Outono no Rio

E o outono, enfim, chegou no Rio de Janeiro, tingindo o céu azul de cinza, e trazendo alguma chuva pelo seu  caminho.  Mas acho que a maioria dos cariocas não está reclamando não…  Ao contrário daquela música, que diz que “carioca não gosta de dias nublados”,  o forte calor da semana anterior, nos fez desejar um pouquinho de céu fechado, e uma fresca chuvinha, que trouxesse algum refresco para estes dias de sol e calor intenso.  Sendo assim, a água que andou desabando das nuvens zangadas e pesadas, foi vista como um santo remédio contra a aridez desses dias passados.

         Aproveitamos uma tarde mais fresca e unimos o útil e o agradável, ou seja, depois de  um compromisso no bairro da Barra da Tijuca, que fica na zona oeste onde moramos, paramos para apreciar a linda paisagem que se descortinava ao nosso redor:  Montanhas ,  lagoas costeiras e  floresta…   Tudo junto, nos encantando os olhos e a razão, com a  deslumbrante beleza de nossa cidade! 

 E bastou sentarmos à beira do canal, para esquecermos um pouquinho da pressa do mundo, enquanto a calma desse encantado lugar enchia o nosso coração de esperança… Esse era,com certeza, um dos recantos doces, suaves e poéticos dessa cidade imensa e repleta de contradições e problemas humanos.

                E ali, em meio ao verde da mata e das águas salobras, próximo às  montanhas,  o tempo parecia passar diferente,  esquecido da agitação e correria do cotidiano…  Muitos pássaros voavam,  barcos passavam e as pessoas  pareciam viver imersas num mundo diferente, com uma sensação deliciosa de paz pairando no ar… 

  Parecendo alheio à exuberante paisagem, um rapaz remava ao longe, beirando o manguezal…  Talvez fosse um pescador, um curioso, ou apenas um dos moradores daquele pacífico recanto.  Enquanto isso, peixes pulavam de vez em quando na lagoa, fazendo a superfície tranquila das águas estremecer, e pássaros mergulhões pousavam rapidamente próximos às margens…  Era a vida pulsando delicadamente por todo aquele  lugar!

Do outro lado da lagoa, várias garças brancas passeavam discretamente, com seus movimentos elegantes e graciosos…  Sem dúvida, à espreita de algum crustáceo saboroso ou de um “peixinho aperitivo”, para saciar a fome da tarde…  (Rs…)  São aves tão lindas e de  gestos tão altivos e delicados, que parecem sempre, pra mim, que são todas elas “top models” da fauna local! 

 Barcos  pintados de diversas cores cruzam todo o tempo o canal, levando gente e toda sorte de coisas , para a ilha próxima, chamada de “Gigoia”,que se tornou uma espécie de refúgio para os amantes da tranquilidade. 

  Pelas encostas verdes ,  podemos também ver muitas casas e até edifícios…  Uma lembrança de que ainda estamos numa cidade grande…  Mas vistas assim de longe,parecem formar uma cidadela mágica…  Ou será uma romântica miragem dos meus olhos ?  

 Mas ao mesmo tempo, é a visão  do mangue, com suas árvores de raízes aéreas e corajosas, que nos fazem lembrar que a natureza ainda resiste naquele lugar, imprimindo suas leis e vontades…  Pelo menos até que os seres humanos assim  a conservem…  Mas quem saberá o destino dessa paisagem maravilhosa ? 

  Sentados em um pequeno restaurante, à beira do canal, vemos a tarde  cair com seus ares de outono, preguiçosa e serena… Tomamos um suco e tentamos ainda desfrutar da luz que doura o final da tarde , imprimindo paz e suavidade ao nosso redor…  E então, naquele singelo dia de outono, no nosso Rio, lembramos da preciosidade da vida e do” ir e vir” das estações do ano…  Calor,sol,chuva e frio…  Num ciclo incansável da natureza, de um planeta azul que viaja pelo espaço em meio às estrelas… Pura e silenciosa sutileza, que  encanta os nossos corações, renovando as nossas forças e os nossos sonhos!

              Um  maravilhoso outono para todos nós!!!!

                                 Teresa

Anúncios

17 comentários em “Outono no Rio

  1. Teresa,

    Lindas fotos que me fizeram matar a saudade da Barra da Tijuca. Lembro-me que gostava de atravessar a lagoa de balsa pra caminhar na praia.
    Mas acho que naquela época, apesar de amar a natureza, meu tempo era tão corrido, e minha vida profissional tão estressante, que eu não curtia essas belezas como nos dias de hoje.

    Obrigada por postar essas fotos que me fizeram viajar no tempo e nas lindas paisagens.

    Beijos

  2. Teresa, eu amo o outono!..Acho um período de clima ameno que me dá muita disposição em passear e fazer artes, ao contrário do verão que só me dá vontade de ficar à beira de uma piscina ou na praia…rsrs
    Amei as fotos do mangue, sempre que passo por lá me encanto com essas paisagens que vc retratou tão bem com palavras e imagens…
    Um ótimo domingo prá vc. bjosss

  3. Lindo céu dessa forma..aliás todas eu acho belo.
    Estou no Recreio e aqui é como se fosse verão ainda. O sol brilha, mas amo essas nuvens e céu com carinha de frio…Obrigada por dividir. Ótimo domingo e maravilhosa semana pra vc. Bj

  4. O outono é lindo e a sua cidade, realmente maravilhosa! ainda mais descrita com todo esse carinho…parabéns mais uma vez Teresa, por nos presentear com esse belo post.
    bjus! e um ótimo domingo!
    yves

  5. Suas fotos estão maravilhosas Teresa.Amei tudo que vi, eu não conheço o Rio de Janeiro, embora tenha uma tia que mora em Sâo João do Meriti, nem sei se é assim que se pronúncia e se escreve. Desculpa, mas dessa vez me enrolei na escrita heheheheh. Muitos não gostam do outono, preferem o verão,mas eu em particular prefiro o céu um pouquinho cinza como você descreveu, sou gordinha kkkkk e sofro demais com o calor do verão. Aqui onde moro o verão é muito abafado, lá na chácara é quente, mas a brisa que vem da serra refresca e o calor é gostoso sem esquentar muito.Agora minha amiga o inverno lá é intenso,é frio pra valer. Amei as garças e realmente como você descreveu elas são muito delicada,toda charmosa.As vezes lá na chácara aparecem perto do lago, fotografei mas as fotos ficaram bem longe,não quis me aproximar para elas não fugirem. Estou me adaptando ao blog, logo postarei mais algumas fotos que tirei. Teresa, estou me sentindo solitária no blog, tenho dois amigos antigos,o Riceti e o Lima, amigos do Orkut que passaram a me visitar diariamente, e mais duas amigas, Ondina e a Fran que de vez em quando aparecem. Eu gostaria de procurar mais pessoas que pudesse fazer amizade como fiz com você. Cheguei aqui sem querer, passeando pela net e me encantei, pensei vou fazer um comentário, quem sabe ganho uma amiga e você carinhosamente correspondeu ao meu pedido. tentei algumas pessoas do blogspot mas eu não consigo deixar comentário no blogspot, dá erro,já tentei de todas as formas que achei que deveria ser,mas não deu certo. Não sei se conseguirei mais alguém, você poderia me explicar como funciona, como posso estar em contato com mais pessoas.
    Obrigada pelo seu carinho, um ótimo finalzinho de domingo para você e uma tranquila e feliz segunda-feira. Beijos!

  6. Oi amiga querida
    Voce sempre nos trazendo imagens maravilhosas, que nos encanta e alegra o nosso viver…tambem gosto muito desta estação, o outono chegou por aqui trazendo um frescor adorável, as noites já estão meio friozinhas, bom para um chazinho, um cafezinho à beira do fogão à lenha…
    Obrigada por esta postagem tão linda
    bjs
    Tina (MEU CANTINHO NA ROÇA)

  7. Imagens lindíssimas Teresa, de inspirar o coração 🙂
    Beijinhoss e ótima semana.

  8. OI Teresa, teu blog já encanta pelo título. Assim que vi tua chamada lá nos Telhados Azuis, vim correndo conhecer. No que fiz muito bem, pq este blog é um descansar sob flores de laranjeiras.
    É amiga (nova), o outono chegou e com ele as bocas de ventanias que sopram fortes e achuva aproveita para dançar. Eu amo o outono!

    Aqui no sul também tá super frio. A temperatura baixou rápido: de 32 para 15 no fim do dia. Não há saúde que aguente, né? Mas vamos levando a vida, porque esar vivo sempre é um presente.

    grande bejo pra ti e prazer em conhecer a ti e tua sensibilidade.
    Assim que puder, venha me visitar, deixarei a porta encostada, só empurrar e ir pra copa que tem biscoito de canela e um bom café coado na hora. rs
    beijos pra ti, moça!
    🙂

  9. Oi Tereza!
    nunca vi o Rio asim como tu desscreveu e mostrou…adorei!
    tenho uma cunhada e uma amiga que moram em Jacarépagua
    por 10 anos seguidos passamos uma semana por ano nesse lugar que eu adoro
    só não gosto do calor que faz aí
    ano passado não fomos, por causa da minha neuropátia
    mas agora já estou bem e medicada, quem sabe esse ano vamos de novo!

    adorei suas imagens!
    bom outono!
    abraços

  10. Teresa, pode até ser uma “romântica miragem” dos seus olhos, mas que eu gostei demais da ideia de as casas na encosta lembrarem, à distância, uma “cidadela mágica”… ah… isso gostei mesmo! rs. Sem falar que o outono é minha estação preferida! 😉
    Obrigada, querida, por se emocionar comigo, ao ler meu último post, por compartilhar sua experiência e por contar que agora faz o trajeto com seu filho… Se o ideal seria nunca perdermos o primeiro olhar para as coisas, ou pelo menos reaprender a olhar, nesse processo a companhia do filhote é mega ultra importante!
    Abraço!

  11. Oi amiguinha nova, tjudo bem?
    Passando pra te desejar um lindo e feliz fim de semana.
    Depois passa lá Artes e veja os looks femininos de outono. Estão de arrasar kkkkk, escolha o seu.

    bjkas, fofa!

  12. Bom dia Teresa! o outono daqui tambem chegou trazendo chuva, já tem quase duas semanas que da um solzinho mais sempre fica fresco e meio nublado com chuva anoite, o outono é a estaçao mais charmosa que eu acho! E eu gosto muito da epoca de outono inverno pois geralmente o clima fica fresco e agradavel!

  13. Aiaiaiai…imagino a paz.
    Nossa, que fonte mais linda!
    Meu sonho de consumo para o jardim, sem contar o barulhinho bom.
    Outono é melancólico mas trás paz.
    Lindas imagens.
    Bjs, minha querida.

  14. Teresa, eu adoro as garças, gosto de vê-las caminharem. Para mim, a delicadeza com que andam lembram bailarinas. Eu não tinha conseguido ler esse post, está muito lindo.
    O mês de março para os gaúchos geralmente não é chuvoso, pelo contrário, ele é o melhor mês para a praia.
    Enchi os blogs de fotos! Bjs.

  15. Só hoje cheguei até aqui, após os dias muito ocupados com o artesanato para a exposição que começou ontem ! Agora o trabalho são os plantões…

    Como v. diz, parece até mentira que ainda existam lugares encantados, de muita paz, numa grande cidade ! Mas eles existem sim, e aqueles que os conhecem, ou vivem neles, usufruim desse maravilhoso clima de serenidade e beleza, pertinho da Natureza !

    As fotos estão lindas !

    BEIJO

Deixe aqui o teu comentário... Vou adorar! E muito obrigada pela tua gentil companhia!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: