De volta ao jardim…

Um longo tempo se passou desde que estive por aqui…

E quantas saudades deste meu cantinho tão querido deste meu pequeno mundo virtual!

Mas neste ano, os dias têm sido muito corridinhos e a vida que chamamos de ” real” , tem me requisitado  para uma pequena pausa nas atividades virtuais.

Às voltas com obras de reforma em nossa casa desde janeiro,  e conciliando tantas outras atividades e aventuras domésticas, fiz o meu singelo blog adormecer por um tempo indeterminado…

Mas como nas estórias de contos de fada, ficou semeada a esperança de que algo o despertasse desse longo sono…

Até que um dia desses, recebi por aqui, uma mensagem de uma amiga virtual de longa data, a querida Mariluce Médice, me perguntando, preocupada, por onde eu andava…

E de repente, ao ler atentamente aquela carinhosa mensagem, algo enfim despertou a minha vontade de “acordar” o meu blog…

Então, sacudindo a poeira do tempo e mesmo com certo atraso, eis-me aqui novamente, navegando por essas admiráveis ondas virtuais, tentando ajustar a rota rumo à novas navegações…

Para começar essa nova etapa, resolvo dar notícias do nosso pequeno jardim.

Apesar de um pouco maltratado pelo transtorno causado pelas obras de reforma, ele ainda continua por aqui…

Sobrevivendo em meio à poeira do cimento, tijolos e madeira, ele continua nos fazendo sua gentil companhia.

Respirando , fazendo  fotossíntese e nos oferecendo o seu precioso aconchego verde…

A beleza das floradas dos vasinhos das “flores de maio” são nossas fiéis testemunhas disso…

Ou seja, o nosso querido jardinzinho continua bem vivo e nos oferecendo suas amadas flores…

Alheias às alterações do ar poeirado e do barulho das ferramentas, essas belas cactáceas resolveram nos presentear nesse ano com muitas lindas flores, que com certeza, trouxeram muita alegria aos olhos e à alma de quem as aprecia e as viu por aqui…

De certo que nem tudo são flores nestes dias agitados em que cimento, areia e brita se fazem presente por todos os lados.

E como é preciso estar atento às adversidades que toda obra de reforma nos traz…

Algumas plantas mais sensíveis andaram mais tristinhas e outras foram sem querer danificadas por pequenos acidentes…

Houve dias em que a poeira de cimento e de madeira, cobriram as folhas das plantas com uma camada desagradável de pó.

Em outros dias, o cheiro forte de verniz se espalhou pelo ar…

Também houve respingos de tintas e pequenos estragos em caules, folhas e flores.

Mas apesar de tantos transtornos inerentes ao nosso pequeno “canteiro de obras” doméstico, nada disso   impediu que o nosso querido jardinzinho continuasse transbordando de vida e nos consolando com suas flores.

E assim, cá está ele…

Abraçando a entrada de nossa casa e nos trazendo, diariamente,  sorrisos de contentamento, gotas de aconchego e uma dose diária de paz…

Ah, que o digam também  as miúdas margaridas que também têm aparecido por aqui!

Havia muito tempo que estavam adormecidas, mas com a chegada dos dias mais frios, parece que despertaram para a vida, se abrindo  em profusão, com graça e aquela especial delicadeza, que só as margaridas têm…

Já esse nosso “jardineiro” anãozinho de jardim, pelo jeito, anda até bem feliz…

Sem se importar com a agitação das obras, passa os dias ajudando no novo “berçário” improvisado de suculentas…(Rs…)

Daqui à algum tempo, essas plantinhas bebêzinhas vão estar em tamanho bem maior do que ele…(Rs…)

Devido ao movimento de pessoas e materiais, precisei transferir de lugar alguns vasos de plantas.

Um cantinho reservado, encostado ao muro vizinho, serve hoje de “oásis” para várias espécies que pedem mais cuidado.

Como essa bela bromélia, de folhas longas e espinhentas, que passa bem e ainda nos acena com suas belas “miniaturas” de abacaxis…

E é claro que as amigas borboletas continuam nos visitando, em vários tamanhos e cores,  trazendo colorido e leveza à todos os cantinhos desse nosso valente jardim…

Alguns do nossos “mini-jardins” também estão bem e continuam se desenvolvendo alegremente…

No “jardinzinho mexicano”, o homenzinho de sombrero também não se importa com as obras e não deixa de tirar a sua “siesta”… (Rs…)

Em cada vasinho de planta, sempre encontro uma mensagem que nos “fala” de alegria e acolhimento…

As belas azaléias continuam  nos encantando…

Enfeitando cada inverno com suas adoráveis e vistosas florações…

Então, mesmo nos dias mais frios e chuvosos, quando o céu fica pesado, zangado,  e pintado de nuvens grisalhas, no nosso pequenino jardim sempre encontro algum conforto e esperança em dias mais gentis pra todos…

E assim, transformo os meus pensamentos, e as gotinhas de chuva se tornam lindas gotinhas de cristais preciosos, que fazem brotar sorrisos em mim e nas fadas do nosso amado jardim…

E nas miudezas das alegrias cotidianas, procuro encontrar a força que precisamos pra continuar caminhando…

E assim, continuo acreditando que nos detalhes da natureza é que podemos encontrar a essência da vida…

Então, cuidando desse nosso mundinho natural que é o nosso valente jardim, vejo sempre a força da vida que transborda, se recria e supera os obstáculos que surgem pelo caminho.

E observando os tempos difíceis que vivemos hoje em nosso país, aprendo todos os dias com essa nossa admirável natureza…

Porque muito além de todos os transtornos, tristezas e injustiças humanas, os jardins de nossas existências sempre poderá sobreviver às intempéries da jornada, e com resiliência e coragem, encontrar lá adiante, um tempo de mais paz, compaixão e amor…

Minha alegria e gratidão de estar por aqui de novo…

Meu abraço carinhoso e beijos de paz das flores daqui pra todos!!!!

 

 

 

 

Anúncios

9 comentários em “De volta ao jardim…

  1. VIVA!!Que bom que Mariluce te acordou!! Assim ganhamos novamente tua presença nesse cantinho encantado. As reformas e pinturas acabam cm tudo ,até com nossa paciência. Apesar de tudo ,as plantas estão lindas, os guardiões dos canteiros resistiram…

    Belas fotos e, sem dúvoda, precisamos dessa beleza pra esquecer tanta coisa ruim que nos cerca nos noticiários nesse país…

    bjs, tudo de bom,chica

  2. Bom dia Teresa, 🌷

    Convite aceito, e não poderia ter vindo em melhor hora, para essa sua amiga “notívaga” rs., estou em seu cantinho mágico!

    É como se viesse passear num bosque, enquanto todos dormem, buscando aquela quietude que lhe passei no último post.

    Seu jardim lindo e cuidado com tanto amor, me servindo de refúgio! rs.
    Aqui tem tudo que preciso: Duendes, fadas, margaridas uma brisa leve e suave!
    Sons?!… Somente dos pássaros. ☺️

    Tudo que preciso agora tenho aqui!
    Aproveitei a visita, além de apreciar suas belas fotos, soube um pouquinho mais de uma pessoa, que para mim é bastante sensível. Sua escrita mais parece poemas. Tem muita ternura, eu desacerelo, respiro fundo e tento entrar na sua energia!.

    Amiga linda, acredito que nada é por acaso nesta nossa jornada.
    ELE tira, mas também põe pessoas especiais a sua volta que te façam bem, em momentos precisos. É tudo muito mágico por aqui, pois sem um toque consigo me sentir acolhida, abraçada por ti.

    Gostaria que tu se sentisse também num forte abraço, como um laço 🎀.
    Teresa, não sei explicar, e não preciso entender… Só sei que te quero bem! ❣️

  3. Oi minha querida e sumida amiga, bem vinda de volta à esse mundo virtual, que estava meio vazio sem seus textos poéticos e imagens lindas do seu jardim.
    Sei bem o que é uma reforma, já passei por isso e também dei uma sumida, o tempo todo envolvido com os trabalhos e aquela ‘bagunça’ que toda reforma gera, mas o bom é que depois a gente tem a sensação de casa nova, (risos)
    O seu jardim continua lindo, as flores de maio são um verdadeiro encanto, e todas as outras que fazem o colorido do seu cantinho verde.
    Adorei sua volta.
    Beijos.

  4. Oi Teresa bom dia! EU não sei o p mas perdi a vontade de postar no blogue, as coisas mudaram muito e a correria do dia a dia acaba nos afastando do mundo virtual. Sabe, eu sinto saudade da época do Blogue do Luar Encantado, o Blogue se foi mas a essência dele fica sempre aqui no meu coração. O meu jardim tambem anda um pouquinho esquecido, depois que o Tony disse que iremos mudar de casa pois ele vai vender a que estamos pra comprar outra perdi umnpouco a motivação, espero poder levar comigo a pitanga, acerola, hibiscos e muitas outras plantas que ando comprando já a um ano! So de pensar em deixar todas elas que ando cuidando com muito carinho e trabalho duro já tá me deixando triste, enfim é a vida! Um abraço e uma ótima semana!

  5. Querida Teresa, bem-vinda de volta! Vez ou outra o mundo real nos captura de um jeito que não conseguimos conciliar nossas atividades no universo virtual, como gostaríamos.

    Amiga, seu jardim é inspirador. Lindo o carinho como as plantas e flores e detalhes se harmonizam. Muito bonitas as fotos. Gostei muito de vir aqui fazer essa visita e me encantar com suas palavras e novidades. Seu post me fez muito bem. ♥

    Um beijo carinhoso. Ótimo final de semana!

  6. Olá Teresa!
    É tão bom passear com você pelo seu jardim mágico, adoro ver as lindas flores que cultivas, vou confessar amo margaridas e orquideas mais do que as outras…rsrs. Suas fotos nos dão a sensação de magia e muita harmonia.
    Seu retorno foi em alto e florido estilo. Bem vinda ao mundo bloguistico!

    Muita Luz e Paz
    Abraços

  7. Olá Teresa,

    Quantas belezas neste seu jardim mágico!
    Não importa o tempo ou a estação, sempre há algo belo para encantar nosso olhar.
    Que bênção estar cercada por um lugar assim.
    Agradeço por compartilhar um pouquinho conosco.
    Bjs

  8. Pois eu continuo sem tempo para escrever no meu blog…A vida está tão cheia – que bom, não é amiga ? – que o Tempo, esse mago misterioso, anda fugindo de mim! Sinto saudades do tempo em que só tinha o blog – um blog – para escrever…
    Hoje, tenho muito mais lugares para colocar meus recados, e em especial o blog e o face do Caminho do Artesanato…
    Bom saber que você conseguiu retornar! E eu continuarei tentando…
    Beijos primaveris.

  9. Olá

    Hoje ao Acordar li seu texto e matei a saudade dos blogs, coisa que eu não fazia a muito tempo, me perdi no decorrer do tempo e percebi o prazer de ler novemente blogs amigos como o seu.Estou me achndo novamente em curtir estes momentos que foi o que me impulsionou a fazer um blog pra mim.Eu amo a leitura de blogs e o seu é um da lista, gosto muito .Não me deixe desamparada sem ter suas linhas para ler.Beijão daqui do meu jardim.

Deixe aqui o teu comentário... Vou adorar! E muito obrigada pela tua gentil companhia!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: