cuidando desse nosso mundinho natural que é o nosso valente jardim, vejo sempre a força da vida que transborda, se recria e supera os obstáculos que surgem pelo caminho.

E observando os tempos difíceis que vivemos hoje em nosso país, aprendo todos os dias com essa nossa admirável natureza…

Porque muito além de todos os transtornos, tristezas e injustiças humanas, os jardins de nossas existências sempre poderá sobreviver às intempéries da jornada, e com resiliência e coragem, encontrar lá adiante, um tempo de mais paz, compaixão e amor…

Minha alegria e gratidão de estar por aqui de novo…

Meu abraço carinhoso e beijos de paz das flores daqui pra todos!!!!

 

 

 

 

Nos caminhos da natureza…

DSCN9521.JPG

O ano já nasceu iluminado, colorindo a nossa cidade ensolarada e agitada.   No coração das pessoas, um novo ano sempre carrega em si, novas cores,muitos sonhos e antigas esperanças.

Passados os dias de festa e de férias, apesar da mudança do calendário,  despertamos em 2017, com todos os mesmos problemas e desafios do nosso brasileiro cotidiano.

É fato que algumas novidades políticas e econômicas não são muito favoráveis, mas mesmo assim, a vida é soberana no seu caminho, e eu sou uma daquelas pessoas que acredita que apesar de tudo,sempre há motivos para sorrir e acreditar que dias melhores hão de vir.

Segredo para ter bom humor ?  Isso eu ainda  não tenho…(Rs…)

Mas para mim, que tento aprender à buscar na natureza uma dose de inspiração e uma pitada especial de energia, para “tocar o barco” e ir em frente, apenas procuro fazer de cada singelo dia, um singelo recomeço…

DSCN9515.JPG

Então, posso dizer que  comecei o ano assim, tentando ver o “lado mais leve” das coisas ( sempre que possível, é claro! Rs…) e prestando mais atenção nos pequenos detalhes e nas  delicadas mensagens que a mãe natureza traz pra nós.

DSCN9527.JPG

Verdade que em meio à confusão, rapidez e excesso de informações que os novos tempos de alta tecnologia nos trazem , nem sempre conseguimos filtrar apenas o que nos pode ser positivo, e tantas vezes nos sentimos cansados e desanimados,  arrastados pela corrente pessimista e cruel do mundo…

Mas daí nos perguntamos, como será que a natureza pode realmente nos ajudar, no meio desse turbilhão de tantas informações, distrações negativas e vastas incertezas?

d1bbf5797215d73df0fabb5258ef26c0

Aqui no meu coração, a resposta para isso tudo é bem simples…

Basta parar um pouquinho, de vez em quando, para respirar devagar, reduzir o ritmo, olhar à sua volta e descobrir que a grandiosidade da vida está muito além dos nossos umbigos e confusões humanas.

A beleza do viver está em todo lugar, bem mais próximo que pensamos…

E se apenas paramos alguns minutos, por exemplo,  para observar a beleza delicada de uma flor, já teremos respostas para muitas inquietações da alma da gente…

DSCN9510.JPG

Porque na suavidade das pétalas de uma flor , simplesmente descobrimos que o mundo é feito de incontáveis belezas singulares…

E que um número indecifrável de criaturas se “vestem” de forma espetacular, para brilhar  e encantar os nossos olhos e os nossos corações!

Duvidam?  Parece apenas uma “visão romântica”?

Então convido todos vocês à dar uma olhada ao redor e prestar atenção…

Afinal, quem não se lembra de um dia especial, mesmo nos tempos de infância, em que uma simples borboleta fez nascer um sorriso dentro de nós?

DSCN9519.JPG

Dessa forma, acredito na importância de resgatar esse “encantamento” pelas coisas do mundo natural, e assim,  redescobrir a alegria e o bem estar que a natureza pode nos proporcionar.

DSCN9530.JPG

E que exercício maravilhoso, a visão de uma bela flor pode nos oferecer!

DSCN9512.JPG

E que sensação agradável podemos ter, se olharmos com carinho um pequenino detalhe de uma árvore frondosa, de uma folha,de um galho ou até mesmo de uma desapercebida samambaia…

dscn9523

E pensar que a natureza nos convida para esse “exercício” de delicadeza todos os dias…

Pena que muitos dizem que estão sempre muito “ocupados” (ou será “estressados”?) e mal têm tempo para eles próprios e para as pessoas que amam…

dscn9520

Mas a mãe natureza é de certo generosa e paciente.

Ela sabe que tudo tem seu tempo certo e seu ritmo, então, ela apenas relaxa e refaz o “convite” à cada curva do caminho…

Sábios são aqueles que não perdem tempo, e mesmo com a “agenda” apertadinha e seus problemas diários, encontram um jeitinho de se conectar com essa “mãe” tão generosa…

DSCN9524.JPG

Sempre lembro que para isso, a gente nem precisa ir muito longe ou gastar rios de dinheiro…

Basta uma caminhada por uma rua arborizada, ou por um parque da cidade, e já sentimos as forças renovadas.

Muitas vezes, já adianta se nos aquietarmos e sentarmos ao lado de algumas plantinhas ou de um simples canteiro florido.

Até criar uma plantinha bonita num vasinho e cuidar dela com carinho , pode fazer pequenos milagres no cotidiano agitado de muita gente…

1a3472f40a18e0731901c72a34713074

Então, refletindo sobre isso tudo, acho que um dos meus desejos mais simples e bonitos para esse ano talvez seja mesmo esse…

Apenas tentar seguir em frente , na tranquilidade desse caminho, onde a natureza gentilmente acena para todos nós…

E quem sabe assim, aprender a simples lição de que somos todos partes de um milagre inacreditável, chamado VIDA…

DSCN9528.JPG

E que a graça, a paz e a alegria de viver, que vêm do Coração do Criador, alcance à cada dia, aos corações de todos nós…

f781a6d89fab552296c1ed04edc13722

Todas essas imagens do post de hoje (menos a da “cachoeira” que veio do Pinterest) foram feitas pelo meu marido, em um passeio que  fizemos alguns dias atrás na região de  Itatiaia, no estado do Rio de Janeiro.  Ele mesmo prova viva de alguém que tem aprendido à andar pelos caminhos da natureza com todo respeito e amor…Uma alegria pra mim!!!!

Meu abraço grande e carinhoso para todos!!!

1369460013422

O retorno da nossa “Cidade de Natal”!

dscn9426

Como dezembro passa ligeiro, com seus passos apressados e calorentos!

Verdade que os dias desse ano parecem ter sido mais corridos do que nunca, e no cotidiano da gente, nem sempre encontramos espaço para sonhar e realizar aqueles antigos desejos dos nossos corações.

Tempos difíceis para a realidade do nosso país e do mundo…

Então, o que fazer quando um novo ciclo se fecha, e apesar dos nossos esforços, encontramos no nosso caminho tantas palavras duras e notícias que nos entristecem e sugam as nossas esperanças?

Bem, eu acredito que ao invés de nos juntarmos ao coro dos pessimistas de plantão e à mídia alarmista, sempre será mais saudável a gente parar um pouquinho, respirar devagar, e principalmente, olhar ao nosso  redor, para lembrar não das tristezas do mundo e das nossas dores humanas, mas principalmente para tudo aquilo de bom que conseguimos experimentar neste ano…

Porque se estamos vivos e ainda fazemos parte dessa maravilhosa “rede da vida”, é sinal que temos muitas bênçãos para contar…

Ou seja, temos muito mais à agradecer do que nos lamentar!

E com a chegada do Natal e das celebrações de final de ano, nada melhor do que darmos pequenos passos de confiança no futuro e não abrirmos mão de festejar esta época tão significativa para os cristãos.

E eis que novamente, aqui no nosso cantinho “mágico” da sala, surge a nossa querida “Cidade de Natal”, que mais uma vez aparece para nos alegrar e celebrar conosco essa data tão bonita!

dscn9390

Sim, a nossa pequena “Cidade Natalina” está maior este ano!

Isso graças à algumas novas e encantadoras  aquisições que tivemos a chance de adquirir neste segundo semestre…

Delicados enfeites que sempre alegram os nossos corações!

dscn9399

Dessa vez, além de maior e com mais “casinhas e brinquedos”, ela ganhou também mais “personagens”, que enriqueceram o seu natalino cotidiano…

E tudo fruto do esforço e dedicação do meu marido, que apesar do dia a dia corrido, nunca deixa de sonhar…

dscn9402

E assim, aos pouquinhos, a nossa “Cidade de Natal” vem crescendo com a passagem dos anos, cada vez mais “equipada” e animada…

Agora até com um lindo “carrossel de cadeirinhas” que toca música natalina e todo iluminado, faz as nossas memórias de criança girarem num ritmo de pura nostalgia… Lindo demais!!!

dscn9410

Mesmo na claridade do dia, quando essa querida cidadezinha se acende, os olhos de todos que por ela passeiam, se enchem com uma terna e mágica alegria…

Impossível a gente não se emocionar com toda esta contagiante alegria natalina!

dscn9430

Além do  gracioso “carrossel”, outros participantes se juntaram à festa, como uma linda loja e fábrica de doces (“Candy Works”), que com certeza faz a alegria de crianças de todas as idades…Rs…

dscn9442

Na pracinha central da cidade, o antigo coreto continua abrigando a banda do “Papai Noel”, que com suas canções natalinas tradicionais, embalam o clima especial de mais um Natal…

dscn9456

Pertinho dali, velhos amigos se encontram e aproveitam para confraternizar e celebrar com um delicioso “chocolate quente”.

Sempre uma boa pedida nesse clima de inverno (coberto de neve!!!Rs…) desse nosso pequeno mundo encantado, bem aqui no verão do Rio de janeiro…Rs…

dscn9455

Enquanto isso, por toda esta natalina cidade, “personagens” parecem ganhar vida própria…

dscn9467

Todos eles parecendo muito animados com a proximidade das celebrações natalinas…

dscn9469

Entre os  “adultos”, as “crianças”, os “animais” e até os engraçados “bonecos de neve”, todos esses personagens nos encantam e fazem a nossa imaginação voar…

E assim, todos os anos em que montamos mais uma dessas “cidades”, eu fico me imaginando bem pequenina, do tamanho de um deles, só para poder passear por este nosso caseiro cenário de “conto de Natal”! ( Rs…)

dscn9468

Ah, a outra bela novidade por aqui também  é a nossa nova “área rural”, ainda pequena, mas que foi logo agregada com muito carinho e alegria.

Nela, encontramos,  além da casa da “fazendinha”, um lindo “moinho”!

E que graça é o pequenino “cervo” que resolveu almoçar o “nariz de cenoura” do “boneco de neve”! ( Rs…)

Pequenas graciosidades desta nossa querida cidade de “faz de conta” natalino!

dscn9433

Então, de repente, um som de um  forte “apito” ressoa por toda a parte…

E como num passe de mágica, uma “locomotiva” maravilhosa, como aquela do famoso filme “Expresso Polar” , nos surpreende, saindo de um túnel sobre as montanhas nevadas…

Seria ela a nossa versão carioca daquele famoso trem encantado que leva as crianças até o Polo Norte e à casa do “Papai Noel”?  Rs…

dscn9472

E lá vai a nossa vigorosa locomotiva, soltando fumaça e puxando os seus longos vagões encantados!

dscn9470

 

Ela própria personificando um sonho antigo de tantos meninos grandes, que não se esquecem dos seus tempos de criança…

Enquanto ela passa, barulhenta e apressada, ao redor de toda a cidadela,  vai deixando no ar um perfume de uma terna esperança…

Um genuíno trem mágico, saído da imaginação de almas iluminadas, que  parece sempre nos dizer, “Seja o que for, nunca deixe de manter acessa a chama dos seus sonhos!”

dscn9404

Mas adiante, um sino também se faz soar…

Vozes doces parecem ser ouvidas…

Na frente da igrejinha, um canto, como se fosse de anjos,  se espalha e aquece os corações…

Um coro e um “presépio de Natal”…

Tudo para nos lembrar do verdadeiro motivo de toda essa tão importante celebração…

Um motivo divino e muito especial,  vindo das regiões celestiais, e que está ali representado pelo “Menino” deitado sobre a humilde manjedoura…

dscn9494

E quando penso nisso, um alegre sentimento de gratidão surge dentro de mim.  E tudo parece ficar mais claro e confiante.

Porque a mensagem da manjedoura é sobretudo, uma linda mensagem de amor.

Um amor tão imenso que nem cabe na nossa imaginação.

Um amor festejado até pelos anjos…

Então, queridas amigas e amigos queridos, que nesses dias de festa e comemoração pelo “Aniversário do Menino”,  a gente possa realmente parar por uns minutos e simplesmente agradecer por cada dádiva divina.

Porque acredito que é através da gratidão e do exercício da fé, que conseguimos ir além dos nossos problemas e encontrar sempre a melhor direção.  E compartilhando a compaixão e o amor que existe dentro de nós é que podemos criar caminhos para um mundo melhor…

Parece difícil e utópico, mas não custa tentar…

Porque assim, todos os dias serão “Natal”, e a luz de Deus vai resplandecer dentro de cada um de nós!

Um Natal de harmonia e alegrias, e um Novo Ano com muito amor , paz, luz e esperança para todos!!!

4fab835e39862b19ed905dc9fd9a0c40grt

Entre bromélias e orquídeas…

1f2ab531e9ae1439e9bcbb52d07b0c7d

Depois de tantos dias longe deste meu cantinho virtual tão querido,  retorno com alegria, trazendo aqui muitas lembranças carinhosas e repletas de flores.

Inesquecíveis memórias do outono que já se foi….

E sem dúvida, não há melhor maneira da gente se inspirar e receber essa nova primavera do que estar rodeada de belas e perfumadas flores… Sempre uma maravilhosa companhia!

Então, hoje, começo essa minha jornada primaveril, recordando o passeio lindo que fizemos nesse finzinho de outono à um encantador “orquidário” em Teresópolis, na região serrana do estado do Rio de Janeiro.

Conhecida pelo seu clima de montanha e um certo charme europeu, a cidade abriga o “Parque Nacional da Serra dos Órgãos”, uma das reservas protegidas da nossa tão ameaçada “Mata Atlântica”.  Habitat de inúmeras espécies endêmicas, ou seja, que só existem nesse ecossistema,  a floresta esconde vários animais e muitas espécies também de vegetais, sob o perverso risco da extinção…

a9022a46e0a1503313ddf004ccfe50bb

A imponente montanha, chamada de  “Dedo de Deus” é um dos símbolos deste extraordinário refúgio, berço e lar de tantos seres vivos de nossa Mata Atlântica…

219b1171fb4ffe1a0e1f595b0cb0b93b

Dessa vez, não tivemos a oportunidade de visitar o Parque, mas sempre é um privilégio poder passar pelos seus arredores e ter a dádiva de vislumbrar sua imensa beleza verde, entre vales dourados e exuberantes e verdejantes montanhas… Sempre uma doce emoção!

Depois disso, visitar um dos orquidários dessa deslumbrante serra, certamente é uma grande alegria para aqueles que tanto apreciam a beleza e todo o encantamento da natureza…

 

55a68ac03bd7c2d09c2c56b91780caef

Neste belíssimo lugar, encontramos além das magníficas orquídeas, muitas lindas espécies de bromélias e  vegetais de outras famílias botânicas, como azaléias, bouganvílies e antúrios, assim como tantas outras plantas ornamentais.

Os cuidados e a manutenção das plantinhas em exibição, nos chamaram a atenção, revelando  o carinho e a dedicação de todos que lá trabalham…

94f1e48caf7c0286c047e4ddc60abc79

E como sempre, fiquei tão encantada com as plantinhas e suas maravilhosas florações, que ficava difícil escolher quais delas fotografar… ( Rs… )

Eram tantas orquídeas diferentes e bromélias exóticas…

Cada uma delas com sua beleza genuína e tão singular!

9c2400913ece9c388fccef070099233c

Algumas das flores de orquídeas tinham “desenhos” incrivelmente belos, que pareciam ter sido pintados por alguma mão humana…

Particularidades admiráveis destas verdadeiras “obras-primas” da natureza!

0b99c4b65edde7c8bc7308349e4c6352

Já outras, mais “exibidas” ( Rs…) , entornavam cachos exuberantes com inúmeras pequeninas flores…

Uma verdadeira “cachoeira” florida!

Impossível não se emocionar com tanto “exagero” de beleza…

52dadd584cc3562081efee4492a7f9ef

Ainda havia aquelas de aspecto mais “bizarro”, mas nem por isso menos bonito, cujas flores lembravam “bichinhos”… (Rs…)

Certamente alguma “manobra evolutiva”da espécie, na intenção de melhor atrair os seus respectivos polinizadores…

3c89aaaf2f3ab5431fd8f00bfcadad2c

E que beleza foi ver os canteiros exibidos tão floridos, onde orquídeas, bromélias e antúrios conviviam em plena harmonia.

Lá fora das salas de exibição , grandes estufas e bem cuidados jardins, garantiam o bem estar desta flora tão preciosa…

311fa46b711d610f1f3766cf1fbfd498

Um biológico testemunho de que muitas espécies têm afinidades entre si e podem levar uma vida harmoniosa em um ambiente natural adequado…

E a resposta disso , são suas florações maravilhosas e que só fazem bem para elas e para nós seres humanos, espectadores de tão raras belezas!

132c283f6828158f32a3c24db2358966

Mas sabem?  Acredito que o mais interessante da gente visitar estes lugares iluminados, por tamanha beleza natural, está no fato deles nos lembrarem de como a vida em si é extraordinária.

A força da natureza,presente nesse espetáculo de tantas belas plantas, parece nos chamar, sinalizar ou talvez mesmo nos convocar, para uma mudança positiva de atitude, para uma maneira mais bonita e suave de olharmos para a nossa própria existência…

 

4806e152728a6e845058ebbc60bc5f8ecsz34

O mundo natural, com certeza, nos convida para sairmos da nossa rotina cotidiana, onde nos acostumamos à olhar somente para o nosso próprio “umbigo”, ou seja, para os nossos problemas e mazelas humanas…

89c991af926b41f10f9d1aab0733a7d4

Mas já as plantas, as montanhas e o verde imenso das florestas, parecem nos dizer, ” Ah, não se entristeça e nem se aborreça demais… Olhe ao seu redor e veja que o mundo é muito maior do que a nossa rotina humana…E a vida, Ah, a vida é algo simplesmente fascinante!”

f344b2320e0e20ab7f2f56c9b06bc4b8

E talvez, nesta primavera, quem sabe, a gente possa aprender à “florescer” de forma diferente, desabrochando para a nosso cotidiano, a cada singelo dia, com aquela vontade de ver o lado mais bonito e terno da vida…

bb977c668ff06535e70b4e2a765a0719mj

Lembrando que mesmo apesar das pedras e dos espinhos do caminho, sempre haverá a promessa de uma nova e mais colorida primavera nos nossos corações…

Parece difícil acreditar que isso é possível, mas sempre vale à pena tentar…

E a natureza e o nosso Criador, que estão mais pertinho do que imaginamos, estão sempre prontos para nos ajudar…

Então, pra começar, nesta primavera, plante mais flores que você puder, nos jardins, nos vasinhos, e sobre tudo, no teu coração e no teu olhar!

c778e078e526662c851a554ed15f7668

Meu abraço carinhoso, cheinho de flores e o desejo de uma primavera gentil e carinhosa pra todos!!!

4fab835e39862b19ed905dc9fd9a0c40grt

Uma primavera em junho…

1fb5d3db0e378615bd8a8b45204283aaoop

Depois de tantos dias ausente aqui deste meu cantinho querido, passo para dar notícias e trago flores de uma distante primavera…

Sim, apesar da recém chegada do nosso inverno brasileiro, no lado ” de cima”  ( hemisfério norte ) do nosso planeta, o verão já anunciou a sua temporada.

E neste finalzinho de outono, foi por lá que estivemos, aproveitando uma oportunidade para uma rápida, mas bem proveitosa e adorável viagem.

Em terras norte-americanas,  passando pelos estados do Texas e da Flórida, tivemos a alegria de ainda encontrar todo o encanto de mais uma colorida primavera…

Uma verdadeira festa de flores e  de cores!

96a977b57b8cfc024bfe02de75285025ooo

E enquanto estivemos por lá, não pude resistir e tentei registrar , sempre que possível,  a profusão de flores que se espalhavam alegremente pelos pequenos jardins, ruas , estradas, avenidas e pelos incontáveis canteiros que estão espalhados pelas cidades norte-americanas que visitamos…

Ah, quem dera que tivéssemos por aqui também este espírito festivo de plantar mais flores, e inventássemos fazer mais jardins e canteiros nesta nossa “maravilhosa” cidade!

Quem sabe assim, a nossa vida cotidiana pudesse ser menos pesada e dura, amenizada pela suavidade de tantas pétalas, com aroma sempre  primaveris…

1d30ed0d7a519b144234c69d39a63daaooop

Mas voltando aos dias de primavera lá ” de cima” do mundo, a verdade é que sempre acho meio mágico essa questão das “estações trocadas” dos hemisférios.

Afinal, devido à inclinação do eixo do nosso planetinha maravilhoso e ao movimento de translação terrestre, quando temos o verão quentíssimo por aqui, lá do outro lado temos o frio intenso do inverno.

Coisas que a Ciência explica, mas que a nossa alma acha sempre curioso e até engraçado…

488dabd8d8f563c2df07f2759f64d060ooopl

 

E eis que graças à estas “excentricidades” aqui do nosso planeta Terra,  tivemos a oportunidade de vivenciar uma colorida e florida primavera em pleno mês de junho…

Com certeza, uma doce dádiva, podendo experimentar e “estar” em diferentes estações do ano quase ao mesmo tempo.

No nosso caso, saímos do Brasil no outono, para aterrisarmos em terras americanas na primavera! (Rs…)

8764c612b32ea3e15a59e4f43c5d6571

E acho que nem preciso dizer o quanto me encantei ,com tantas flores diferentes ( muitas que eu nem conhecia!) ,  tantas cores e suaves perfumes desses estrangeiros canteiros e jardins…

Vários tipos de margaridas, petúnias,”amores perfeitos”, gerânios,”zíneas”, gladíolos, íris e muitos lírios do campo…

 

659f314ec8a5edffaa57ddfd09ba1072ooop

E bastava avistá-las de longe, em meio aos caminhos urbanos, para que eu me sentisse mais em casa e mais feliz…

Às vezes, apenas a visão de uma singela margarida, pode fazer milagres à um ser humano…

ba16f185c3f06df8dbb67b863396d275ooop

Então, imaginem o efeito dessas flores e desses aromas primaveris para uma multidão de abelhas, que todos os anos, desde um momento perdido no tempo,  esperam ansiosamente  pela chegada de mais uma linda e florida primavera…

c504dffc1be80cfa1b1bb9e6186a7c8boop

Movidas por um forte instinto ancestral, essas abelhinhas ( algumas bem “gordinhas” e grandes!) voam freneticamente de flor em flor, numa epopéia imensa para bichinhos de tal pequeno tamanho, em busca do tão precioso néctar das flores!

d3cb8633ce967a71dc0bf917756b6718oooplk

Nessas “viagens” florais, as abelhas realizam o tão importante processo de polinização,  um sagrado mecanismo natural que garante a sobrevivência de muitas espécies de plantas do nosso planeta.

Daí a preocupação de muitos cientistas com o atual e  misterioso desaparecimento e intensa diminuição de muitas comunidades de abelhas no mundo…

Ou seja, sem abelhas , sem flores e sem primaveras, o que aconteceria com o equilíbrio dos ecossistemas da Terra?

c44cacb335865beec3e8d5f17a9127ce000p

Mas ali, no meio das cidades agitadas, o que vi foi uma primavera iluminada, vestida de muitas flores, abelhas e de tantos outros insetos polinizadores,  espalhando as suas  mágicas cores para quem quizesse sorrir…

71d83ae6dba868207b0b310ea7978feeooop

Tudo orquestrado pela “mãe natureza”, ao comando de um amoroso e maravilhoso Criador…

eecda72ce859f99a3be7f8b637850940ooop

E quem duvidará dos encantos desta linda e colorida primavera de junho?

489b68b4c7edbaa7aa5b61cb7985bbf0ooop

E agora, de volta ao aconchego do nosso ninho,  viajo longe nos meus pensamentos.

Contemplo o entardecer no nosso pequeno jardim, onde algumas flores sorriem pra mim.

São principalmente azaléias, lírios da paz, violetas e algumas orquídeas… Plantas valentes e que apreciam esse friozinho do início do inverno carioca…

Mas acima de tudo, me lembro que do “outro lado do mundo”, ainda devem existir aquelas flores de primavera…

Pequenas dádivas da natureza, que alegram abelhas e humanos corações…

Algumas talvez sejam mesmo flores mágicas, presentes de algumas bondosas fadas… Será que é por isso que elas me fazem sorrir?

69d41bcae2196d541b41e82a1647c088oop

Aqui no meu coração, recebo o inverno com carinho, na esperança de que ele seja gentil conosco, e nos traga um tempo de aconchego e a vontade de estar mais pertinho das pessoas que amamos…

Um tempo de reflexão, sossego na alma e de doce acolhimento…

Tempo de rever as rotas, de perdoar e de  acolher , e acima de tudo , de traçar novos caminhos, que nos tragam uma nova e florida primavera, que já está bem ali na frente, a nos sorrir…

4ed578a1dc8ff9e94d1b8e7ac7ce709akilpooo

Meu abraço terno, cheio de flores e o desejo sincero de um inverno gentil para todos!!!

4fab835e39862b19ed905dc9fd9a0c40grt

 

Encantos do nosso jardim…

DSCN8570

Dias de início de outono nesse nosso querido cantinho do mundo.

Manhãs ensolaradas, ainda com uma intensa presença do sol.

Será que o verão se esqueceu de fazer as malas e ir passear lá no outro hemisfério do mundo, ou será que foi o outono que ficou mais caloroso?

Seja como for, os dias outonais ainda são os meus preferidos, e continuo por aqui, sonhando com dias mais frescos e de temperaturas mais amenas.

O verão nesta nossa agitada cidade tem sido tão tórrido e  impetuoso… Com uma sensação de cansaço e ansiedade se espalhando pelo ar…

Mas também sei que deste meu cantinho virtual ando muito sumida, e poucas notícias tenho relatado à respeito das nossas aventuras cotidianas.

Parte devido ao tempo que anda corridinho demais. Por outro lado, também devido às boas e tão necessárias limpezas e  arrumações que antecedem às mudanças de estações…

Sempre há tantas coisas para se realizar por aqui, neste nosso pequenino, mas tão precioso jardim!

DSCN8527

E como me alegro de estar de volta por aqui , para compartilhar um pouco desse nosso cantinho e de seus encantos…

No meu coração, ele sempre será o nosso “encantado” jardim !

DSCN8607

Apesar do sol inplacável do verão ter sido bem cruel com algumas das nossas plantas, a maioria sobreviveu e continuam alegrando os nossos dias…

DSCN8499

Mesmo os nossos amados hibiscos, que geralmente suportam bem o sol, sofreram bastante, e até hoje ainda estão se recuperando.

E assim, quase todas as manhãs, nos oferecem suas imensas e coloridas flores, nos lembrando de como a natureza é capaz de superar as dificuldades e renovar suas forças…

DSCN8503

Nossos hibiscos, com certeza, sempre nos ensinam e nos surpreendem…

Amo demais as suas maravilhosas florações!

DSCN8519

Nestes dias um pouco mais suaves, as nossas “mini roseiras” também têm nos encantado os olhos e a alma.

Seus pequeninos botões florais nos enchem de alegria e irradiam uma atmosfera romântica…

Como resistir à essa terna  fragância?

DSCN8537

Entre as rosinhas delicadas, pequeninos seres encantados revelam suas identidades…

São besouros engraçados, borboletas coloridas , sapinhos e pererecas travessas…

Uma miúda comunidade de animais que fazem do nosso jardinzinho a sua morada predileta!

DSCN8536

Depois de uns dias chuvosos, a ilustre companhia de mágicos cogumelos se faz presente…

Seres encantados que aparecem e desaparecem num passe de mágica!

DSCN8533

Todos os dias, muitas borboletas visitam as nossas florzinhas , chamando a atenção de crianças de todas as idades…

Observar os seus adoráveis bailados sempre me fazem sorrir…

Seres também tão preciosos e encantadores…

Bailarinas do vento!

DSCN8507

Até os queridos passarinhos, para nós,  são seres encantados que estão sempre por aqui… Sabiás laranjeiras, sanhaços, rolinhas, biquinhos de lacre,beija-flores…

Na fonte dos anjinhos, eles bebem água, tomam banho, brincam e também nos arrancam sorrisos!

Ah, esses adoráveis “bem-te-vis”!!!

DSCN8488

Então, mais uma vez, no meio desse meu jardim de tantos encantos,  me descubro ainda uma pessoa em estado de encantamento, mas acima de tudo, uma aprendiz desse meu pequeno mundo.

Em cada singelo dia, muito ainda por descobrir…

Seja na pétala suave da rosa ou no vôo veloz da libélula, sinto que é preciso observar e entender as mensagens preciosas, que só a “mãe natureza” e o seu Criador podem escrever…

 

DSCN8526

Mensagens que nos falam de simplicidade, equilíbrio, harmonia e paz, qualidades que nos andam tão raras neste nosso mundo tão humano, onde a natureza tem cada vez menos espaço…

DSCN8609

E como eu disse aos amigos outro dia desses, enquanto meus olhares passeiam por certas flores, fico com saudades de um tempo mais antigo, dos meus passeios de infância, onde cabiam largos quintais que já não existem mais…

Saudades vivas de outros jardins encantados, onde também habitavam antúrios, samambaias, goiabeiras, pés de romãs… Onde as famílias se balançavam nas redes e no “rec rec” das cadeiras de balanço…Onde a pressa era mais devagar…

Hoje, embora meus olhos quase não vejam mais esses quintais, meu coração continua na sua busca incessante por jardins, canteiros e jardineiras ancestrais…

Talvez porque a natureza todos os dias me lembre, da urgência de plantar e de cuidar de muitas plantas e de suas flores…Como se fosse uma missão vital…

Com certeza, na esperança de ver outros jardins encantados surgirem… E quem sabe assim, as pessoas relaxem mais e suavizem seus pensamentos, para que haja dias mais gentis, com menos pressa, mais paz e mais amores… Para a natureza e para os seus companheiros humanos…

Que o meu coração sempre acredite, não deixe de se encantar e continue plantando flores…

DSCN8521

Meu beijo carinhoso e o desejo de dias de paz para todos!!!

4fab835e39862b19ed905dc9fd9a0c40grt

 

 

No aconchego da natureza…

DSCN8015

Dias muito iluminados e quentes , neste fevereiro repleto de novos sonhos e novas esperanças.

E depois da agitação do tradicional feriado de Carnaval , o novo ano enfim se inicia, e com ele, os desafios  deste nosso brasileiro e tão agitado cotidiano.

Bem verdade que na  voraz correnteza dos dias atuais , o senhor “tempo” passa ligeiro por nós, muitas vezes nos deixando  um rastro de ansiedade e de muitas preocupações…

Afinal, diante de tantas demandas, tristezas e obrigações da vida moderna, qual de nós estará isento das artimanhas do  senhor “tempo”?

Mas indo além de nossas ansiedades diárias, é  bom lembrar, que sempre vai existir uma luz no nosso horizonte…

E que podemos ter momentos de contentamento, paz e de  aconchego, que somente a natureza e o acolhimento das pessoas que amamos podem nos oferecer, traduzidos em cristalinas e genuínas alegrias…

Preciosos momentos que renovam a alma da gente…

DSCN8068

E na maioria das vezes, nem é preciso ir muito distante para ter um encontro com a natureza e se envolver com seus encantos…

Ela simplesmente está ao nosso redor, esperando pelos nossos olhares…

Pronta para compartilhar dos milagres da vida conosco e se alegrar com a nossa atenção…

E se não pudermos nos ausentar e buscarmos refúgio numa montanha, praia ou no campo, que tal uma breve pausa no cotidiano para passear e olhar a natureza, quem sabe na companhia de alguém que estimamos?

Nesta época do ano, nos caminhos entre morros e serras desta cidade, ela costuma vestir algumas de suas árvores nas cores violeta, roxa e liláses, na forma das mais gentis e florações  das queridas quaresmeiras…

Milhares de flores que suavizam e encantam o cenário de tanta gente!

DSCN8064

Em cada singela  árvore que habita as nossas ruas, há sempre uma atração à parte…

No alto dos galhos, a presença dos amados passarinhos e de suas mágicas cantigas,  que com certeza,  acalmam a ansiedade de muitos seres humanos…

Pequeninos seres alados que parecem feitos de puro sonho!

DSCN8142

E quem não se encanta, quando o olhar se esparrama generoso pela mata verde, trazendo uma sensação de puro frescor, paz  e conforto?

Sentimentos indescritíveis,  que só mesmo a natureza pode realmente nos trazer…

DSCN8017

Mesmo diante das mais pequeninas criaturas, um sentimento de deslumbramento e de gratidão…

Quantas maravilhas naturais existem ao nosso redor, sem que muitas vezes ninguém perceba…

Verdadeiras jóias vivas da mãe natureza!

DSCN8113

Nos frutos das árvores, doces ou amargos, a provisão para todos os seres do planeta…

DSCN8120

Na delicadeza de seus muitos mistérios, seres que falam aos nossos corações e desafiam a imaginação da gente…

DSCN8127

E na beleza suave de tantas belas imagens, o coração humano se enche de muita ternura…

DSCN8162

Assim, esquecemos até de todos os nossos problemas , e simplesmente, voltamos a ser crianças,  olhando e se deixando levar pela magia natural desse maravilhoso mundo biológico ao nosso redor…

DSCN8073

 

Nesses preciosos momentos, lembro que somos apenas estranhos passageiros do tempo, e que precisamos relaxar e aprender a aproveitar melhor a “paisagem” desta incrível jornada que é a vida neste lindo planeta…

Tudo isso com a consciência de fazer o bem e respeitar os limites e o equilíbrio de todas as coisas…

DSCN8185

Assim, acredito que o importante é sermos realmente gratos por tudo, pois até mesmo uma simples florzinha que brota no nosso caminho é um presente do Criador.

Não importando se a florzinha está no meio da tranquila e bela paisagem rural, ou mesmo se cresceu, ousada e valente, na fresta quebrada de uma calçada cinzenta da cidade…

DSCN8202

Então, se assim nos permitirmos, a natureza será sempre nossa grande amiga.

Um lugar de refrigério e de tranquilidade, onde renovamos as nossas energias e nossa grande fonte de inspiração…

DSCN8078

Pois até com a sabedoria sagrada das árvores, podemos aprender que mesmo o “senhor tempo” também pode ser nosso aliado e até um gentil professor,  nos lembrando que apesar de tantos vendavais e tempestades, é preciso resistir e acreditar que muitas primaveras ainda virão, e sempre haverá a esperança de novas flores…

DSCN8108

Meu abraço carinhoso e florido no coração de todos!!!

4fab835e39862b19ed905dc9fd9a0c40grt

 

 

As chuvas de janeiro…

DSCN8303

E enfim, as águas dos céus chegaram,  fartas e abundantes, trazendo de volta o frescor  à terra já tão ressecada e dolorida  pelo exagero do calor desse nosso verão carioca.

No nosso pequeno jardim, como num passo de mágica, tudo foi ficando mais suave, terno e brilhante…

Havia já tanto tempo que as chuvas não vinham generosas assim!

E cada simples folha, flor e galhos sem fim, se cobriram de miúdas e incontáveis gotas de água cristalina…

Para as nossas plantinhas e bichos, as chuvas sempre são bem vindas, e aparecem como presentes reluzentes, hidratando e refrescando cada pedacinho desse nosso querido quintal.

Para nós, seres humanos, apesar das preocupações e ansiedades da vida urbana, as chuvas sempre nos trazem  aquela gostosa sensação de aconchego e mansidão… Dias chuvosos,  muitas vezes, são tempo de trégua e de refrescância em meio ao turbilhão de tantos dias quentes…

DSCN8304

Em cada pequenina gota que escorre ou se aninha no relevo sutil de uma pétala ou de uma folha, a luz do dia se espalha, reflete e desenha uma nova e genuína pintura da natureza…. Uma obra prima digna das mãos dos mais criativos pintores!

Assim, basta um breve passeio por esse nosso jardim de tantas formas e cores, para que o nosso coração se renove de força e se  encha da alegria mais simples do nosso cotidiano.

E como não se emocionar, pergunto pra mim mesma, diante da beleza imensa, contida  nas imagens de pétalas suaves que balançam ao sabor da brisa, ornadas por mágicas gotículas cristalinas?

Nas pétalas de cores vibrantes das azaléias, as chuvas podem pruduzir a mais doce poesia…

DSCN8306

E em tudo que os meus olhos vêem, imersos nessa tela pintada magistralmente pela mãe natureza, encontro paz e renovação.   Nesse pedacinho encantado de terra, o que mais vejo e sinto são sinônimos de  quietude e gratidão…

Quietude e paz que estão contidos no mundo silencioso e sábio das plantas…

Gratidão pelas águas que trazem fecundidade e esperança de uma nova vida à terra…

DSCN8308

Mas apesar das chuvas serem naturalmente bem vindas por aqui, sei que algumas vezes elas podem ser severas demais para muitos seres humanos.

Chuvas exageradas nem sempre são agradáveis, e podem trazer consigo enchentes, perdas, danos e muitas tristezas…

Assim como tudo que é desequilíbrio e exagero na vida…

DSCN8313

Mas li outro dia, numa reportagem bonita e inspiradora, que é preciso lembrar que as chuvas sempre foram dádivas para os nossos ancestrais.  Afinal, as águas que vêm dos céus sempre garantiram o equilíbrio da natureza, as colheitas e a sobrevivência de toda a humanidade…

DSCN8326

Sem elas, e sem o ciclo sagrado das águas, a vida na Terra seria impossível…

Náo esquecendo que a nossa afinidade com as “águas” é imensa, uma vez que o nosso próprio corpo humano é feito de trilhões de moléculas de água…

DSCN8328

Então, precisamos ter a consciência de que as chuvas não são as verdadeiras “vilãs” de tantas tristezas e catástrofes humanas, uma vez que os prejuízos causados por elas são decorrentes, na maioria das vezes, da falta de planejamento urbano das cidades e de uma sociedade que vive alienada da convivência com o mundo natural ao seu redor.

Além disso, a ganância material, o lucro fácil, a má distribuição de renda e tantas outras mazelas de nossa civilização, facilitam muitas das tragédias humanas, empurrando as pessoas que vivem em condições desfavoráveis à viverem em habitação de alto risco… Infelizmente uma triste realidade humana!

De certo que a natureza tem mesmo os seus “misteriosos caminhos”, e entre enchentes terríveis, furacões e terremotos, ela vem “moldando”, por um longo tempo, o planeta em que habitamos…

Mas certamente isso não nos isenta da nossa obrigação humana de tentarmos fazer o melhor possível e cada vez aprender mais sobre a natureza de onde pertencemos, tentando ter uma existência mais pacífica e equilibrada com o mundo em que vivemos e precisamos tanto aprender a amar e respeitar…

E eu creio, que isso não seja apenas uma responsabilidade dos “governos” humanos, mas sim um direito e uma obrigação de todos nós…

DSCN8331

Então, penso que hoje, o que precisamos mesmo é resgatar aquele olhar repleto de ternura e paz que uma boa e acolhedora chuva traz, e buscar nas nossas melhores memórias da infância aquela sensação de aconchego e de esperança…

DSCN8335

Porque acima de tudo, as chuvas generosas são garantia de vida, e sua importância biológica  e emocional está além do que imaginamos…

DSCN8343

E aqui, aproveito para registrar as palavras do conferencista, ambientalista e escritor, “Kaká Werá Jecupé”,de origem indígena, Tapuia :

” O convite que faço é para que possamos pensar um pouco sobre nossas origens. E não estou falando apenas do índio. Certamente, seu avô e seu bisavô, que dependiam  de boas colheitas, não amaldiçoavam as águas que caem do céu.”

DSCN8345

A verdade é que ao impermeabilizarmos os solos das nossas cidades com concreto,asfalto e cimento, reduzindo as áreas verdes,  destruindo nascentes, não respeitando as margens dos rios e retirando a vegetação das encostas, estaremos desafiando o caminho natural das águas e provocando desequilíbrios que podem trazer dor e muitos danos para o mundo dos homens e para a natureza.

Assim, o meu desejo hoje,  ao olhar para essas fartas chuvas de janeiro que banham,refrescam e enfeitam o nosso quintal, é que possamos um dia (quem sabe? ), tratar com mais respeito, cuidados adequados e com mais carinho do lugar em que habitamos, para que cada pingo de chuva possa ser  sempre traduzido  por nós como pingos de alegria, de aconchego, de provisão e de genuína gratidão!

DSCN8349

Meu abraço carinhoso e repleto das flores de janeiro pra vocês!!!

4fab835e39862b19ed905dc9fd9a0c40grt