Passeio de borboleta

O mês de junho chegou discreto e suave aqui no Rio, trazendo consigo manhãs frescas e enevoadas, com dias ensolarados e de temperaturas mais altas.

Porém, quem de nós poderia reconhecer que já estamos  em junho, andando pelas ruas quentes desse nosso finalzinho de outono carioca?  As pessoas passam por nós de sandálias, chinelos e camisetas, como se o verão estivesse nos esperando bem ali na esquina… E aquela brisa muito morna nos nossos rostos nos faz até sussurrar:  Onde estaria escondido o frio de junho?

Mas a natureza tem seus caminhos, que seguem ao sabor das idas e vindas das estações.  E sabe-se bem que junho é mês da entrada do nosso inverno, e sinal de um certo friozinho à vista, que costuma vir acompanhado de dias radiantes e noites frias com céus docemente estrelados.

E como as plantas, por sua vez, respondem prontamente aos estímulos desse  meio ambiente , ficamos aqui meio ansiosos, à espera da manifestação da natureza diante deste calorzinho tão fora de época!

Enquanto isso, no nosso quintal, a chegada de junho representa sempre o início de algumas  belas florações…  Os nossos bouganvilies logo ficam mais floridos e coloridos, pequenas plantas aparecem com muitos botões, e até mesmo as nossas “flores de maio” (contrariando o nome de batismo) adoram mostrar suas flores exóticas por esses dias!  Mas neste caso, a  “estrela”  do momento do nosso  quintal é mesmo um  belo arbusto que fica na parte lateral, meio escondido atrás de uma palmeira, conhecido como  “bico-de-papagaio”.  Esta planta de floração extraordinária e genuína , que nesse finalzinho de maio já estava repleto de lindas “flores” vermelhas, faz o seu espetáculo à parte…

Mas para o observador leigo ou mais distraído, esclareço que na realidade, as chamadas “flores vermelhas” são apenas folhas modificadas, chamadas pela Ciência de “brácteas”.  E as flores mesmo são aquelas pequeninas estruturas arredondadas e amarelas que estão lá no centro da florescência… Peculiaridades e delicadezas do mundo natural!

No entanto, o mais interessante que eu acho nestas adoráveis “flores”, além da beleza e de seu apelo tão lindamente decorativo, reside no fato de que elas são deliciosos “chamarizes” para uma variedade incrível de insetos, que ao longo do dia podem ser visto “passeando” e aproveitando o seu precioso néctar, como se estivessem numa festa silenciosa em meio à suas delicadas florzinhas… Cenas pra mim de puro deleite e alegria!

 Neste “passeio” dos insetos ( deixando de lado as variedades de pequenas abelhas nativas) as borboletas, sem dúvida, são aquelas que nos chamam mais a atenção…  Belas, suaves e coloridas, são elas que mais  nos encantam e  trazem  alegria aos nossos olhos humanos,com seus vôos delicados e gentis “passeios” por entre tantas florzinhas!

 Sendo assim, imaginem vocês o meu encantamento, ao acompanhar com a máquina fotográfica, o bailado e charmoso passeio dessa pequena borboleta azul…  Ela ficou bastante tempo voando de flor em flor, visitando e sugando o delicioso néctar, parecendo nem se incomodar com a proximidade da minha presença. Algumas vezes, ficava quase um minuto parada, parecendo que simplesmente repousava no aconchego das flores… Parecia até estar cochilando… Mas será que borboleta tem lá os seus sonhos?  (Rs…)

Fiquei impressionada com a beleza dessa criaturinha, que com sua coloração muito azul, resplandecia no meio da planta. E passei agradáveis minutos observando os seus doces movimentos, desde a  delicada “tromba”  sendo introduzida em cada florzinha, até o bater manso de suas frágeis asas… E vocês conseguem reparar nos olhinhos esverdeados desta borboletinha?  Tão lindinhos e encantadores!

Mas enquanto eu tentava acompanhar esse “passeio” de borboleta, muitas abelhinhas apareciam também nas outras flores ao redor, e tudo parecia mesmo uma grande reunião das famílias dos insetos!  (Rs…)

 Sem dúvida, as flores do “bico de papagaio” são mesmo apreciadas por uma variedade grande destes insetos. Mas vale lembrar que  apesar destas plantas não serem nativas do Brasil  ( elas são de origem mexicana) , esses vegetais encontraram aqui ótimos ambientes para se desenvolver.  Podem ser encontradas em muitos estados brasileiros, embora gostem mesmo de lugares mais altos e de clima mais ameno… Razão pela qual  florescem mais próximo ao inverno.

Seja como for, é sempre um precioso presente pra mim,poder presenciar estes pequenos detalhes do nosso cotidiano, em que belas flores de junho   e admiráveis borboletas cor de sonho, podem alegrar o nosso dia, adocicar a nossa rotina e iluminar ainda mais o nosso caminho…  Basta abrir bem os olhos da alma para ver!

Então, desejo e espero de coração,  queridas amigas e amigos,  que vocês tenham um lindo mês de junho, e que  possam também  sempre  se alegrar e se encantar com a incrível beleza da nossa natureza!

Meu  abraço  carinhoso  no  coração  de todos!!!!!

                               Teresa

Anúncios

13 comentários em “Passeio de borboleta

  1. Oi, amiga!
    Sempre lindo o que dizes… sempre emocionante o que escreves!
    As imagens, então!?… Um complemento perfeito!

    “Porém, quem de nós poderia reconhecer que já estamos em junho, andando pelas ruas quentes desse nosso finalzinho de outono carioca? As pessoas passam por nós de sandálias, chinelos e camisetas, como se o verão estivesse nos esperando bem ali na esquina… E aquela brisa muito morna nos nossos rostos nos faz até sussurrar: Onde estaria escondido o frio de junho? ”

    Beijo no coração

  2. Que maravilha de post,Maria Tereza!! Lindas fotos e conseguiste mostra muito bem… Adorei!! Sempre saio bem daqui!! beijos,chica

  3. Oi Teresa! Eu não sabia que essas flores, digo, folhas, atraíam borboletas! Bem, aqui em casa não apreciamos essa planta, fazer o quê? Mas as fotos estão belíssimas! Bjs!

  4. Minha querida Tereza,já sei onde esta o frio de Junho ele esta aqui kkkk ,pois por aqui o tempo esta com chuvas e muito frio,eu também adoro esta flor ,tenho vários arbustos espalhados no jardim também estão floridos e lindos ,mas ficarão assim até a primeira geada ai morrem ,e no ano que vem voltam da raiz novamente, as suas estão lindas,obrigada minha querida pela visita vc é muito gentil,uma pessoa encantadora beijos e tudo de bom pra vc e sua familia que Deus a abençoe

  5. Muito linda essa borboletinha azul !
    E o “bico-de-papagaio” é mesmo a estrela do início do Inverno aqui na minha terra também ! Tenho muitas árvores e elas ficam cheias de borboletas, mas a que mais vejo aqui é a famosa Monarca, de cor alaranjada.

    E que venha o Inverno com suas belezas !

    Beijo

  6. Obrigada Teresa, por cá este mês de Junho, às portas do Verão, é o frio que intercala com algum calor e são as cerejas coradas que se mostram por entre a folhagem que chamam a nossa atenção.
    Relativamente às flores de papagaio são uma espécie que conheço bem, elas enfeitavam num passado bem recente a nossa sacada típica, mas hoje poucas se vêem, valeu só por isso passar por aqui para admirar e sentir o bailado da borboleta. Parabéns a você por captar instantâneos com tão lindíssimos pormenores e por os partilhar connosco.

    Um abraço de amizade e um excelente fim de semana para si e todos os seus.

  7. Que fotos lindas! Sempre quis fotografar borboletas, mas elas se vão antes que eu aperte o clique da máquina. Aqui em BH, no Parque das Mangabeiras, para quem se dispõe a se embrenhar pela mata nas margens do córrego que passa por lá, há uma infinidade delas, de cores a perder de vista.
    E que belas palavras você usa para homenagear junho! Obrigada pelo belo post.

  8. Oi Teresa boa noite! sempre nos “bombardeando” de lindas flores! 🙂 é sempre bom vir aqui e apreciar suas imagens! essa “flor” vermelha do seu post de hoje lembra aquelas flores de natal, acho que são elas mesmo né! As acho lindas, e o contraste desta borboleta azul com a “flor” ficou muito bonito 🙂

    abraços!

    ps: por isso que eu falo que o sul do Brasil nem parece Brasil, a Patty não gosta que eu fale isso, axo que ela ate fico nervosa com esse meu comentario rs, mais ela que me desculpa rsrs mais o sul parece mesmo “outro pais” ainda mais pra mim que só conheço minas e espirito santo! as fotos do sul são de outro mundo kkkk clima muito diferente na nossa realidade de sudeste! e é exatamente assim que vc falou, como eu fico ate um mês em vitoria geralmente umas 2 vezes por ano eu conheço bem esse clima litoraneo que vc descreveu hj, é assim mesmo, em pleno inverno e tamo “nois” indo pra praia e andando pela rua de chinelo e bermuda rs, “tirando os dias de vento sul” *.* que faz uma friiiiioooo com aquela garoinha de leve! acho lindo, essa a forma que conhecemos o frio! brrrrrrrrr : )

  9. É tão bom receber essas visitas inesperadas e belas, não? Essa borbole é lindíssima!
    Meu jardim é micro, mas também atrai alguns animaizinhos e sempre fico encantada com eles…bjosss

  10. Amiga, viajei nas asas dessa linda borboleta azul…foi um passeio incrível! Você me fez sonhar e voar entre essas belas flores, com seus belos textos e essas lindas imagens. Obrigada pelo passeio maravilhoso!
    bjus!
    yves

  11. Olá, Teresa! Fiquei enternecida com suas belas fotos, só muita paciência pra esperar a pose da borboleta e dá o clik pra nos proporcionar tanta beleza natural… seu jardim é pura magia!!! Sábado vivi momentos encantadores com as borboletas lá do sítio, estava uma manhã ensolarada e o que tinha de pássaros e borboletas era impressionante, pena que sou esquecidaaaa rsrsrs ando com ferramentas de jardim nos bolsos, tipo tesouras etc… mas, o resto é esquecido mesmo hahahaha, o pessoal diz que vivo no mundo da lua. Visitei minha vizinha, e os bico de papagaio dela, estavam lindos iguais aos seus, fiquei “boba” pois lá é muito quente, os que eu trouxe de Teresópolis morreram… ela me disse que tem que plantar atrás de arbustos protegidos do sol e calor intenso, vamos ver se vai dar certo!
    Beijos.

  12. Querida Teresa,
    que post lindo, suas fotos ficaram ótimas. Minha mãe ama “bicos de papagaio” e vou gostar de contar a ela no café da manhã que as flores vermelhas são na verdade folhas modificadas… “brácteas”, não é?… e que as flores mesmo são as amarelinhas do centro… Amei aprender!
    Bjo&Carinho,
    Jussara

Deixe aqui o teu comentário... Vou adorar! E muito obrigada pela tua gentil companhia!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: