Eu e minhas orquídeas

            A minha estória com as orquídeas já é antiga. Mesmo antes de tentar cultivá-las em nossa casa, sempre as admirava e as achava maravilhosas. Mas como em todas as estórias de longa data, houve sempre momentos de imensa alegria, e também momentos de tristeza e desânimo… Coisas da vida, coisas de orquídeas ! 

            E nesse longo caminho de acertos e desacertos, sempre fica uma esperança luminosa no ar… Um dia conseguirei conviver melhor  com elas! (Rs… ) Afinal, esta estória é mais um caso de “apaixonite crônica” de mim por elas, e nem sempre delas por todos nós!

              Mas que elas são plantas exóticas e belas, isto não se pode negar… Por isso, mesmo quando fico chateada com a falta de flores delas no nosso pequeno jardim, me conformo olhando as imagens das tantas flores lindas que elas já nos deram… A da imagem abaixo é uma “Phalaenopsis”, uma foto já antiga, mas que resume a essência de suas extraordinárias flores… Belíssimas!

            Por causa dessas admiráveis plantas e de suas gloriosas flores, já adquiri livros, manuais de jardinagem e muitas revistas sobre o assunto. Nem sempre é fácil cultivá-las, visto que as condições requiridas por cada espécie pode variar em vários sentidos. São plantas de vida rústica e nem sempre gostam do conforto de um  vaso bonito , ou de terra adubada… Aliás,muitas delas nem gostam de contato com a terra, e acima de tudo, preferem o estilo de vida “epífita” de quem simplesmente ama viver pendurada num tronco de uma velha árvore. Mas não se engane… Orquídeas não são parasitas! Apenas usam os galhos de uma árvore como suporte em busca de proteção e de luz.

                Já tive alguns exemplares de orquídeas maravilhosos, e infelizmente, devido aos meus conhecimentos, muitas vezes errôneos, de amadorismo, perdi-as lamentavelmente… Uma pena!

             À pouco tempo mesmo perdi uma admirável “Cattleya”, assim como outras, talvez ( acho eu ) devido ao verão terrivelmente quente desse início de ano.

    ( Imagem de uma de nossas “Cattleyas”… Esta foi presente de um amigo querido nosso)

      ( Uma flor deslumbrante! )

            E quantas orquídeas já cruzaram os nossos caminhos… E entre novas mudas e novas espécies presenteadas, chegamos a ter uma bela coleção dessas magníficas plantas. E era tão bonito e comovente vê-las crescendo e nos presenteando com as suas admiráveis flores!

       (exemplar de Dendrobium… Floração maravilhosa! )

            Mas as orquídeas são realmente incríveis… Pertencem à família das Orquidáceas que constituem uma das maiores famílias de plantas floríferas do mundo. São mais de 20.000 espécies conhecidas, e quem sabe há ainda muitas outras espécies por conhecer. Podem ser encontradas por todo o nosso planeta, em climas que variam do ártico ao tropical… mas é claro que é no clima tropical que elas se apresentam na maior diversidade de espécies. Já foram encontradas até orquídeas à 4.600m de altitude, na Cordilheira dos Andes… São plantas fantásticas e de alto valor adaptativo.

           Mas acho que isso é que as torna tão especiais e exóticas. São plantas que gostam de ambiente selvagem e rusticidade, e isso muitas vezes interfere e foge ao nosso olhar  domestico, que tenta podar (mesmo sem querer) esta natureza tão espontânea e livre de ser.

            Por essas e outras razões, admiro demais essas plantas, que na sua essência selvagem e bela, atrai os nossos olhares urbanos e nos remete à força da natureza ao nosso redor. E nós, seres humanos, se pararmos por alguns segundos para apreciar os seus encantos,  acabaremos por descobrir os segredos das matas distantes e a poesia escondida no doce leito de suas pétalas exuberantes…

          Meu abraço iluminado no coração de todos!!!

                                       Teresa

Anúncios

11 comentários em “Eu e minhas orquídeas

  1. AHHHHH,sou amante destas flores.
    Me fascina pelas cores, formas e cheiros. Por aqui estão em botões, me aguarde…srrssrsr
    Lindo seu post.
    Bjs.

  2. Oi Teresa!
    Também sou apaixonada pelas orquídeas e tenho algumas aqui em casa! Mas como você, perdi muitas delas porque aqui em casa o calor e o vento são muito fortes e constantes…
    Lindas imagens das suas flores amiga!
    Um beijo e uma linda semana!

  3. Amo orquídeas também! Tenho um vaso com quatro flores num tom de rosa bem escuro aqui na janela. Essa eu comprei nas mãos de um vendedor ambulante que vendia mudas. Sei que é errado fazer issso, mas naquela época, não pensei duas vezes. O que me consola é que cuido muito bem dela, mas quando a olho logo lembro que foi retirada de algum lugar da natureza …

  4. Oi Teresa amada, nem sei dizer o quanto sou apaixonada por plantas, todas as cores e especies.
    Tenho : phalaenopsis, catleya, miltonia, capuz-de-freira(Phaius tankervilleae) e ontem adquiri mais 03 exemplares de dendrobium (vou postar)… simplismente amoo…
    Fico extremamente chateada quando perco qualquer especie, seja o que for. Outro dia as formigas cortadeiras acharam minhas roseiras… faltei chorar, mas ja estao se recuperando.
    Mas é maravilhoso cultivar.
    Bjs e otima tarde.

  5. Oi amiga querida
    Tenho algumas, coloquei-as neste ano em uma árvore, até agora não tem botões, sei não, estou com medo de não terem gostado da casa nova.
    Estou de olho, todos os dias vou examina-las, mas até agora…nada…
    Estas imagens são as suas? Amiga! são belíssimas!!!
    bjs
    Tina (MEU CANTINHO NA ROÇA)

  6. Oi Tereza,tudo bem, amo orquideas,tenho algumas,mas ainda não chegaram a florir,ja tem mais de dois anos e nada estou na espera,quem sabe um dia tenho uma surpresa,bjs querida

  7. A minha mãe ama orquídeas. Eu gosto de flores mais simples, mas acabo observando orquídeas por causa dela. Temos tantas, espalhadas pelas árvores e em vasos, que eu me perco. Minha mãe conhece uma por uma. Não entendo essa paixão por orquídeas, mas acabo comprando muitas. Eu posso plantar todas elas em árvores? As suas estão lindas, Teresa. Bjs.

  8. Oi Teresa boa noite! Hj senti vontade te lhe visitar, fui viajar a casa de minha vó que fez uma cirurgia para colocar um marca passo, mais agora ela já esta bem, ate correr ja vi ela fazer… rsrs, minha vó é uma senhorinha muito esperta e vaidosa rs!

    Então suas orquídeas estão lindas, eu nunca dei muito bem com elas… nem tento mais cuidar delas.. um dia se eu tiver uma casa com jardim ao ar livre eu tentarei novamente, acho lindas as que as pessoas colocam para crescer sem o vaso pendurada em alguma arvore, como a sua Dendrobium eu prefiro cultivalas assim! eu tenho que te parabenizar sabe mesmo vc falando das perdas nunca é fácil manter, vc é sortuda 😉 bjs!

  9. Oi querida, boa noite!
    Passando com atraso(como sempre) para agradecer as doces palavras deixadas em meu blog.
    Vc tem razão sim; ficava tagarelando sentadinha ao lado de vovó na máquina de costura, desde pequenina… Meus olhos brilhavam ao ver a mágica da transformação de pedaços de pano em lindos vestidos, calças, manteaux….e as flores que fazia então? Naqueles tempos ela morava próxima ao centro e ia-se à 25 de março a pé…Agora farra mesmo rolava depois das 18 hs quando chegava a irmã mais velha dela, para chulear as costuras e fazer as barras…essa minha tia, uma espanhola desbocada era muito alegre e brincalhona e assim, todas as noites o papo ia até quase 23 hs quando a neblina e a garoa, inundavam a noite paulistana!!!!
    DEsculpe amiga, deixe-me voar nas recordações de um tempo despretensioso, nem sei o que eu pensava ser no futuro mas sei, que vivi intensamente aquele presente, jamais cheio de mesmices!
    Qualquer dia conto sobre a “merenda” das 15 hs…Certo é que a felicidade não escolhe conta bancária! éramos mais pobres que hoje mas muito felizes sem dúvidas!
    Beijos e um feliz final de semana
    Dolly

  10. Maravilhosas suas orquídeas, Teresa !
    Eu amo orquídeas, como amo todas as flores e plantas desse planeta tão lindo !
    Mas as minhas estão todas em árvores, e até as poucas que já comprei foram para lá também. Assim elas seguem seu caminho natural, sem a minha interferência. As Dendróbias às vezes são atacadas e não dão muitas flores. Em outros anos, florescem lindamente. Estou aguardando, pacientemente, como será este ano…

    Hoje recebi um novo comentário naquela postagem que fiz sobre Bonsucesso, e fiquei muito feliz, pois foi de um rapaz de 23 anos que mora em uma casa que aparece numa das fotos da postagem!

    Beijo

  11. OLÁ TERESA , MINHA MÃE AMAAA FLORES EM ESPECIAL AS ORQUIDEAS , MAS INFELIZMENTE NÃO TEM MUITA SORTE COM ELAS POIS SEMPRE FICAM COM FOLHAS MUCHAS E MORREM ,APESAR DISSO ELA SEMPRE TENTA DE TUDO QUE ENSINAM A ELA PARA MANTELAS BONITAS E FLORIDAS, SE POSSIVEL MANDE DICAS PARA NÓS DE ONDE E COMO DEVEMOS CUIDAR DELAS,MORAMOS EM APARTAMENTO E NÃO ESTAMOS CONSEGUINDO MANTELAS VIVAS POR MUITO TEMPO ,OBRIGADA ……

Deixe aqui o teu comentário... Vou adorar! E muito obrigada pela tua gentil companhia!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: