se essa lua fosse minha

A primavera e os seus extraordinários ipês amarelos…

DSCN7556

Certa vez, há muito tempo atrás, sonhei que estava caminhando por uma longa estrada e de repente, sem que eu percebesse, várias árvores de ipês amarelos, muito floridos, surgiram à minha frente.  Lembro que eu me senti tão encantada com aquela maravilhosa visão, que simplesmente parei de caminhar e sentei-me em um tronco, para apreciar melhor aquele presente tão especial…Pena que logo acordei e vi que tudo tinha sido apenas um lindo sonho!

Muitas primaveras depois, bem acordada e com os olhos bem abertos , descubro que de certa forma, este meu inusitado sonho se tornou em pura realidade:  Caminhando ao longo da rua aonde moramos, percebi  que a natureza nos presenteou esse ano com um verdadeiro espetáculo de belíssimas floradas de ipês amarelos!

E imaginem então, o meu imenso encantamento e a delicada emoção de estar bem ali, admirada,  diante dessas árvores extraordinárias, que realizando sonhos e inspirando corações, nos oferecem suas multidões de flores de um amarelo surpreendentemente iluminado…

Parecem deslumbrante pinturas em uma tela gigante e animada!

 

DSCN7558

E como ficar imune à energia vibrante desses seres encantados?

A simples visão dessas árvores despertam em mim um estado de tal deslumbramento, que a minha vontade é a mesma daquele tão antigo sonho, ou seja, ficar ali sentada, quietinha, bem perto delas, aproveitando aqueles mágicos momentos…

DSCN7555

Na verdade, essa minha terna “paixão” pelos ipês já é bem antiga. Por sinal,  neste meu singelo blog, esta paixão está muito bem registrada e declarada, na forma dos vários posts que estas queridas árvores me inspiraram ao longo dessa minha pequena jornada virtual…

Aliás, o meu primeiro post foi uma real homenagem à esses maravilhosos ipês!

DSCN7560

Desde esse meu primeiro “ensaio” virtual por aqui, cujo nome sugestivo, “A Caçadora de Ipês”,   já desenhava os contornos dessa minha adorável paixão, posso dizer que o meu fascínio e admiração por essas árvores tem crescido cada vez mais ao longo do tempo…

Impossível para mim não me emocionar diante destes majestosos ipês e suas floradas cor de sonho!

DSCN7567

Para os leitores mais curiosos, aproveito para revelar aqui algumas curiosidades sobre estas árvores, cujo nome “ipê” vem da língua tupi, que quer dizer “árvore de casca grossa”.

Mas o nome científico de “batismo”  é  “Tabebuia”, gênero que inclui várias espécies da família das  Bignoniáceas.

Entre essas espécies estão os ipês rosas (ou roxos), os ipês brancos e os ipês amarelos, cujas florações imensas nos oferecem verdadeiros espetáculos entre os meses de inverno (junho,julho,agosto e setembro)  e início da primavera. Trazendo com sua rara beleza, momentos de alegria e cores em meio aos dias mais cinzentos e frios do ano.

Os ipês são árvores nativas da nossa flora que habitam as áreas de florestas úmidas e parte do cerrado brasileiro, encontradas principalmente nas regiões centro oeste, sudeste e sul do nosso país, desde o estado do Espírito Santo até as terras gaúchas.

Altas, esguias e com ampla copas, podem chegar até os 30 metros de altura.

Pela qualidade muito resistente  de suas madeiras, são árvores muito utilizadas na construção civil e naval.

Além disso, suas cascas e folhas também possuem muitas propriedades medicinais.

Todas estas qualidades aliadas fazem dos ipês árvores realmente muito especiais para todos nós, mas sem dúvida, são mesmo as suas espetaculares floradas que traduzem toda a força e grandeza da nossa fantástica natureza…

Não é à toa que os ipês são considerados “árvores símbolos do Brasil”, dividindo sua fama com as árvores de pau-brasil, consideradas “árvore nacional”.

DSCN7568

E apesar da minha paixão por essas maravilhosas árvores abraçar todas as espécies de ipês, confesso que os “ipês amarelos”  mexem demais com o meu coração…

A imensidão de suas floradas cor de ouro sempre encantam a minha emoção!

Então, imaginem a minha alegria, neste início de primavera, ao abrir pela manhã, as cortinas da sala de nossa casa e me deparar com esta poética visão:  O ipê amarelo do quintal do nosso vizinho se exibindo,todo orgulhoso, em um mar de exuberantes flores…

DSCN7572

Verdadeiramente um presente de Deus para os nossos olhos e os nossos corações!

E assim, a paisagem da janela se transformou, por alguns poucos ( mas mágicos dias! )  em uma pintura da natureza, tão bela e tão genuína, que nenhum artista poderia expressar em sua tela mais genial e bonita…

DSCN7587

Então, deste modo florido, chegou de mansinho a nossa primavera, trocando a secura dos dias de inverno por uma infinidade de belas flores cor de amarelo ouro…

Uma festa para a alma daqueles que amam as coisas da natureza , e também para mil insetos e várias espécies de pássaros, que encontram nas suas pétalas alimento e aconchego…

DSCN7534

Mas enquanto escrevo estas minhas linhas miúdas, os ipês já estão se despedindo de suas majestosas  floradas, fazendo “chover” suas belas flores  pelo chão…

O espetáculo dos ipês está fechando sua temporada…

Os dias vão se tornando mais longos e mornos, e a primavera vai avançando, fresca e iluminada, em forma de  tantas outras flores…

DSCN7574

Enquanto as floradas dos ipês se despedem, espalhadas ao chão ou arrastadas pela força dos ventos, olho ao redor e procuro por outros sinais desta nova primavera…

De repente, num finalzinho de uma tarde quente, elevo meus olhos para cima do telhado de nossa casa, e descubro novamente encantada,um outro delicado presente desse início de primavera:  Uma “pitangueira” enfeitada com milhares de alvas flores!

Desta vez , a surpresa veio do quintal dos vizinhos do outro lado, na forma dessa florada poética, leve e branca, mais delicada e mais recatada, porém,  que de alguma outra forma mágica, também enfeita e anima os nossos dias…

Imaginem depois, a quantidade das futuras pitangas…

Vai ser outra festa para muitos passarinhos e para alguns sortudos seres humanos! (Rs…)

DSCN7588

E assim se inicia a nossa primavera, com a presença de tantas admiráveis árvores e de suas inumeráveis e encantadoras flores pelo nosso caminho…

No meu coração, o desejo sincero de que os nossos olhos estejam bem abertos à estes sinais da natureza e que a delicadeza e a beleza das coisas simples da vida sempre encontrem lugar na nossa alma e no nosso cotidiano…

DSCN7538

Mas nesse fluir tão florido da natureza, aproveito para comemorar por aqui o aniversário deste meu singelo blog, que inspirado muitas vezes por tantas maravilhosas florações, completa neste gentil setembro sua quinta primavera…Com certeza,uma doce e grande alegria pra mim!

E agradecendo à todos vocês, pessoas tão especiais, que têm gentilmente me acompanhado nesta minha terna jornada virtual, e tantas vezes  compartilhado  belas emoções e boas energias comigo, trago aqui um sorteio de um “puzzle” (quebra-cabeça) muito romântico com uma gravura de um pintor que admiro muito, o “pintor das luzes”, Thomas Kinkade, e  também de um lindo e inspirador “livro para colorir”,com imagens e mensagens que certamente tocam o coração da gente… Singelos presentes do meu coração para o de vocês!

Para participar, basta deixar um comentário e um email para contato… Vai ser uma alegria ter todos vocês participando desta pequena celebração aqui comigo!

DSCN7600

Meus agradecimentos sinceros  à todos e o meu grande abraço carinhoso e perfumado de mil flores primaveris!!!!

4fab835e39862b19ed905dc9fd9a0c40grt

 

 

Jardim Botânico do Rio de Janeiro: Uma aventura fotográfica!

DSCN7295

Com a chegada de um promissor e gentil setembro, o espírito da primavera se espalha suavemente pela nossa cidade…

E basta apenas prestar atenção ao nosso redor, para se descobrir os primeiros sinais de sua chegada, que nesta época,por aqui, aparecem logo sob a forma das belas florações dos ipês cor de rosa…Uma lembrança sempre feliz que enfeita o nosso agitado cotidiano de uma grande metrópole.

Dentro de cada um de nós, também aumenta a vontade de estarmos em meio à natureza, aconchegados em meio à flores e árvores,em busca daquela sensação de bem estar e de novas e ternas esperanças.

E foi assim, inspirados por esse agradável sentimento, que eu e nossa turma do “curso de fotografia”, rumamos para o Jardim Botânico do Rio de Janeiro, animados e ansiosos para captarmos através de nossas lentes, um pouco dessa primavera que se aproxima à passos rápidos,  mudando as feições e o humor da natureza e até da nossa cidade.

Chegamos por lá bem cedinho…Com os portões ainda fechados… A luz difusa e doce da manhã alegrando as nossas retinas…

Neste setembro, faz exatamente um ano que eu não visitava este tão especial lugar…

 

DSCN7314

E passar por aqueles portões, é sempre uma experiência mágica…

É como transpor um “portal sagrado” e adentrarmos num reino de seres verdes e exóticos,de rara e curiosa beleza, onde os seres humanos parecem meros personagens coadjuvantes de uma grande estória.

Cada alameda florida e caminho arborizado, nos levam à cantinhos serenos e encantados, onde a natureza soberana transborda sua incomparável energia…

Logo no início de nossa jornada, nos dirigimos ao belíssimo lago, batizado com o nome de seu idealizador, o “Frei Leandro”, personagem importante na história desse maravilhoso “reino encantado”.

DSCN7333

Nas suas águas esmeraldas, reinam tranquilas as deslumbrantes ninféias e as majestosas “vitórias régias”, verdadeiros símbolos da beleza  de nossa espetacular flora brasileira…

E diante deste cenário de sonho, como não se debruçar sobre  esse espelho d’água encantado e não se lembrar das lendas e dos nossos antigos mitos indígenas? Lembrei logo da lenda da “Yara” e até dos contos do Monteiro Lobato, com seu maravilhoso “Reino das Águas Claras”… Um sonho de criança em meio ao universo verde desse nosso fantástico jardim carioca!

DSCN7320

Ao redor deste antigo e mágico lago, desfilam todos os dias , gente de todos os lugares…

Moradores ou turistas, estudantes curiosos, noivos apaixonados, grávidas cheias de graça, entre fotógrafos profissionais e amadores…

Todos nós, na essência,  celebrando a diversidade e a beleza da vida, procurando registrar, nas imagens de uma câmera fotográfica, a natureza quase mística desse encantado lugar…

DSCN7317

Enquanto caminhamos, mil passarinhos voam e passam por nós…

São alegres “bem-te-vis”, “sabiás laranjeiras”, “noivinhas” e “sanhaços”, entre outras tantas aves,que encontram por aqui paz e acolhimento entre as antigas e jovens árvores.

Alguns deles são ariscos e mais reservados, e preferem nos observar do alto dos galhos das árvores…

Já outros, mais sapecas e mais ousados, parecem tão bem à vontade diante dos seres humanos e de suas  máquinas fotográficas, que até fazem uma pausa nos seus passeios,gentilmente “posando” para nós e nos oferecendo imagens de pura poesia…

Ah, e como não amar essas delicadas criaturinhas aladas?

DSCN7340

Na quietude do lago, borboletas e libélulas também passeiam com sua beleza e poesia, enquanto as vitórias régias parecem observar tudo ao redor… Eternas guardiãs destas águas cheias de peixes e de vida…

DSCN7369

Já um olhar mais atento ao alto, revela nas copas das árvores uma imensa “teia verde “, que parece tocar e esconder o céu, onde galhos e folhas buscam a sagrada luz do sol… Matéria prima dessa teia ecológica que envolve uma infinidade de seres vivos.

DSCN7380

Com os nossos olhos de volta ao solo, muitos caminhos se abrem diante de nós, com troncos bonitos, marcados pela passagem do tempo, nos convidando à conhecer outros cantos deste imenso reino…

Novamente pegamos nossas câmeras e vamos… Sempre agradecidos pela sombra e pela brisa suave desses tantos caminhos…

DSCN7382

Pela passagem, avistamos e “clicamos” muitas flores lindas e exóticas…

Nas pétalas, uma mensagem de paz e serenidade para todos…

DSCN7378

Delicadas lembranças de uma esperançosa primavera!

DSCN7362

Nos troncos das árvores, outros seres vivos encontram habitação e proteção…

DSCN7421

E entre trepadeiras, bromélias, musgos e líquens, a vida encontra morada no aconchego das “cascas” de tantas árvores…

DSCN7410

Em cada pedacinho de tronco, galho ou raíz, há a força soberana da vida, que desafia as intempéries e as asperezas do tempo…

Eu mesma fico fascinada pela força e coragem desses pequeninos e tão esquecidos seres!

DSCN7428

Em cada detalhe do caminho, a mensagem viva da natureza de que tudo que existe faz parte de uma cadeia sagrada e misteriosa, onde nós mesmos , muitas vezes nos esquecemos de que também à ela pertencemos…

DSCN7426

Nesta imensidão da natureza, cada criaturinha viva tem o seu especial valor e significado…Até mesmo uma pequenina formiguinha!

DSCN7299

E caberá sempre à nós mesmos, os ditos “seres humanos”, ter a consciência de que a natureza é parte fundamental de nossa existência, e que sem ela, não há caminho de luz…

DSCN7435

Por isso, para mim, registrar a natureza é missão de uma vida… Um caminho que me traz paz, paciência e amor por todos esses seres vivos que compartilham conosco desse grande mistério que é a vida…

E que bom saber que cada vez mais, outros seres humanos querem seguir também este iluminado caminho!

DSCN7436

E quem sabe assim, algum dia, aprenderemos que respeitar a natureza é enxergar além de nossa limitada visão humana, e com as nossas lentes e câmeras possamos ampliar e compartilhar ainda mais as maravilhas e delicadezas desses seres admiráveis que “viajam” nesse lindo planeta conosco… Tudo uma manifestação gloriosa de um Incomparável Criador!

DSCN7439

Enquanto escrevo isso, agradeço por ainda existirem santuários naturais como o nosso Jardim Botânico, imerso numa cidade agitada, onde pessoas e natureza possam conviver em paz.

E como disse a nossa “Clarisse Linspector”, uma frequente visitante do lugar, já nos basta estar lá apenas para olhar, para sentir, para estar vivo…

DSCN7370

E para quem quizer conhecer a história e ver mais um pouquinho do nosso Jardim Botânico, basta acessar o meu antigo post, quando em setembro do ano passado estive por lá…Sempre uma alegria ter a companhia de todos vocês por aqui!!!!

https://msgteresa.wordpress.com/2014/09/08/no-jardim-botanico-do-rio-de-janeiro/

Um setembro iluminado e o meu abraço carinhoso e cheio de flores perfumadas para todos!!!!

4fab835e39862b19ed905dc9fd9a0c40grt

Entre a flor e a borboleta…

DSCN6346

E um agosto morno e seco enfim chegou até nós.

Na sua bagagem, um tempo de estiagem, poeira e sequidão, que anda se extendendo além do esperado por essas nossas amadas terras cariocas.

No nosso pequeno jardim, apesar das temperaturas altas e de um sol quente e inesperado para esses dias de inverno, a vida continua pulsando colorida e gentil, em forma de flores,pássaros e de pequeninas criaturas, que nos acompanham por aqui.

Mas nesta semana que passou, apesar de tantos eventos ( e até queimadas nada gentis! )foram mesmo as delicadas borboletas coloridas que muito nos chamaram a atenção…

Lindas, leves e de vôos suaves, com certeza, estes pequeninos seres alados enfeitaram e trouxeram frescor ao calor desses dias…

DSCN6357gf

E para se maravilhar com elas, nem é preciso muito esforço.

Basta apenas a gente parar uns minutinhos, segurando uns segundos de quietude do nosso cotidiano, e segui-las com o nosso olhar terno,atento,mas descomplicado, como o fazem as crianças e os mais dedicados aprendizes da natureza…

Pois há tanta beleza e poesia no vôo das borboletas!

DSCN6362

E enquanto esses pequenos e frágeis seres fazem o seu balé delicado, em busca do néctar precioso de cada flor, é um pouco da nossa alma que voa junto com elas, reparando nos detalhes e nas cores de cada pétala, de cada folha, de cada coração de flor…

DSCN6363

Então, nesses breves e mágicos minutos, de pura leveza e ternura, nos encantamos com as borboletas e suas flores, mas também nos lembramos da fragilidade da vida e da preciosidade de cada momento…

E quem de nós não se emociona com a beleza desses instantes?

 

DSCN6337

E como num sonho surreal e bonito, crio também minhas próprias asas e saio à voar com as queridas borboletas…

Juntas, voamos para perto e para longe, pegando carona no vento e visitando cada singela florzinha que aparece em nosso caminho…

Conversamos com rosas, lírios e hibiscos…

Demoramos em meio às pétalas coloridas de um canteiro de lantanas…

Descansamos as asinhas cansadas entre os buquês de azaléias cor de rosa…

Um passeio de pura alegria e encantamento!

 

 

DSCN6355

Mas eis que o calor inesperado da manhã desse inverno nos pega desprevenidas, e antes que a s nossas asas se desfaleçam de canseira e poeira, procuramos abrigo em alguma área úmida e bem sombreada do jardim…

Tudo sonho de borboleta, nesse dia tão quente de inverno que parece uma avançada primavera!

DSCN6343

E para vocês, tão preciosas pessoas que me acompanham por aqui, envio o meu desejo sincero de dias coloridos e recheados de poesia…

Como as asas dessas admiráveis borboletas…

Como as flores desse nosso quente inverno, que florescem no nosso pequeno jardim e, com certeza, em cada coração sonhador…

DSCN5863

Abraços carinhosos meus e das flores daqui!!!!!

4fab835e39862b19ed905dc9fd9a0c40grt

 

 

De volta ao nosso jardim encantado…

DSCN6997

Dias muito agradáveis de inverno aqui no nosso querido cantinho carioca.  Céus azuis, iluminados e temperaturas tão amenas que já parece que é primavera!

E aqui no nosso pequeno jardim, depois de dias de recolhimento, chuvas e breves frentes frias, tudo está em movimento e em fase de renovação.  A suavidade do tempo nos convidando à uma nova comunhão, em meio ao aconchego delicioso de nossa natureza.

Então, dentro de nosso coração, houve a necessidade de mexer mais na terra que pisamos, e sobre ela fazer brotar novas plantas e novas esperanças…

Para isso,  a velha vegetação, cuja grama de folhas largas e longas já se encontrava repleta de capim e plantinhas invasoras, teve de ser retirada de forma plena e efetiva.   Pois assim, como num jardim, muitas vezes é a própria vida, ao longo da qual devemos sempre retirar aquilo que nos invade, nos faz mal e não nos edifica…

No início, estranhamos logo aquela terra exposta, escura e aparentemente árida e desolada…

Será que nela ainda haverá uma nova vida?

DSCN6938

Mas eis que em poucos dias, uma nova camada de grama, de folhinhas curtas, jovem e suave, já está instalada no aconchego do solo do nosso amado jardim. E o solo que parecia tão seco e sem vida,  após receber previamente um tratamento com uma terra nova e adubada, oferece agora, mais bem disposto, nutrição e abrigo.

E como se fosse mágica, tudo está  verdinho de novo e com aquele jeitinho tão acolhedor que tanto apreciamos…

DSCN6980

Embora o vento impetuoso de alguns dias atrás tenha espalhado as “flores” secas do bouganvílie cor de rosa por toda a nova grama, senti vontade de fotografá-lo assim mesmo,  tão jovial e natural, mostrando como o jeitinho do jardim sempre se mostra diferente a cada dia, sempre nos surpreendendo e nos encantando com suas novidades.  Aqui, é um lugar de vida, e apesar do nosso aparente “controle humano”,a natureza é que sempre dita as regras e nos ensina…

Mas é também o nosso “toque humano”, que transcende além do mundo real, e tomando carona nas asas da imaginação, nos faz criar um ambiente em que a natureza e a fantasia se entrelaçam em um clima de puro encantamento…

E como não participar desta adorável “parceria”?

DSCN6944

Assim, a turminha encantadora da “Branca de Neve e os Sete Anões”, presentes genuínos de um casal muito querido de amigos, conquistou seu lugar cativo nos nossos corações e no nosso singelo jardim. Uma adorável fantasia, vinda de um conto de fadas que agrada até hoje as crianças e aos adultos de todas as idades… Como encontrá-los aqui no jardim e não se sentir um pouquinho mais feliz? (Rs…)

E aquela menina sonhadora, que habita sempre em mim,  todos os dias, olha para eles, se encanta e  sorri…

DSCN6962

Ainda nos vasos maiores de plantas, outros “anãozinhos mágicos”, talvez parentes dos outros anões (Rs…), também vieram morar por aqui…

DSCN6964

Personagens mágicos , saídos da nossa infância, nos lembrando que basta um pouquinho de fantasia e leveza, para a gente se descontrair e aprender a ser mais suave e tranquilo…

DSCN6960

Porque na caminhada da vida, aprendemos que ganhamos mais fôlego para ir em frente,à medida que nos tornamos mais serenos,menos ansiosos e mais maleáveis à força dos ventos…

Para isso, nada melhor do que separarmos um tempinho para contemplarmos a natureza e os seus caminhos… E a fantasia do mundo infantil sempre é um ótimo tempero contra o mau humor e o stress do cotidiano.

Não é de se admirar que o nosso Mestre Jesus tenha nos alertado que teríamos de ser como crianças para entrar no reino de Deus…

DSCN6986

Então, aqui no nosso pequeno jardim, a imaginação sempre voa alto, lembrando as coisas do universo infantil que tão bem fazem à alma da gente…

Seja na forma de “encantados cogumelos”, que são casas de fadas, ou simplesmente na forma de gigantes e bondosas “abelhas”, que carregam flores para dar as “boas vindas” e alegrar à todos…

DSCN6968

E de repente, num belo dia, após a chuva, pequeninos cogumelos de verdade, apareceram no canteirinho bem em frente ao nosso portão de casa… Uma incrível “floresta” de fungos com delicados “chapeuzinhos de fadas”!

DSCN7031

Para mim, sempre um presente, um carinho do Criador, para alegrar os meus dias…

DSCN7034

E até a nossa querida cachorrinha “Yuki”, parece ainda mais contente com a nova grama do jardim, aonde ela pode brincar e rolar ainda mais…(Rs…)

DSCN7041

Lá do carrinho dos hibiscos, penso que a nossa anjinha de longas asas observa tudo e também fica mais feliz… Acho que os anjos sempre nos ajudam a cuidar dos nossos jardins, pois é neles que tudo de bom começa…

DSCN7011

No entanto, eu sei que há ainda muito trabalho e melhorias que precisam ser feitas no nosso singelo jardim.

Para isso, é necessário tempo, criatividade,carinho e paciência….Muita paciência…Como em tudo na vida!

Mas como disse o nosso inesquecível “Rubem Alves”, para se ter um jardim é necessário que ele exista primeiro, dentro da gente…

E isso é tarefa nossa de todo dia… Seja o tamanho do seu jardim qual for…

Porque fazer brotar novos jardins é renovar a própria existência, em forma de raízes, caules, folhas, frutos e muitas,muitas,flores…

DSCN7046

Meu abraço grande,iluminado e repleto de flores nos corações de todos!!!!

fr-flower-butterfly-teresamsg1

 

Um delicioso chá de outono

DSCN6129

Dias suaves de outono aqui no nosso cantinho querido no mundo.

E entre céus cinzentos e céus ensolarados,  uma sensação de tranquilidade e paz se espalha silenciosamente pela nossa agitada cidade maravilhosa…

De certo que há dias  difíceis, e que a alma antiga desta cidade anda meio sobresaltada e dolorida, e tantas vezes acorda, e  também dorme , embalada por uma canção melancólica e sofrida, em meio ao caos urbano e suas tantas tristezas … Coisas de uma cidade imensa e tantas estórias humanas mal escritas!

Mas com certeza, nesta estação mais terna do ano, é a natureza  que sempre nos ilumina  e nos traz alegrias, nos cobrindo de gentilezas e novos sonhos, e entre vôos de borboletas e flores coloridas, nos brinda com espetaculares dias de doce poesia, em meio a brisa fresca diurna e noites mais frias… Um verdadeiro convite ao relaxamento e à celebração do milagre da vida!

Então, aqui nesse nosso pequeno jardim, me inspiro com a ternura desses dias, e convido à todos para um aconchegante “chá da tarde”, com direito à bolo e flores para alegrar e inspirar os olhos e a alma da gente!

DSCN6133

Então, como num passe de mágica, a graciosa mesa foi se enfeitando de festa e doçuras…

Tudo improvisado e muito simples, repleto da vontade de nos sentirmos aconchegados e  de agradar a quem tanto amamos…

E para isso, na maioria das vezes, basta tão pouco…

O essencial é mesmo aquilo que está “invisível” (como diria “O Pequeno Príncipe”!) e que está nas entrelinhas daquele cházinho delicioso e daquele bolinho caseiro,que sem pretensão, trazem tanto conforto e amparo para todos…

DSCN6140

Para isso, pequenos detalhes falam tanto ao meu coração…

E enquanto a tarde vai caindo, serena e fresquinha, a luz doce da lanterna e a presença viva das flores vai permeando tudo com aquele adorável clima romântico…

Ah,que delícia estes suaves momentos de outono!

DSCN6138

O cházinho de frutas silvestres, na companhia do bolo marmorizado de baunilha e chocolate, fazem qualquer tarde ficar mais bonita e feliz…

E quem não gostaria da parceria desta saborosa dupla?  (Rs…)

DSCN6141

Pertinho dali, olhinhos e “bicos” curiosos acompanhavam os nossos movimentos…

O que será que os passarinhos daqui “pensavam” sobre a nossa harmoniosa “mesa de chá”?

Na certa, havia a esperança de algumas deliciosas migalhas de bolo para beliscar… (Rs…)

DSCN5911

Sob a luz dourada do finzinho de tarde, o hibisco amarelo ainda nos oferecia a beleza vistosa de sua flor.

E a anjinha do jardim parecia sorrir, agradecida, por mais aquela tarde linda e acolhedora…

Com certeza, tudo sempre um presente de Deus para cada um de nós.

DSCN6288

Com a chegada da noitinha, mais bolo e chá se fizeram presentes, e a delicadeza daquela tarde foi se prolongando suavemente…

Mas aqui, dentro da gente, bem no lado mais doce de nossos corações, sei que vão ficar guardados mais estes belos momentos de outono no nosso singelo e mágico jardim…

Momentos de muitos sorrisos, carinho, palavras cheias de alegria e aconchego pelo ar…

Momentos de gestos pequenos, mas  amorosos, repletos de sentimentos de puro afeto, que numa simples xícara de chá se pode tantas vezes encontrar…

E para vocês, queridos amigos, que por aqui tão gentilmente passam, vão os meus sinceros desejos de um mês de junho acolhedor e  harmonioso, em que a paz, a solidariedade e o amor sempre estejam presentes nos caminhos de todos!

DSCN6172

Meu abraço caloroso, terno e carinhoso em cada generoso coração !!!

fr-flower-butterfly-teresamsg1

 

 

 

Flores de outono…

DSCN6229

Dias frescos e iluminados neste nosso outono carioca, e aproveitando que nessa época o sol se torna mais manso e amigável, a natureza parece “despertar” novamente para o lado mais suave da vida.

Afinal, depois de tantos dias de calor intenso do verão, uma sensação de alívio e  aconchego parece se espalhar por toda a parte…

E como se fosse uma espécie de “primavera ao contrário”,pois que antecede os dias mais frios do inverno, muitas espécies de flores dão o ar de sua graça,enchendo de vida, alegria e cor,o nosso singelo jardim.

Nesse ano, para nossa surpresa, as “flores de maio” estrearam a beleza de seu espetáculo mais cedo, ainda nos dias mais quentes de abril…

Um capricho da natureza?  Não sei dizer… Mas certamente um acontecimento que nos trouxe momentos de um terno e doce contentamento!

DSCN6231

E que alegria ver os botões coloridos dessas admiráveis flores, se abrindo delicadamente para o mundo…

Momentos que apenas acontecem durante os dias de outono,mas sempre emocionam o meu coração!

DSCN6238

Plantas de  exótica beleza, as chamadas “flores de maio” estão sempre presentes,ao longo de todo o ano, aqui no nosso pequeno jardim.

Cactáceas originárias das matas fluminenses, elas se sentem em casa com poucos cuidados, e quando chega o outono, se bem ambientadas, conseguem florescer na forma de muitas belas flores.

Sem dúvida, são preciosas espécies de nossa tão maltratada “mata atlântica”, que devido à sua beleza rústica encontraram morada em muitos lares brasileiros.

Vê-las assim tão floridas e coloridas nesta época do ano, sempre é um motivo de alegria e comemoração…

E eu fico simplesmente encantada com tão belas florações!

DSCN6243

E a diversidade de suas formas e cores sempre surpreende os olhos da gente…

Maravilhosas flores desse nosso outono tão brasileiro!

DSCN6247

E enquanto maio ainda não chega…

Vamos aproveitando as promessas de outras novas flores que estão para se abrir…

Mais um fantástico espetáculo dessa nossa deslumbrante natureza!

DSCN6249

Mas espalhadas pelo jardim, muitas outras flores aparecem por aqui…

E como não registrar a orquídea exuberante, vestida em amarelo brilhante, com suas florzinhas delicadas?

DSCN6155

Cada miúda flor é pra mim, como uma pequenina “dançarina de saia rodada”, no suave embalo do vento da tarde…

DSCN6204

E esbanjando beleza e frescor, as recém-chegadas “azaléias” cor de rosa de pontas brancas, acalmam o olhar da gente, nos envolvendo num cenário de romantismo e paz…

Flores sempre tão bem-vindas e que nos trazem tantas inspirações e alegrias!

DSCN6176

E neste clima de aconchego e fescor de outono, lembro-me logo das “Kalanches”, que são plantinhas “suculentas” que durante todas as estações do ano demonstram força e magia…

Suas pequeninas flores  estão sempre alegrando os nossos dias!

Ao lado delas, a minha outra “Florzinha” querida, minha bonequinha da família “Tilda” e companheira de todos os dias, me lembra do calor das amizades sinceras, e que mesmo de longe, seja em qualquer estação do ano, ajudam à iluminar o meu caminho…

DSCN6180

E pra vocês, que tão gentilmente passam por esse meu lugarzinho encantado,envio com carinho, os meus desejos de um outono cada vez mais aconchegante e florido, e que sempre seja primavera em cada generoso e gentil coração!

DSCN6182

Meu abraço iluminado e perfumado de lavanda para todos!!!!!

fr-flower-butterfly-teresamsg1

Um conto de Páscoa…

DSCN6018

Era uma vez, dois espertos irmãozinhos coelhinhos, Quinzinho e Quitéria, que partiram para uma longa viagem, enviados para uma doce missão de Páscoa:  Entregar deliciosos ovinhos de chocolate para um menino que morava num lindo bosque encantado.

À princípio, a viagem transcorreu com tranquilidade…

Apesar da cestinha de ovos ser um pouquinho pesada, o dia estava fresco e iluminado, o que facilitava aquela doce jornada…

DSCN6088

Mas assim que começaram à caminhar pelo bosque encantado, perceberam que havia chovido muito na noite anterior, e os caminhos ficaram difíceis de serem percorridos…

“O que fazer agora?”  Perguntou à sua irmã, o coelhinho Quinzinho.

“Deve haver algum atalho que a gente possa passar… Que tal a gente perguntar?” Respondeu a linda coelhinha ao irmão preocupado.

Então, como adivinhando a situação, apareceu um passarinho muito simpático, que entoando uma suave canção, falou aos coelhinhos:

“Não precisam ficar com medo, amiguinhos… O bosque encantado têm muitos caminhos para serem trilhados, e com certeza, ali pertinho da casa do nosso amigo “Dom Caramujo”, deve haver uma nova passagem… Venham comigo que eu mostro!”

E voando devagarzinho, com muito cuidado, foi indicando o caminho entre a alameda das azaléias, para os coelhinhos já mais animados…

DSCN6026

E que bom, que logo bem pertinho de uma pequena fonte d’água, encontraram “Dom Caramujo”, que muito gentilmente, tratou de lhes indicar um caminho mais seguro, passando pela casa de “Dona Maria Joaninha”, uma besourinha muito educada…

DSCN6035

No jardinzinho repleto de trevos, da casa de “Dona Maria Joaninha”, os nossos coelhinhos puderam descansar e comer um pouquinho de verdurinhas bem fresquinhas, cultivadas pela própria adorável joaninha…Uma delícia de refeição,após uma boa caminhada!

E depois de se despedirem e agradecerem pelo lanche saboroso, retomaram a caminhada, agora através do caminho das pedrinhas brancas…

“Chegando na alameda das lantanas, peçam informação ao “Anãozinho do Cogumelo”… Ele sabe muito bem como chegar à casa dos humanos que vivem aqui no bosque encantado!”  Falou “Dona Maria Joaninha”, despedindo-se dos irmãos coelhinhos,que ela havia achado tão simpáticos..

DSCN6044

Realmente,  não demorou muito tempo para que eles avistassem um lindo caminho, enfeitado por coloridas florzinhas de lantanas, e encontrassem aquele “Anãozinho do cogumelo”, que a carinhosa joaninha havia falado…

No entanto, uma surpresa… O tal “Anãozinho” estava dormindo um sono daqueles bem sossegado… (Rs…)

“E agora?” Disse Quitéria, um pouco assustada.  “O que vamos fazer?  Já ouvi dizer que esses “anãozinhos” ficam muito bravos,quando inesperadamente são acordados…”

DSCN6050

Naquele mesmo instante, os dois ouviram uma vozinha muito doce,chamando por detrás das árvores…

Era a “Fadinha das flores do bosque,que chegara para ajudar!

Muito graciosa e carinhosa, ela foi logo explicando:

” É verdade, meus amiguinhos… Os anãozinhos mágicos não gostam mesmo que pertubem o sono deles… Mas acho que a minha prima, a “Fadinha das borboletas”, poderá ajudar… Ela sempre conhece muitos caminhos aqui do bosque encantado!

DSCN6073

Mais do que depressa, ela pediu à uma pequena borboleta que passava, pra chamar à sua querida prima, que prontamente apareceu para ajudar…

“Olá,queridos coelhinhos!  Conheço alguém aqui no bosque que poderá achar o melhor caminho para vocês encontrarem o seu destino: Certamente a “Dona Coruja Azul”,que mora  lá nas terras dos cogumelos encantados”!

E fazendo um gesto mágico, com as suas mãozinhas de fada, acrescentou:

“Vou pedir à uma das nossas amiguinhas borboletas para levarem vocês até lá…Assim,não ficarão perdidos!”

DSCN6059

E voando leve e delicada, uma bela borboleta cor de laranja, com a asinha até quebrada, foi mostrando o caminho para os coelhinhos admirados…

DSCN6007

“Por favor,perdoem-nos, gentil borboletinha… Não queríamos dar trabalho…” Falou o coelhinho Quinzinho,que seguia com a irmã, aquele lindo ser alado…

“Não precisa se preocupar, querido coelhinho, apesar da minha asinha que está faltando um pedaço, o meu coração de borboleta continua inteiro e com muita alegria de poder ajudá-los!”

E mais rápido do que a brisa que passa pra refrescar as flores do bosque, os três chegaram contentes à terra dos cogumelos encantados…

A própria “Dona Coruja Azul” foi recepcioná-los.Os filhotes corujinhas, que estavam dormindo, até acordaram e  ficaram encantados de verem aqueles coelhinhos tão graciosos e educados…

“Como posso ajudá-los?” Perguntou prontamente, a sábia coruja daquele encantado bosque.

Então, depois deles explicarem toda a estória, “Dona Coruja azul” se pronunciou muito amorosa:

“Ora, meus amiguinhos, vocês já transcorreram uma grande parte do caminho!  Com certeza, já estão bem perto de chegarem à casa do menino. Basta pedir agora, à “Anjinha” do bosque,pra levá-los até lá!”

“E eu já sei onde poderemos encontrar a “Anjinha”!” Disse animada, a linda borboleta. “Ela gosta muito de ficar no jardim das camélias, durante essas horas do dia!”

DSCN6069

E que maravilha foi chegarem até lá e encontrarem aquela tão doce anjinha!

Ela ama as crianças, os animais e as plantas, e como fiel protetora desses seres da natureza, está sempre pronta para ajudar à todos com enorme gentileza e carinho…

Ela só não gosta da maldade de certos seres humanos, que com a dureza de seus corações,tentam machucar aqueles que habitam nesse bosque de puro encantamento…Uma pena!

Por isso, mais do que depressa, ela os levou voando até a casa do menino…

DSCN6067

Então, missão comprida, os nossos corajosos coelhinhos puderam retornar à sua família para juntos, celebrarem o milagre da Páscoa.

E imaginem então, a alegria daquele menino, ao acordar na manhã seguinte e encontrar todos aqueles lindos e deliciosos ovinhos à sua espera… Com certeza, uma maravilhosa  surpresa de Páscoa!

DSCN6094

E eu, daqui do nosso singelo jardim, espero ter levado um pouquinho de alegria e fantasia, para todos vocês, onde ainda bate um coração de criança, e onde sempre vai reinar a alegria da verdadeira celebração da Páscoa!

Meu abraço grande e carinhoso, os meus desejos sinceros de muita paz nesses dias, e que a alegria iluminada da Páscoa sempre faça morada em nossos corações!!!

fr-flower-butterfly-teresamsg1

Bora Bora: Um sonho no paraíso

DSC_0318

Em um cantinho encantado, em meio à  vastidão azul do Oceano Pacífico, existe uma pequena e mágica ilha, chamada singularmente de “Bora Bora”,  cujas águas límpidas e cristalinas são um autêntico refúgio natural para muitas formas de vida… Um verdadeiro paraíso dos mares tropicais!

De origem vulcânica e circundada por uma magnífica barreira de recifes de corais ,  a pequena “Bora Bora” parece resplandecer como um anel verde brilhante sobre o tapete azul escuro dessas águas marinhas de nós tão distantes…

Para muitos, talvez apenas um lindo sonho, perfumado de doce maresia,e enfeitado de conchas, algas e estrelas do mar!

DSCN3419

E foi para lá que nos dirigimos, ansiosos e admirados, ainda em outubro do ano passado, após a nossa breve passagem pela misteriosa “Ilha da Páscoa”. Uma rota fantástica que nos levou à uma aventura inesquecível pelas ilhas que formam o belíssimo arquipélago da Polinésia Francesa. Com certeza, uma experiência para se guardar no lado mais bonito do nosso coração…

DSC_0262

Após  um pernoite pela capital do Taiti, a agitada cidade de “Papeete”,  aterrizamos tranquilos numa ilhota de solo duro e arenoso onde fica o aeroporto e  tomamos logo um grande e moderno barco, que nos levaria ao coração dessa pequena ilha encantada. A paisagem de praias e águas em muitos tons de azuis e verdes, extremamente cristalinas, já encantando a alma da gente…. Parecia mesmo que estávamos chegando numa ilha mágica!

Nosso primeiro destino, a pousada “Bungalove”, nos acenava de forma curiosa, e ao mesmo tempo ,  misteriosa e romântica…

Estávamos tão longe de casa… Cansados da longa viagem e ainda com muito sono…Será que toda aquela paisagem maravilhosa e serena  era mesmo real ou apenas seria tudo  uma miragem da nossa imaginação de inexperientes “navegantes”?

Já havia muitos anos que planejávamos essa viagem e estávamos emocionados… Afinal, apesar de todas as dificuldades e de  tantos anos de espera, estávamos conseguindo realizar mais este lindo sonho, tendo para isso, de cruzar um vasto oceano, do outro lado do nosso continente…Mas certamente, valeria à pena!!!

DSCN3440

Então, foi só chegar naquele recanto paradisíaco do mundo para esquecermos do cansaço do corpo e da alma da gente… Era tudo tão bonito e repleto de uma paz imensa… Melhor do que imaginamos!

E para o nosso encanto, a paisagem do “quintal” da pousada, se espalhava entre um pequeno jardim tropical pela frente e o mar atrás…Uma harmonia de formas e cores que  fez os nossos olhos sorrirem de alegria e o corpo  se renovar com uma boa dose de energia… Impossível não nos sentirmos “em casa”!

DSCN3439

E para festejar a nossa chegada àquele pequeno paraíso esquecido do mundo, um arco-íris iluminou o céu de repente… Para nós, era mais do que isso…Um carinhoso presente, feito de pequeninas e milagrosas gotas d’agua coloridas de bênçãos!

DSCN3471

Para aumentar o meu terno deslumbramento, fui encontrando centenas de hibiscos floridos por todo o lugar dessa encantadora ilha…

Vermelhos intensos, amarelos iluminados e cor de rosas suaves…Que delícia encontrar essas minhas amadas flores por todo o caminho!

Com certeza, as flores de hibiscos são mesmo a alma dos jardins da Polinésia… E do meu pequenino jardim brasileiro também! (Rs…)

DSCN3500

E como expressar a sensação que tivemos naquele admirável lugar, ao acordarmos pela manhã e encontrarmos o mar se derramando pelo horizonte de nossa janela do quarto?

Um sentimento de gratidão sempre me inunda o coração até hoje, quando me lembro daquele perfumado quarto de brisa do mar…

DSCN3494

Nas minhas queridas lembranças que trouxe de lá, também ficou a imagem da cadela “Pastora Alemã” que pertencia aos donos da pousada, e  que adorava pescar…

Sim, ela ficava sempre uma boa parte do dia dentro da água,  à espera de um peixinho distraído que passasse pela praia de lá… (Rs…)

Até ficou amiga da gente… Linda e carinhosa demais!!!

DSCN3436

E a nossa “varanda” naqueles dias, naquele cantinho generoso da Polinésia, era emoldurada pelo grande mar…

Um lugar para relaxar, esquecer os problemas do mundo e sonhar…

É tão bom estar num lugar como este!

DSCN3504

No quarto em que dormimos, a presença dos hibiscos e o retrato pintado dessa pequena ilha, nos lembravam todas as manhãs que estávamos acordando num pedacinho do paraíso…

DSCN3491

À noite, o chuveiro, à céu aberto, nos mostravam um céu muito limpo e a lua cheia… Um verdadeiro “banho de estrelas”!

DSCN3482

Todas as manhãs, no jardim, o perfume adocicado de várias flores inebriava os nossos sentidos e se misturava ao cheiro de marezia da brisa marítima…

Enquanto no laguinho de pedras,  as vistosas flores aquáticas se abriam aos primeiros raios de sol…

DSCN3425

Pétalas de pura poesia festejavam sempre a chegada de um novo dia!

DSCN3449

Muitas vezes, na beira de uma praia, encontrávamos o solo duro aos nossos pés, com seu tapete calcáreo feito de pedras e milhares de pedaços de corais e conchas…

DSC_0328

Mas no mar, sempre havia a beleza suave e  tranquila de águas tingidas por mil tons de verdes e azuis, que afagava o nosso espírito  e o corpo salpicado de sal, com seu doce carinho e o vai e vem das águas…

DSC_0189

Então, naqueles dias,  estar em “Bora Bora” significava estar distante da turbulência dos continentes, da tirania do relógio e  não ter pressa para nada, a não ser para aprender à escutar o ritmo das marés e saber apreciar a natureza deslumbrante deste precioso lugar…

DSCN3466

E passar os dias navegando em algum barco , descobrindo ilhas e “motus” (ilhotas), através da imensa e formosa laguna de águas transparentes e estar em pleno mar, em meio aos seus admiráveis peixes coloridos, arraias e até pequenos tubarões… Maravilhosas criaturas desse pequeno paraíso!

DSC_0251

E quem sabe um dia, desvendar o segredo do jeito polinésio de ser, que por séculos vivendo os desafios da natureza, entre tempestades imensas e vulcões fulmegantes, aprenderam a conviver e desfrutar do melhor que o mundo natural pode oferecer…

DSCN3507

Aprendendo à escutar as canções ancestrais que vêm dos ventos e das ondas do grande oceano, e que “falam” de um viver a vida com mais leveza, simplicidade e paz…

DSCN3456

Hoje, para mim, do lado ocidental desse nosso Atlântico oceano, resgatar essas doces memórias, soa mais do que um “reviver” de um sonho.  Na realidade, são lembranças tecidas de  pura alegria, poesia e inspiração, na certeza de que a vida, e seus pequenos “paraísos” , sempre estarão vivos  nos nossos corações, alimentando a nossa vontade humana de um dia encontrarmos o nosso melhor lugar… O nosso pequeno “paraíso pessoal”… Seja numa ilha perdida no meio do Oceano Pacífico, numa casinha na montanha, na varanda de um pequeno apartamento ou em qualquer outro lugar…

O mais importante talvez seja mesmo nunca desistirmos de nossos sonhos e lutarmos para manter viva a nossa maravilhosa capacidade de sonhar…

DSCN3523

 Nosso abraço grande e carinhoso no coração sonhador de todos vocês!!!

fr-flower-butterfly-teresamsg1

 

 

As flores de fevereiro

DSCN5838

E fevereiro tem sido mais gentil por aqui, trazendo na sua bagagem dias de mais águas, e alguma brisa fresca,  depois desse janeiro carioca de tanto calor e secura por toda essa admirável e urbana paisagem.

Ao longo desse segundo mês do novo ano, algumas refrescantes e “bem-vindas” chuvas se derramaram pelo nosso jardim e por toda essa nossa imensa cidade, fazendo brotar no solo, e nos nossos corações,  sentimentos de alívio e esperança…

Ah,e  que delícia poder sentir novamente aquele cheiro de terra molhada no ar, e sobre a nossa pele, as abençoadas gotas de chuva, aliviando o calor da gente…

E apesar dessas chuvas ainda serem poucas e restritas, de certo que esses dias molhados de fevereiro foram para nós como pura dádiva divina.  Afinal, o excesso de calor maltrata o corpo e tira até o ânimo das mais animadas pessoas, deixando muitos mal humorados e cansados, ao longo de um daqueles dias típicos das regiões mais desérticas do globo… Quase um “Saara”, como eu sempre digo! (Rs…)

Mas como festejam por aqui as plantinhas do nosso pequeno jardim, que diante da chegada dessas águas celestiais nos presentearam com tantas belas e valentes flores?

Curiosamente, a nossa exótica “rosa do deserto” foi a primeira à manifestar gratidão pelo retorno das chuvas, revelando que apesar de suportar bem um período longo de ausência de água, acumulando no seu caule esse precioso líquido da vida, também sabe apreciar alguns bons dias chuvosos…

 

DSCN5836

E com suas flores vistosas, de beleza suave e cristalina, celebra o dom da vida,  anunciando os dias mais frescos que certamente virão…

DSCN5844

E ao longo desses dias mais gentis e frescos, várias flores dos nossos hibiscos se tornaram novamente as nossas companheiras de cotidiano, colorindo e enfeitando os cantinhos e caminhos desse nosso cantinho no mundo…

Os hibiscos sempre encantando o meu coração, com sua formas deslumbrantes de existência… Que flores mais lindas!!!!

DSCN5883

Com suas pétalas de cores de sonho, de textura tão macias, dobradas ou simples, quase todos os dias estavam aqui presentes no nosso pequenino jardim…

Para mim, todos são lindos presentes desse suave fevereiro!

DSCN5865

Ainda com a presença forte de sol, e com a ajuda do retorno das águas, as plantas aproveitam para se espalhar e crescerem por todos os lugares… A natureza em pleno “trabalho” diário, desafiando o tempo, o espaço e seus próprios limites…

Certamente seguindo as instruções do seu “Criador”, aos cuidados de cada anjo que existe em cada singelo jardim…

DSCN5874

E de forma admirável, contrariando as minhas expectativas humanas, até mesmo as nossas “azaléias” começaram à florir…

 

Realmente uma curiosa floração sob um sol ainda escaldante desse nosso atípico verão. Por aqui,  elas só costumam florescer diante de temperaturas mais amenas ou em meio à ensolarados dias de inverno…

Um verdadeiro e pequenino milagre desse nosso jardim de fevereiro!

DSCN5896

Num cantinho fresco e mais sombreado do nosso quintal, o nosso querido e sofrido “lírio da paz” mostra que conseguiu sobreviver à mais este quentíssimo e seco verão…

Quase sem vida em janeiro, eis que que ele renasce nesse fevereiro como um símbolo de força e esperança.

Sua alva e bela inflorescência em forma de “espiga” é a primeira desde que começou esse ano!

DSCN5858

E eu não poderia deixar de mostrar novamente aquelas “florzinhas roxas” (uma espécie de petúnia selavagem?) que nasceram livremente no nosso vaso de “camélias”, juntinho à nossa meiga anjinha de jardim…

Resistentes e corajosas, essas pequeninas flores ainda continuam por aqui, encantando à todos que as vêem… Com certeza, muito bem cuidadas e protegidas pela nossa “anjinha”!

DSCN5854

E a nossa mais nova, querida e companheira “florzinha”, a nossa cachorrinha “Yuki”, continua  cada vez maior, mais linda e sapeca… (Rs…)

Essa é realmente uma “florzinha” muito peralta e brincalhona, que de vez em quando apronta até com as plantinhas aqui do jardim!

Pobrezinhas das nossas plantas, que além de resistir aos desafios do verão, precisam também resistir às peraltices e brincadeiras dessa nossa esperta cadelinha!!!   (Rs…)

DSCN5848

Mas confesso aqui,  que mesmo navegando nos mares desse terno fevereiro, que além de ser um mês ainda de férias e feriados, é também mês do meu aniversário, sempre quando chega essa época, fico já sonhando com o outono e seus dias azuis, bem frescos e iluminados…

São aqueles dias em que muitas borboletas e pássaros passeiam pelo nosso jardim, e o sol se torna um amigo doce e aconchegante…

Dias de brincar e lanchar ao ar livre… Comer bolos e até tomar chá…Uma quase primavera!   Para mim, a melhor época de se desfrutar da “cidade maravilhosa”, de passear ou simplesmente ficar relaxando e sonhando, no aconchego desse nosso pequenino,mas encantado jardim…

 

DSCN5922

E enquanto esse tempo mais leve e romântico não chega, cabe à todos nós aproveitarmos o melhor que ainda há nesse quente e voluntarioso verão…

Mesmo que seja com a ajudinha de um bom ventilador, sorvete,piscina e bastante água fresca! (Rs…)

DSCN5944

Mas apesar dos desafios de qualquer tempo ou estação, acho que o mais importante é a gente aprender à renascer das “secas” de cada árido dia, e florescer em forma de luz e alegria,  dentro dos nossos corações!

Meu abraço florido e carinhoso pra todos vocês!!!!

fr-flower-butterfly-teresamsg1

 

 

Feliz Jardim Novo!!!!

DSCN5781

E o novo ano enfim chegou, trazendo consigo uma bagagem de muita esperança  e dias muito quentes aqui na nossa cidade maravilhosa.

Para mim, sempre um momento que nos convida para uma pausa,  um tempo para planejar, sonhar e refletir, diante de mais uma nova etapa que se renova. Também um tempo para agradecer pelas bençãos recebidas,pelo grande dom da vida e, para nos dedicarmos à novas orações.

Para o nosso pequeno jardim, cada início de ano tem sido um verdadeiro desafio, uma vez que as altas temperaturas deste nosso cantinho no mundo nos trazem um sentimento de constante desconforto e insegurança.  Afinal, como não sofrer frente ao calor tórrido e com poucas chuvas desses recentes verões cariocas?

Nesta época, acho que sofremos todos juntos, plantas, animais e seres humanos, todos nós simples habitantes desta terra super aquecida e tantas vezes ressecada.

Mas mesmo apesar de todas as dificuldades e sofrimentos causados pela estação tão quente, o nosso singelo jardim ainda nos sorri e constantemente nos oferece suas flores delicadas e seus pequeninos milagres de cada dia.

Que o digam as pequenas mudas de hibiscos, que ainda à espera de sua morada de plantio definitiva, continuam nos encantando com inúmeras “gotas” de poesia, através de suas flores imensas e tão lindamente coloridas… Sempre uma alegria que inunda e refresca os olhos da gente, a cada quente manhã que se anuncia…

DSCN5782

E  enquanto o verão desfila seus dias com a face de um cruel “Saara” pelos quintais desta imensa cidade, por aqui, no aconchego deste nosso querido jardim encantado,  encontro pequenas e surpreendentes dádivas desta nossa valente e incansável natureza.

Tudo nos acenando com a certeza de que a força da vida e a esperança de dias melhores sempre compensam a nossa fé.

Digo isto com um sentimento de alegria e doce surpresa, quando me emociono com a visão de nossa antiga hortência, que desde anos aqui plantada, nunca havia nos presenteado com suas belas flores, e que neste início de tórrido verão, resolveu nos oferecer um “ensaio” sutil de pequeninas pétalas liláses…

Para mim, um verdadeiro milagre dos anjos deste nosso pequeno jardim!

DSCN5762

E falando nos anjos que por aqui passeiam, como me esquecer daquele nosso vaso de camélia, onde a nossa graciosa “anjinha” parece ter semeado esta delicada e misteriosa  plantinha, que apesar de desconhecermos o nome,  a cada dia que passa, nos multiplica suas florzinhas pintadas de roxo e branco… Uma plantinha que magicamente nasceu nesse vaso e que bravamente resiste ao inclemente sol!

Sem dúvida, uma suave e surpreendente obra da natureza…

DSCN5754

O mais extraordinário é que cada uma de suas arroxeadas flores é  um genuíno presente, pois que surgem, uma após a outra, dia após dia, com uma “pintura” diferente…Nenhuma é igual à outra!

Impossível não sentir o milagre da vida em cada singela pétala de flor…

DSCN5757

Então, ainda nesses dias quentes, uma nova surpresa apareceu em nosso quintal, e bem no muro da nossa garagem, um pequenino ninho nos chamou a atenção…

Ele estava tão bem disfarçado pela vegetação que cobre a parede!

Um ninho bem pequeno e gracioso, escondidinho no aconchego daquelas plantinhas…

Será que ele pertencia à um daqueles pequeninos passarinhos que sempre visitam o nosso quintal?

DSCN5729

E que emocionante perceber que já havia dois filhotinhos dentro dele!!!!

Dois pequeninos “bocudinhos”, que logo colocaram seus biquinhos famintos para fora, quando assoviamos na entrada do ninho…

Na certa pensaram que éramos a mãe deles!  (Rs…)

Mas difícil mesmo foi conseguir focar a lente da nossa máquina fotógráfica,pois esses graciosos filhotinhos não paravam quietos e de jeito nenhum queriam “posar” para uma simples fotografia… (Rs…)

Certamente,  encontrá-los foi uma outra dádiva deste quente verão, mas também uma celebração do milagre da vida que se renova ao nosso redor…

DSCN5731

Mas na verdade, não foram apenas esses pequeninos filhotinhos de passarinho que nos trouxeram a sensação de renovo à este nosso cantinho no mundo…

Ainda em dezembro, ganhamos mais uma companhia para alegrar o nosso quintal: Uma linda filhote de cachorro Akita , a nossa “Yuki”, uma cachorrinha branquinha,peralta, alegre e cheia de vida!

DSCN5744

Ela é tão fofinha e inteligente, que logo encantou à todos nós… Imagine a alegria dos nossos meninos!

E quando chegou, ela se sentiu tão “em casa” que não chorou e nem fez manha…

Ela só pensa mesmo em brincar e nos fazer “festinha”!!!  (Rs…)

DSCN5747

Claro que ficamos preocupados com a reação do nosso cachorrão, também da mesma raça “Akita”, o nosso “Samurai”… Ele é sempre tão emotivo!

Mas apesar de nossas preocupações, até que o nosso amado “Samurai” reagiu muito hospitaleiramente… Não resmungou e não demonstrou ciúmes ou tristeza… Acho que ele até gostou, depois de tantos anos, de ter uma companhia “canina”… E eles são tão parecidos um com o outro…Parecem até “pai e filha”! (Rs…)

Bem que de vez em quando, a pequenina “Yuki” dá aquele “trabalho” pra ele, pertubando o seu sossego com suas “brincadeirinhas” festivas… E nisso vale até tapinhas de patinhas e mordidinhas…Coisas de “filhote”,né?  (Rs…)

DSCN5612

E enquanto todos nós tentamos  “viver dignamente”, apesar dos transtornos das altas temperaturas deste nosso verão tão carioca, a vida continua fluindo de maneira vitoriosa, entre as intempéries do cotidiano e os pequenos e grandes milagres que iluminam a nossa caminhada…

DSCN5771

E neste novo ano que chega,apesar das loucuras e tristezas do mundo lá fora, aqui dentro,entre os  limites do nosso pequeno jardim, e no interior do meu coração, continuo mantendo  a fé e a esperança acesas… Fé em tempos de dias mais suaves e floridos para toda a humanidade… Esperança nos seres humanos… Mesmo apesar de todos os nossos erros e desenganos… Pois acredito que no Coração de Deus sempre há esperança por nós!

Por isso, a minha oração de hoje, para o novo ano, é de que haja mais paz nos corações dos homens,mulheres e crianças de todo o mundo.

Paz, amor,solidariedade e sabedoria… Ingredientes básicos para uma vida melhor, mais justa, mais digna e mais saudável para todos os seres que compartilham conosco dessa grande aventura que é a vida neste maravilhoso planeta… E que durante todo este ano novo, tenhamos muitas oportunidades de fazer o bem e de ser “luz” para todos os seres vivos ao nosso redor.

E que o nosso “jardim interior” seja cada vez mais florido, iluminado e repleto de genuíno e imenso amor!

DSCN5770

Que Deus abençoe e proteja à todos e que a paz habite sempre em cada solidário coração!!!

Para vocês, o meu grande e carinhoso abraço, e que possamos estar juntos durante todo o novo ano!!!

fr-flower-butterfly-teresamsg1