O Bosque Encantado

            Já tinha ouvido dizer, há muito tempo, que bem longe das grandes cidades e além das serras altas, ainda existem os “bosques encantados”.  E estes por sinal, são lugares muito especiais, mágicos, e que estão muito além da nossa  imaginação… E entrar num bosque encantado é como passar para uma outra dimensão,e experimentar sensações que vão adiante dos nossos sentidos comuns. É acima de tudo uma experiência que toca na nossa alma.

            E eu me lembrei tanto disso, esta semana, recordando do nosso recente passeio à um bosque de sonhos , lá na já distante Serra da Mantiqueira… E depois de alguns dias por aqui tão atribulados , com os meus  meninos  a ensaiar umas viroses de outono, quiz tanto voltar pra lá… Nem que fosse apenas no meu pensamento!

            E nesta minha pequena viagem, ao passado ainda tão recente,compartilho com vocês alguns detalhes interessantes que encontrei por lá… E um gentil caminho de pedras e pontes nos levará até este lugar mágico…

            E o nosso passeio começou simples assim, com os nossos pés nos levando de mansinho, por entre alamedas de pinheiros e outras árvores esguias  de lenho perfumado. O barulho dos riachos de cascalho nos anunciando o cântico das cachoeiras,tão comuns nestas terras altas.

            Aqui nesta região, ainda preservada dos muitos atropelos humanos, conta-se ainda lendas sobre fadas e gnomos que habitam este  precioso lugar. Não entrando no mérito da discussão sobre a existência destes seres lendários, somente posso dizer que ,seja como for,realmente há uma atmosfera mágica e de suave mistério no ar, que nos fazem pensar que estamos dentro das páginas de um livro de contos de fadas…

            Logo no início do nosso percurso, deparamos com formas inusitadas de vida. Pelo jeito, tratam-se de integrantes extravagantes do reino dos Fungos, que realmente não podem faltar nas estórias dos bosques encantados… E lá estão eles, hora salpicando o chão,hora hospedados num pedaço de galho ou tronco caído no solo úmido e sombreado.

            A aparência de “flores” pode muitas vezes enganar os olhos dos visitantes desavisados… Este exemplar abaixo se encontrava em grande quantidade,e cresciam bem perto uns dos outros, a maioria sobre a base dos troncos das árvores. Ficamos até na dúvida de sua “identidade secreta” (pensamos à primeira vista,que eram apenas frutos!), mas tudo indica que podem ser realmente um tipo de fungo.

            Os fungos são seres vivos muito interessantes e fundamentais nas cadeias alimentares, uma vez que sendo organismos decompositores,têm papel fundamental na reciclagem da matéria orgânica. A forma de cogumelos é a mais conhecida deste reino tão singular.

            Enquanto o ar puro das montanhas e o aroma agradável das plantas refrescavam as nossas mentes cansadas, o visual deslumbrante nos fazia sonhar… Sim, com certeza estávamos num belo bosque encantado!

            Nos galhos mais altos das árvores,as bromélias exuberantes competiam por um lugar ao sol . Algumas se abriam em belas e exóticas flores…

            Pelo caminho, líquens vermelhos e cor de rosa nos troncos das árvores, atestam a pureza da qualidade do ar.

            Todo líquen é uma espécie de simbiose entre um fungo e uma alga. Mas o tipo vermelho é bem mais raro de se encontrar.Ocorre principalmente em áreas não urbanas,onde há ausência de poluição. Por isso ele é um bom indicador da qualidade do ar.

            De repente, nosso caminho nos leva em direção ao som forte que vem das águas… E o lindo rio Preto ,que fica na divisa entre os estados do Rio de Janeiro e Minas Gerais, aparece com surpreendente beleza… E desce vigoroso entre as muitas pedras,num espetáculo fabuloso de espuma e pequenas quedas d’água!

        Impossível descrever a força e a beleza dessas águas…

            Sempre me admiro com a obstinação das águas de um rio, que vão traçando a sua trajetória,desafiando cada pedra do caminho…

     Mas aqui,no alto das montanhas, a lei da gravidade é soberana e ajuda o rio na sua eterna busca pelo mar…

            Mas também há trechos, neste caminho das águas, onde o rio descansa e corre mais leve,sem muita pressa,nos brindando com refúgios encantadores!

            E o bosque fica mais mágico ainda e nos convida a sonhar!

            E ficamos por ali por mais uns instantes, imersos naquela natureza toda,escutando os sons da mata e assistindo aos raios de sol que vão fugindo para outro lugar mais distante…  E nos sentimos emocionados com a beleza e suavidade deste pedaço de terra encantador. E logo é tempo de voltar à casa e a nossa realidade tão urbana, e às vezes tão dura… Mas o que nos alegra é saber que ainda existem lugares encantados e puros como este,quase intocáveis, onde a mata respira tranquila e a natureza ainda é mestra da vida. Onde o rio é fonte de sabedoria e os bosques encantados ainda têm muitas estórias para contar…

          Meu abraço iluminado para todos!!!!

Anúncios

12 comentários em “O Bosque Encantado

  1. Teresa,

    Que lugar encantador, parece até pinturas. Nossa, nem sei descrever tamanha emoção.
    Lindas fotos! Beijos

  2. Que coisa linda e tão relaxante esse lugar.

    nada melhor pra se recuperar de uns dias com as viroses das crianças( aqui são normais companheiras desse clima…eu me benzo toda!!!,rsrs)

    Lindo lugar e dá vontade de sentar naquelas cadeiras perto da água…

    um beijo,tudo de bom e adoro passear ontigo pr esse lugares…chica

  3. Vc me deixa sem palavras, Teresa! Eu comecei a ler pensando que a mágica está em todo lugar, é só querer enxergar. Ou algo assim!
    Que lugar lindo. Encantado, com certeza. E espero que continue assim para sempre.
    Eu ia justamente perguntar sobre o líquen, mas vc já explicou. Só mais uma coisa: esse vermelho pode surgir em qq região? Juro que nunca vi.
    E que interessantes os fungos! Obrigada por compartilhar!
    Bjs e melhora para as crianças!

  4. Oi Teresa! Eu sou curiosa mesmo, às vezes passo dos limites, mas fico agradecida com a sua resposta. Agora vou procurar líquens vermelhos quando eu visitar bosques e afins;)
    Aliás, vou começar revirando as árvores de lá de perto de casa e ver como são os líquens!
    Há algum tempo eu li que há pesquisadores usando líquens para medir o nível de poluição em São Paulo. Mas não devem ser os vermelhos, eles sufocariam, coitados!
    Bjs.

  5. Oi amiga querida
    Que lindo! que lugar maravilhoso!
    Suas imagens estão perfeitas, me fizeram até voar em pensamento para este lugar,, sentir o perfume da mata,o frescor do caminho por entre as árvores, ouvir o som da agua a correr por entre as pedras, o canto dos pássaros… por um momento estive lá tambem…obrigada por este presente.
    Que voce tenha um domingo feliz e abençoado
    beijos
    Tina (SONHAR E REALIZAR0

  6. Oi Teresa! Que pena que não posso enviar 2 filhotinhos pelo correio!
    Quanto ao Dom Quixote, a primeira esposa dele se chamava Dulcinéia, mas ela morreu de causas desconhecidas… encontramos o corpo dela na nossa escadinha, em frente à porta de casa. O D.Q. estava correndo em volta desesperado, coitado. Ele é bem sentimental. Não calou a boca enquanto não encontramos uma nova companheira para ele. Tivemos que correr, pois eu não aguentava o choro dele, dava vontade de sentar perto dele e chorar junto.
    Ai, agora fiquei com pena dos gambazinhos. Coisas da natureza, claro.
    Bjs, querida!

  7. Nossa Tereza que lugar encantador parece um lugar de sonhos é verdadeiramente um bosque encantado,só falta os guinomos.beijos querida.

  8. Teresa esse post me levou a uma ótima sensação de bem estar, como é bom apreciar os detalhes que esses lugares encantados dos revela, nao tenho duvida enquanto que tem sim uma otima energia revigorante que vive nestes lugares que o homem ainda preserva… sabe acho que somente pessoas boas que conseguem ver a beleza que isso tem, ao andar pela mata e ao ver um cogumelo ou um líquem ou outra forma de vida, Admira-la com pureza e não vela somente como um ser biológico, vela tambem como poesia e inspiração da grandeza do criador! não é todo mundo que consegue ser assim como agente… Tem pessoas que não conseguem enxergar essas coisas… Bjs!

  9. ps: vc viu o trevinho ao lado do cogumelo que vc disse que parecia um fruto! 🙂

  10. ps denovo: nao é o que parecia um fruto nao, o trevinho esta no que disse que parece uma flor

  11. Teresa,boa tarde querida, seu blog esta um sonho, que Deus abençoe você e sua família, ví que você gosta muito do Campo então venha visitar minha Comunidade no orkut Residência do Artesão e seja muito bem vinda!!!bjsss

  12. Maravilhoso, encantado esse lugar !
    Fazer esses passeios, caminhando junto da natureza, podendo observar flora e fauna, fazem muito bem à nossa alma.
    Existem muitos lugares mágicos nessa terra de meu Deus, e só podemos agradecer quando temos a oportunidade de usufruir disso tudo.

    Obrigada por dividir com gente todas essas belezas.
    Beijo

Deixe aqui o teu comentário... Vou adorar! E muito obrigada pela tua gentil companhia!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: