O Corcovado e os quatis da Páscoa

            Sexta-feira santa passada, resolvemos subir o Corcovado. Estava um dia especialmente bonito aqui no Rio de Janeiro. O céu muito azul, quase sem nuvens.E estávamos numa missão “não oficial de trabalho” : Mostrar um pouco da beleza do Rio para dois colegas americanos do meu marido.  Como já tinha algum tempo que não visitávamos o “Cristo Redentor”, juntamos o útil ao agradável, e lá fomos nós , eu,meu marido e os “gringos”, literalmente morro acima!

            E para confirmar que ” O Rio de Janeiro continua lindo…” ( como bem ilustrou o Gil na sua famosa canção ), um passeio pela orla da zona sul da cidade sempre encanta a alma de todos nós, nativos e turistas…

               A temperatura alta do dia,convidava para um mergulho no mar. Paramos no mirante perto da Niemeyer, e a visão belíssima do oceano era de tirar o fôlego! O olhar da gente facilmente se perdia no horizonte e mergulhava fundo nas águas azuis esverdeadas.

            A vocação turística inconfundível do Rio emerge de uma forma extraordinária num lindo dia ensolarado… Mesmo para os cariocas de plantão, é impossível esquecer  a beleza transbordante desta grande e antiga cidade.

            Mas deixando as praias para atrás, nos dirigimos para o alto das montanhas azuladas e cobertas pela mata atlântica. Vamos em direção as Laranjeiras, pegar o caminho do famoso “Corcovado”, onde a estátua enorme do Cristo Redentor parece estar sempre de braços abertos para todos que aqui chegam .

            Mas como nem tudo pode ser perfeito… Mal iniciamos a subida pela sinuosa estrada que leva a Cristo Redentor, nos deparamos com uma fila enorme de carros que mal se moviam! Ou seja, além de nós, muitas outras pessoas tiveram a mesma feliz idéia de visitar o Corcovado… Conclusão: dia de feriado e de sol nesta cidade maravilhosa é igual à pontos turísticos lotados! Mas como somos brasileiros (e americanos curiosos também juntos), resolvemos encarar aquele “engarrafamento” pela estrada, que pelo menos era de rara beleza, no meio da mata atlântica que forma o Parque da Tijuca (a maior floresta urbana do mundo!).

            Quase uma hora de “engarrafamento” depois, e confusões provenientes de estruturas turísticas à parte (lugar para estacionar o carro,fila para comprar os ingressos de acesso, fila para o uso de banheiros,etc…) Conseguimos chegar na entrada  do famoso Cristo Redentor! Agora era só encarar as também famosas escadarias que levam à estátua… Mas calma,minha gente, que agora já tem escada rolante e elevador para aqueles que não querem gastar o seu fôlego…

            Mas devido ao excesso de gente e com medo de mais filas (Rs…), resolvemos ir pelo modo antigo e tradicional, e enfrentamos a grande escadaria!

            Mas cada lance de escada vale todo o esforço do corpo e do espírito: Paisagens deslumbrantes surgem por todos os lados… Uma  maravilha da natureza!

            Apesar de ter estado por aqui tantas vezes, não me canso de me admirar com a beleza desse lugar tão especial e singular… E é sempre emocionante ver  o Rio daqui de cima, essa cidade tão peculiar, que brotou espremida entre o mar e as suas montanhas verdejantes . Daqui do alto ela parece tão pacífica e serena…

            Enquanto vamos subindo, outras surpresas nos esperam…

            Paramos para fotografar na beirada do pequeno restaurante, e outros habitantes desta cidade aparecem para nos dar boas vindas…

            Eram os quatis! Figurinhas fáceis  aqui da nossa mata…

            Os quatis vivem em bando e tem hábitos diurnos. Por terem uma dieta variada, não me admirei em encontrá-los tão próximos do restaurante…

            Estes animais tem o tamanho um pouco maior que um gato e são “primos” dos guaxinins norte-americanos. Mas os quatis em geral tem larga distribuição geográfica, podendo ser encontrados desde o estado norte-americano do Arizona até o norte da Argentina. São pequenos mamíferos adoráveis… Como estávamos próximos à Páscoa, achei interessante encontrá-los por ali, de modo tão natural… E cheguei em casa dizendo para os meus meninos que ao invés dos coelhos tradicionais, eu havia encontrado os “quatis da Páscoa”! (Rs… )

            É sempre uma alegria grande pra mim ver os animais livres e com saúde,nos seus ambientes naturais…

            E depois de me despedir desses simpáticos “carioquinhas”, tivemos a primeira visão  da nossa querida estátua  do Cristo Redentor!

             Considerado uma das maravilhas do mundo moderno, desde há muito tempo essa bela estátua é o maior símbolo de nossa cidade e do nosso Brasil… Orgulho de cada brasileiro e admirado por todos os turistas!

            Confesso que nessa sexta-feira estava meio difícil de se tirar as fotos… Uma multidão estava lá conosco no topo do Corcovado! Mas as imagens que conseguimos captar já valeram o nosso passeio…

      Como diz a música do Tom Jobim,”Cristo Redentor,braços abertos sobre a Guanabara…”

             E depois de enchermos os olhos com tantas paisagens lindas… Descemos mais uma vez o Corcovado rumo ao burburinho dessa cidade de coração generoso,que sempre abriga gente de todas as partes do mundo. 

                E quanto aos nossos amigos americanos… Nem é preciso dizer que adoraram a aventura,não é? Pois mesmo apesar dos “transtornos turísticos” que enfrentamos, é impossível resistir à beleza desta cidade, que não pertence só aos cariocas, mas à todos que a amam de coração.

            E aproveito pra deixar a minha mensagem atrasada de Páscoa para todos, desejando que o espírito de renovação Pascal esteja sempre presente nos nossos corações!

   Um doce e grande abraço para vocês!!!!!

Anúncios

11 comentários em “O Corcovado e os quatis da Páscoa

  1. Que alegria ter visitado agora novamente esses lugares que tanto gosto e tenho saudades.
    Lindas fotos, lindos quatis e tudo muito bem trazido aqui.

    Pena os engarrafamenteo, coisas que não nos livramos mais…

    Uma Páscoa linda dentro do coração! beijos,ótima semana,chica

  2. Teresa,

    Você é encantadora. Viajei junto com vocês nessa aventura. Não me importei com o trânsito, dificuldades turísticas etc.. Tudo valeu a pena, pra chegar lá em cima e ver essas lindas imagens.
    As placas de indicação me emocionaram. Que saudade do meu Brasil e da minha cidade, mesmo com todas as coisas negativas. Espera aí, vou enxugar o teclado.rs
    O Cristo de braços abertos, o mirante. Nossa, quantas vezes fiz esse caminho Barra x Centro x Barra.
    Essa blogosfera me surpreende a cada dia. Hoje mesmo, eu vivi o almoço da Páscoa com a Chica e família, parecia que eu estava vivendo aquilo tudo. Chego aqui, mato a saudade do meu Rio. O melhor disso tudo, é a grande amizade que nasceu entre nós.
    E os Quatis, que fofos! Tudo lindo.
    Obrigada por me levar nesse lindo passeio.

    Acredito que houve algum problema no google há alguns dias atrás. Eu também tive dificuldade em comentar em alguns blogs.

    Abraço forte!

  3. Oi Teresa!
    Os seus posts são lindíssimos, e esse não fica atrás.Você consegue encadear as fotos com uma bela história. Claro que eu amei as fotos do mar, mas esses quatis…. ah, que coisa mais linda! Eu nunca vi um pessoalmente, acho que eu teria feito um fiasco!
    Bjs e boa semana!

  4. Oi Tereza obrigada pelo comentario la no meu blog,desejo a voce e sua familia uma feliz pascoa atrasada mas muito abençoada,adorei sua postagem e demais muito lindo o corcovado eu adorei os quatis ,estão bem gordinhos mas muito lindinhos,beijos querida e até logo.

  5. Oi amiga querida
    Que delicia de passeio ! Que imagens lindas! O Rio é verdadeiramente uma “Cidade Maravilhosa”…dias atráz falávamos aqui em casa sobre o Rio, e o filho do meio, o único aqui que conhece esta linda cidade , disse que fica triste porque se fala tanto da violencia no Rio deixando muitos com medo de ir até aí, sendo que violencia se tem em todos os lugares… disse que o Rio é uma cidade linda, hospitaleira, de um povo gentil educado e alegre…que quando falarmos em Rio de Janeiro devemos pensar mais neste lado encantador. Sua postagem me fez lembrar das palavras de meu filho, e vi com estas imagens que realmente ele está certo.
    bjs Tina (MEU CANTINHO NA ROÇA)

  6. OI AMADA! COMO É BOM RECEBER TEUS RECADINHOS!!!QUE O SACRIFÍCIO DE CRISTO E A ALEGRIA DA RESSUREIÇÃO PQ HOJE ELE VIVE ENTRE NÓS, ATRAVÉS DO ESPÍRITO SANTO,QUE O AMOR A PAZ ESTEJA PRESENTE EM TEU LAR ABENÇOADO!
    EU VIAJEI, E FOI TÃO BOM! HÁ ANOS QUERIA CONHECER ESTA TAL SERRA DO CIPÓ E DEUS CONCEDEU ESTA BENÇÃO!LINDA POSTAGEM, OS QUATIS E O CORCOVADO PAISAGEM MUITO BONITA!
    QUERIDA, BJOS E APAREÇA SEMPRE NO MEU CANTINHO DA VOVÓ!

  7. Tê,
    adoro o Rio!!!
    Rio é bossa nova..
    Leblon, Hotel Marina…
    Ai que saudades!!!!!
    Copacabana….
    Fica essa letra do Jobim pra vc que eu amo!!!!!

    “Se você disser que eu desafino amor
    Saiba que isto em mim provoca imensa dor
    Só privilegiados têm o ouvido igual ao seu
    Eu possuo apenas o que Deus me deu
    Se você insiste em classificar
    Meu comportamento de anti-musical
    Eu mesmo mentindo devo argumentar
    Que isto é Bossa Nova, isto é muito natural
    O que você não sabe nem sequer pressente
    É que os desafinados também têm um coração
    Fotografei você na minha Rolley-Flex
    Revelou-se a sua enorme ingratidão
    Só não poderá falar assim do meu amor
    Este é o maior que você pode encontrar
    Você com a sua música esqueceu o principal
    Que no peito dos desafinados
    No fundo do peito bate calado
    Que no peito dos desafinados também bate um coração”

    bjs da malu mineirinha!!!!

  8. Oi Teresa! Que bom que você gostou dos esmaltes e da coelhinha – eu tb a achei muito fofa. Vc já se inscreveu no novo sorteio? É tanta gente, que estou ficando doidinha!
    Bjs.

  9. Oi querida Teresa, amei seu blog, esse post ficou maravilhoso, especialmente para quem nao conhece o rio como eu.
    Vou adicionar seu link, assim ficarei te serguindo.
    Bjus.
    Alice.

  10. Me senti no Rio ao ver suas fotos! Lá em Vila Velha na grande Vitória, tem o Convento da Penha que tem um vista privilegiada da cidade, me lembrei de la ao ver estas fotos, la também se vê essa ilusão de ótica do mar encontrando o céu, acho lindo e nem sei explicar a sensação que da! A brisa é forte e deliciosa por lá, ai tambem deve ser assim pude sentir rs, vejo a beleza nas fotos!

Deixe aqui o teu comentário... Vou adorar! E muito obrigada pela tua gentil companhia!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: