A estória de uma gaiola abandonada

  Era uma vez uma gaiola velha,enferrujada e sem porta. Abandonada num canto úmido e poeirento de um quintal.

Seus antigos donos foram embora, e levaram quase todos os seus pertences. Mas aquela  gaiola ficou para atrás, esquecida no meio da poeira dos dias.

Veio a chuva, veio o vento e o frio dos meses. A casa dormia quieta, fechada,assim como aquele grande quintal. E a gaiola continuava sempre no mesmo lugar,junto a uma parede fria. Sua companhia era o barulhinho das folhas das árvores e o canto dos passarinhos que viviam ao redor.

Um dia escutou vozes diferentes… Eram novos moradores que ali na casa se instalavam… Sua “essência” de gaiola de passarinhos, sentiu uma suave onda de esperança no ar… Será que agora a sua sorte iria mudar?

Mas alguns anos se passaram novamente, e ela ainda jazia,esquecida, naquela esquina do tempo… Será que esse seria sempre o seu destino?  Viver sózinha, abandonada, num cantinho bolorento?

Então , num dia ensolarado de outono, repararam na sua existência.  Uma moça se aproximou dela , e a examinou cuidadosamente.  Seu “coraçãozinho” de gaiola se iluminou com um pequeno raio de esperança,quando ela a ouviu dizer:” Não vamos jogar ela fora não…Tenho uma idéia melhor!” E sentiu uma grata alegria ao se sentir carregada para o ensolarado quintal da frente.

Mas como as águas do tempo correm frequentemente em diferentes direções… Não foi naquele iluminado momento que a gaiola experimentou uma nova vida.  Depois de alojada num cantinho da varanda, ficou meses à espera de uma atenção humana. Mas pelo menos,dessa vez, se sentia mais segura, protegida das fortes chuvas e do impiedoso vento.

E num dia fresco de primavera, quando parecia dormir esquecida lá no seu canto, ouviu a feliz notícia de que chegara o seu tão sonhado momento de alegria: ” Vamos pintar a nossa gaiolinha hoje!” Disse  aquela mesma voz feminina.

Daí para adiante, foi puro encantamento: Banho de água limpa, “massagem” de lixa e uma maravilhosa pintura azul da cor do céu… Os humanos que lhe assistiam, pareciam bem felizes… Mas a velha e sofrida gaiola, parecia mais feliz ainda!

E depois dos merecidos cuidados  e tratamentos, pouca gente a reconheceria… Ela havia sido transformada numa nova gaiola… Pronta para tantas novas possibilidades de vida!

E nesse momento de renascimento e alegria, lembrou-se do passado já distante, e dos passarinhos que havia abrigado no interior de suas velhas grades… Não se lembrava bem deles… Teriam sido canários? Periquitos?  Coleiros?  A sua memória de gaiola já não funcionava tão bem… Mas dos seus lindos cantos e melodias, ela jamais se esqueceria!

E agora?  pensou preocupada…  Para que serviria ?  Era apenas uma gaiola velha e sem portas…  Nunca mais poderia  prender passarinhos…

Mas logo tudo se esclareceu de forma plena e natural…

E ao invés de “prisão” para passarinhos engaiolados e solitários, virou lugar de apoio e abrigo para uma linda e viçosa planta!

Ganhou também laço de fita, e amiguinhos encantadores… Cogumelos,joaninha,florzinhas e família de tartaruguinha!

Nem aceditava que estava se sentindo tão feliz…  Agora bem abrigada,arejada e num lugar privilegiado da varanda…

E os passarinhos?  Esses seriam seus companheiros de sempre… Mas livres, do lado de fora, onde cantavam bem mais bonito e felizes!

Colocada na parede da varanda, havia se transformado num enfeite maravilhoso… Onde ganhava elogios dos amigos e visitantes da casa.

E foi assim, a nossa singela estória,em que uma gaiola velha e abandonada, se transformou  numa encantadora morada livre e azul !

Beijo  grande  no  coração  de todos!!!

                        Teresa

       Este post também está participando do maravilhoso “Mosaico da Rê”, do querido blog “Casa,corpo e companhia”!

 

Obrigada pela gentil visita… Se puder deixar um comentário, vou adorar!

Beijo para todos!

Teresa

Anúncios

16 comentários em “A estória de uma gaiola abandonada

  1. Uau!!!!!!!!!!!!!!!!!!
    Ficou linda, a feliz gaiolinha! E ganhou uma destinação muito melhor do que aprisionar passarinhos!
    Vamos começar um movimento, amiga?
    Troque o passarinho por uma flor!
    Valeu a pena esperar por esse post.
    E para mostrar mais uma coincidência… nesta semana eu pintei uma gaiola velha, dourada, de branco. Uau! Bjs!

  2. Dizem que os objetos também tem alma, e eu acredito ! Costumo conversar com meu computador, e elogiar muito nosso carro que tem até nome: Águia Cinzenta !
    Muito melhor uso teve a linda gaiolinha e deve estar bem feliz agora…
    Beijo

  3. Oi Teresa!
    Que lindinha que ficou a gaiola abandonada amiga!!! E ainda azulzinha?! Ahhh!!! Ficou um amor de casinha para os cogumelos e as tartarugas!!!
    Amei tudo como sempre! Sua casa tem em tudo a sua marca de alegria e carinho!!!
    Bjsss querida e uma ótima semana!

  4. Oh delícia de história…rsrsrsr
    Já ate imaginava o final dessa gaiola, por vir de vc,,,kkkkkkkk
    Bom, tenho mania de gaiolas pintadas, colo “coisinhas” nelas e fica assim, como a sua, linda demais da conta!
    Coloquei algumas andorinhas de cerâmica por perto…fica show!
    Vc é demais, sabe contar casos…A contadora de histórias encantadas.
    Teresa, venha pra minas e vamos nos embrenhar nesse mar de montanhas, pão de queijo, cafezim quentim e muita prosa, se Deus quiser.Imagine a cena…kkkkkkkkkkk
    Bjs e adoro ler seus comentários, SEMPRE.

  5. Amiga, querida!

    Que encantador! A história é digna de livro… ficou lindíssima.
    E agora a gaiolinha está enfeitando uma casa feliz. E que bonita em sua nova função: porta folhagem. E já näo está abandonada – faz parte de um lindo lar.
    Tudo se forma e se transforma das mãos delicadas de uma boa fada.
    A sensibilidade cria o belo!

    Amei este post!
    Obrigada pelo carinho, Teresa. Venho lhe desejar um Bom Advento e muita alegria na espera para a grande festa. O tempo que dedicou em mei blog, com seus belíssimos comentários é algo por demais precioso. Sei o valor que tem!

    Volto em janeiro!
    Beijo no coração

  6. Bom dia querida amiga ,a gaiola ficou encantadora,muito melhor do que ser a prisão de passarinhos ,aposto que agora ela esta bem mais feliz ,por se transformar em uma morada livre,beijos com carrinho

  7. Teresa,

    Que gaiola sortuda, e também os passarinhos que não vão ficar presos nela.
    Eu não gosto de pássaros em gaiolas, chega me dá uma coisa ruim por dentro.Rs
    Ela ficou lindinha demais com os novos moradores.
    Seu conto ficou lindo, e eu creio que essa gaiola esteja se sentindo muito feliz da forma que está agora.
    Amiga, desculpe minha ausência. Estou às voltas com os preparativos para a viagem a Brasil, Ou melhor, pra deixar tudo organizado por aqui, e meu tempo diminuiu. Mas jámais deixarei de vir lhe visitar, mesmo que eu demore.
    Beijos

  8. Querida amiga
    Esta história me deu uma grande e alegre idéia…tenho aquiem casa uma gaiola , que há muito tempo se acha abandonada…será que me espera ?
    Vou pintá-la…e transforma-la em um abrigo para uma linda plantinha…como a sua.
    Depois te mostro, tá?
    bjs
    Tina (MEU CANTINHO NA ROÇA)

  9. Oi Teresa,
    Que história linda desta gaiolinha, ficou show a transformação!! Ela ficou tão linda.
    Parabéns por toda criatividade da história e pela transformação da linda gaiolinha.
    Obrigada pela visita e pelas palavras gentis,adorei seu cantinho, quero voltar sempre aqui.
    bjus

  10. Ficou linda a gaiola, acho que vou copiar… muito legal mesmo. Vim retribuir sua visita amei seu blog e suas flores, muito bonito acho que comprarei mais plantas aqui para casa.
    Olha, a bolinha de queijo, com certeza deve ser uma bomba calorica, rs, rs, rs. Mas bem de vez em quando faço e adoro e a receita da certinho, não tem o que errar…
    Adorei conhecer seu blog e adorei sua visita.
    Bjs.

  11. Eu tb não gosto de gaiolas pra pássaros e estou colecionando várias e colocando plantinhas,e passarinhos decorativos.
    no meu blog eu falo muito de pássaros livres

  12. Achei de uma delicadeza ímpar, pintar a gaiolinha velhinha com um tom tão fofo de azul e fazer dela este arranjo lindo. Parabéns!

  13. acabei de encontrar uma gaiola…toda suja e jogada em um terreno baldio¹

  14. Mas que interessante, tinha uma gaiola velha aqui em casa e há dias vinha pensando em colocar uma planta nela, e hoje pintei de branco e coloquei justamente uma planta que por coincidência é igual a sua. Ficou linda!

Deixe aqui o teu comentário... Vou adorar! E muito obrigada pela tua gentil companhia!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: