O mundo maravilhoso de Beatrix Potter

DSCN0913

Domingo chuvoso,de doce aconchego e suave preguiça pelo ar.  Águas de março caindo com força por toda a nossa cidade…

Quando a tarde chega, me pego folheando alguns livros infantis da estante… Livros antigos, muito usados, que contam estórias lindas de encantadores personagens, como cavalinhos azuis, passarinhos cor de sonho e coelhos levados…Então lembro da proximidade da Páscoa, dos ovos de chocolate e dos coelhos mágicos, que juntos trazem tanto encanto à esta celebração tão especial .

Vou à cozinha e juntando alguns ingredientes, um pouco de inspiração e vontade, saio de lá mais tarde, com um bolo de cenoura de cor dourada e aroma fabuloso e adocicado… Todos os meninos da casa adoram…E eu  mesma e todos os coelhos do mundo também! (Rs…)

Faço uma graça com um cortador de biscoitos, e de algumas fatias do bolo recém assado, surgem pequenas “estrelas” com cobertura de chocolate… Que melhor delícia para ilustrar a aproximação da Páscoa e de seus coelhos adoráveis?

DSCN0885

De um dos livros da nossa estante, vem uma pequena estória de uma autora que tanto gosto: “A estória de Pedro, o coelho” de Beatrix Potter… O livrinho gracioso,em inglês,na língua natal da autora, é um dos meus “tesouros prediletos”…   Sim, também sou uma grande admiradora dos queridos contos clássicos infantis! (Rs…)

Logo no início do querido livrinho, a “Senhora Coelho” avisa aos seus quatro filhotes: “Vocês podem passear pelo bosque,mas não entrem no jardim do Senhor Mcgregor… Seu pai teve um acidente por lá e acabou dentro de uma torta…” (Pobre destino para um coelho…Sempre penso em voz alta!)

Então, a Senhora Coelho pegou sua cesta e seu guarda-chuva e entrou na floresta para ir ao padeiro… Os coelhinhos “Flopsy,Mopsy e Cotton Tail” eram obedientes e comportados, e foram logo ficando por ali pertinho, colhendo frutinhas… Mas Pedro (Peter) era muito levado e arteiro, e correu direto para o jardim do Senhor Macgregor,passando espremido pela parte de baixo do portão…”

DSCN0895

Daí imaginamos logo a pequena confusão em que se mete este coelhinho travesso,que atraído pelos lindos legumes e deliciosas  verduras da horta, não imagina o perigo de enfrentar um zangado Senhor Macgregor…(Rs…)

DSCN0897

Mas o mais curioso de tudo isso é que todos estes fofos e graciosos personagens nasceram à muito tempo atrás, frutos da grande imaginação e do talento genial de uma inglesa nascida em 1866 : Helen Beatrix Potter, que foi uma encantadora ilustradora, terna escritora e uma ativa conservacionista, em um tempo onde poucas mulheres se destacavam, e deixou um grande legado para todos as novas gerações, com seu trabalho atemporal e que até hoje conquista os corações de crianças e adultos ao redor do mundo.

beatrix-potter-fichas-autores-L-wWznn5

Beatrix sempre foi uma uma menina muito tímida e solitária, criada por babás e governantas. Ela e seu irmão menor quase nem viam os pais,que pertencendo à aristocracia londrina, passavam grande parte de seu tempo com seus compromissos sociais. E como naquela época era comum as crianças receberem educação escolar em casa, Beatrix e seu irmãozinho aproveitavam para brincar com muitos animais que eles próprios traziam muitas vezes pra casa, como cães,gatos,pássaros, sapos,lagartos,insetos e adivinhem… Coelhos! (Rs…)

A família costumava passar os verões no campo, onde Beatrix teve a oportunidade de aprender ainda mais sobre muitas plantas e animais…Ela simplesmente amava aqueles meses em contato com a natureza!

DSCN0906

Mas apesar dos seus pais a incentivarem ao estudo das artes em geral, eles nunca gostaram das idéias mais “avançadas” da filha, que sonhava em um dia poder publicar seus livrinhos para crianças, que eram pequenas estórias totalmente escritas e ilustradas por ela mesma… Uma novidade naquela época!

E foi somente em 1902 que ela conseguiu realizar seu sonho,publicando seu primeiro livro, “The Tale of Peter Rabitt” ( “A estória de Pedro,o Coelho”)que foi um verdadeiro sucesso na época…

capa_pedrocoelho_refls  Este primeiro livrinho foi publicado pela editora  “Frederick Warne e Co” , com a ajuda de Norman Warner, o irmão mais novo dos donos da editora,que ficou encantado com o talento tão especial de Beatrix, e foi um de seus maiores incentivadores… Era mesmo incrível como os seus personagens ganhavam vida e brilho, em estórias protagonizadas por coelhos,ratos,patos, sapos e tantos outros animais… Desta parceria, um amor bonito nasceria entre eles, embora este relacionamento  não fosse bem visto pelos olhos preconceituosos e narizes empinados dos pais de Beatrix. E infelizmente, quando combinavam o noivado e tudo parecia caminhar para um “happy end”, Norman adoeceu e faleceu em 1905…Uma perda muito difícil para a ilustradora-escritora!

DSCN0930

Depois desta grande tristeza, Beatrix procurou se dedicar ainda mais ao trabalho, criando muitas outras estórias que se converteriam em livrinhos adoráveis e que faziam sempre grande sucesso, o que logo lhe rendeu uma relevante independência financeira.

E foi com o dinheiro  da venda de seus livros, que ela comprou sua primeira fazenda no interior da Inglaterra, em “Lake District”, um dos belíssimos lugares onde ela havia passado muitos dos seus verões. Beatrix era apaixonada por aquele genuíno cenário rural ao longo de lindos lagos de águas escuras…

Com o passar do tempo, Beatrix foi morar lá, num belo cottage com um gracioso jardim, onde se inspiraria nos arredores para a criação de seus próximos  livros.

Mas como desde seus 16 anos, ela se preocupava muito pela conservação daquele lugar de beleza tão pitoresca, Beatrix começou a comprar mais propriedades, no intuito de conservar a cultura rural e sua linda paisagem. Lá, ela reencontrou um amigo de infância, William Heelis, que na época a ajudou na compra das primeiras fazendas. Então,depois de tantos anos de vida solitária, ela encontraria nele um companheiro ideal, que compartilharia a vida toda de suas idéias… Então, eles se casaram em Londres, em 1913, quando ela já estava com 47 anos,mas ainda com muita esperança de ser feliz!

DSCN0901

Beatrix  e seu marido viveram muitos anos felizes juntos, na terra que tanto amavam. Foi uma grande defensora da natureza e da comunidade local,impedindo que muitas áreas ao redor fossem perdidas para a especulação imobiliária e usadas para construção de indústrias que comprometiam o meio ambiente. E ao  longo de sua vida, publicou ao todo 28 livros encantadores!

Quando ela se foi, em 1943,  deixou de herança, além de seus livros , quinze fazendas,que hoje fazem parte da uma fundação chamada “National Trust”,que preserva lugares de interesse histórico e beleza natural na Inglaterra.

A casa onde ela morava, por pedido dela, está até hoje preservada do mesmo jeitínho como ela e o marido deixaram… Um pedacinho vivo de toda esta bela estória, que inclusive já foi levada ao cinema em 2006, no filme “Miss Potter” com Renée Zellweger no papel de Beatrix.

imagesCA8YNRPPAtualmente, o livro “A estória de Pedro,o Coelho” (“The Tale of Peter Rabbit”)  é um dos livros infantis mais vendidos no mundo e traduzido em várias línguas. No Brasil, este livro só foi publicado no seu formato original em 2009. E até hoje, muitos brasileiros ainda desconhecem a obra delicada e repleta da boa fantasia universal que existe em cada estória de Beatrix, onde os seus personagens e as suas pequenas e ternas estórias, sempre encantam o coração de gente de todas as idades…E afinal, quem não guarda lá no fundo da alma a sua lembrança de fantasia de criança?

E para ilustrar a fascinante estória desta querida artista, trouxe aqui um trecho de uma série da BBC que conta algumas de suas estórias mais conhecidas…Vale à pena assistir e se encantar com o lindo cenário do interior da Inglaterra,suas flores e animais, que tanto inspirou a talentosa e inesquecível Beatrix Potter:

Um carinhoso e doce abraço do meu coração de criança pra vocês!!!!!!!!

FR Flower Butterfly teresa

Anúncios

10 comentários em “O mundo maravilhoso de Beatrix Potter

  1. OI Teresa boa noite, a que lindo sua retratação da Beatrix! Pois é muitos não conhecem estes livros mágicos e encantados… A internet hj em dia facilita a cultura, coisa que acho muito bom, não tive muito incentivo a leitura quando criança, acabei me apegando mais ao cinema!

    Dia desse como comentei com vc achei esta historinha deste travesso coelhinho no youtube!

    abraços chuvosos daqui de vitória também! aq deve ta igual ai no rio, eu amo chuva e o clima frio de quando chove, o problema é que aqui na grande vitória quando chove alaga tudo!!!!!!!!!!!!!!!!!!!! coisa que nunca acontece ou quase não acontece na minha cidade…

  2. Oi, Teresa! Também fiquei encantado com a riqueza de detalhes do seu artigo. Eu adoro a história de Beatrix Potter, assisti o filme e amei. Admiro a coragem e a independência desta mulher que venceu preconceitos e construiu um império cultural. Foi ótimo conhecer mais sobre ela sob a narrativa envolvente da sua postagem. Muito obrigado!

    Por coincidência, fiz um bolo de cenoura com cobertura de chocolate há algumas semanas. Diferentemente do seu, que está lindo e apetitoso, o meu ficou horrível! O pouco que cresceu, murchou. Como consolação, o gosto não ficou tão terrível quanto a aparência. Amei o seu bolo em forma de estrela, que encanto.

    Um grande abraço e tudo de bom!

  3. Oi Teresa,
    Não conhecia a história Beatrix Potter amiga, fiquei encantada! E curiosa, para ler o livro, achei as ilustrações fofíssimas, e ver o filme também.
    Amei ler o seu post!
    Tenha uma tarde encantada!
    bjus!

  4. Oi Teresa, que historia linda de uma valente mulher, acima do seu tempo, conquistando suas aspirações mesmo com muita persistência, e por fim foi conquistando tudo, uma vitoriosa, adorei conhecer sua história, e suas fotos ilustrando o texto, uma atração à parte, fiquei com água na boca, rsrs adoro bolo de cenoura.
    Uma boa tarde,
    Beijinhos!!!!

  5. Ah…tbm tenho coração de criança!!! Muito fofo seu post…..meigo por inteiro!
    Deu fominha e tbm ter um cortador desses…rsrsrsr…ah e ler tbm! Não conhecia não…rsrs
    Bj bonita

  6. Simplesmente lindo e mágico teu post com Beatrix, coelhinhos, tudo mais! Lindo te ler! SEMPRE! beijos,chica

  7. Amiga, quero esse livro de natalversário 🙂
    O seu bolo de cenoura me deixou com fome. Estou sozinha em casa, então hj não tem comida !
    Eu sou um desastre mesmo. Esse post é um dos mais belos que vc já fez. Os coelhinhos, o livro, o bolo (ai que fome)… e tem série, é? Vou procurar. Bjs.

  8. Ahhhhhh Teresa!!!!!Estou aqui quase ouvindo vc me contar a estorinha de Pedro enquanto quase sinto o gosto de seu bolo de cenoura, pena que é “quase”. Concordo com a Patty, post lindíssimo. Eu adorei conhecê-la através de vc e agora quero assistir ao filme, vou procurar. Obrigada por compartilhar tanta beleza e informação. Adorei essa gracinha de bolo em formato de estrelinha, que cute. Um beijo grande em seu coração.

  9. Oi Teresa, amei o seu post! Eu adorei o filme Miss Potter e desde então fiquei apaixonada pelas ilustrações dos livros, os coelhinhos são lindos! Nuna li os livros, mas vou me colocar como meta rsrs E simplesmente AMEI seu bolo em formato de estrela: me deu uma fominha!!!! Um abraço!

Deixe aqui o teu comentário... Vou adorar! E muito obrigada pela tua gentil companhia!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: