Mar de outubro

            A tarde se espalha preguiçosa pelas areias brancas da urbana praia.  No céu misto de azul e cinza, as gaivotas fazem os seus vôos rasantes… E a ondas estão agitadas e fortes… É  só mais um outubro na orla da praia da Barra da Tijuca, zona oeste do Rio.

            A restinga também se espalha,por sobre as areias mornas…E as suas raízes  fazem uma trama vegetal que oferece proteção ao solo arenoso e instável.  São plantas extremamente resistentes aquele ambiente hostil… Lutam valentemente por sua sobrevivência, em meio ao sol quente, o vento, a falta de água e o sal. São bravos e heróicos vegetais!

            Um olhar mais atento perceberá as suas florzinhas miúdas,mas belas. Apesar de todas as suas dificuldades fisiológicas, as plantas da restinga parecem felizes… E as suas flores diversas, atestam  tal impressão!

            Atualmente, apesar da praia ser muito longa e com uma boa extensão de areia,  a restinga está  diminuindo rapidamente. A luta desta comunidade vegetal está muito além das variações das condições naturais… Pressionada pela expansão humana e a sua voraz urgência, em muitos trechos, a restinga está extremante reduzida. Não há muito espaço e nem cuidados com essa aparentemente tímida formação botânica. É  o preço do tal “progresso”, muitos dirão.

            Mas ela continua ali…  Espremida e mal tratada, entre o mar e o asfalto quente…Resistindo até ao lixo de mal educados banhistas… Eu não disse que elas são valentes?

            E o mar está ali adiante… Testemunha do tempo passado e presente…Ah, se o mar pudesse falar! Imagino as estórias que ele teria para nos contar… Estórias de dias radiantes e de tempestades tremendas….Contos de sereias sedutoras e piratas desumanos…Contos de partidas e retornos… Segredos que só o mar  poderia guardar na imensidão de suas  águas!

            Mas ainda é outubro, e o verão nem chegou… As praias estão mais desertas, salvos uns fins de semana cheios de sol.E as ondas batem com força na areia, com a intensidade dos ventos que vem de muito longe.

            E a gente fica ali na areia, olhando toda aquela amplitude de horizonte. E o nosso olhar se perde, ao acompanhar o barco que segue o seu caminho distante. E não há multidão hoje para perturbar a quietude do momento… A tarde vai saindo levemente, para dar lugar à noite… Os ultimos raios de sol brincam no céu acinzentado  e as pessoas vão deixando a praia vagorosamente.  O mar  com seu jeito eterno, parece nos dizer, não há pressa… Ainda é outubro…

Anúncios

6 comentários em “Mar de outubro

  1. Liindoo!!
    Esse mar…as florezinhas valentes que lutam para sobreviver e enfeitar, enquanto o homem insensível passa e nem a percebe, pelo contrário a maltrata jogando sobre ela o lixo.
    Mas sempre existe um olhar pungente, de um coração repleto de amor pela natureza, que passa, admira, e reparte a beleza, da maravilhosa criação de Deus.
    Obrigada por estas imagens, que sem dúvida me deixou encantada, admirada, e agradecida a Deus pelo seu grande amor por nós…sim só com um grande amor, para poder nos presentear com tanta beleza, enquanto o homem só destrói…

    beijinho amiga
    Deus te abençoe
    Tina

  2. Tina:
    Você hoje me emocionou com esse teu comentário repleto de suavidade e amor… Quando escrevi esse post, me lembrei de que há tanta beleza no mundo ao nosso redor, e no entanto, muita gente nem vê… E o pior, como no caso das nossas praias, as pessoas usam, abusam da natureza e no final, ainda jogam lixo!
    Gostaria muito que as pessoas parassem para pensar nisso e tratassem melhor o nosso meio ambiente… Quem sabe um dia, antes que seja tarde demais para muitas espécies e ecossistemas do nosso lindo planeta…
    Beijo grande pra ti, minha amiga!

  3. Teresa minha amiga nunca canso de dizer suas postagens sao lindas! Gostei desta pelo parecer mais critico sem perder o romantismo, eu conheço estas plantinhas, la de vitória es, ja ate pensei em pegar uma muda daquela com flores lilas que mais parecem petúnias, da próxima vez se eu achar sementes vou pensar no caso, so nao sei se iriam suportar, o que parece ser extremo pra nos, pra elas é uma beleza, aquelas “margaridinhas” amarelo alaranjadas sao lindas, gosto de flores do campo, muiiito, plantei alguns pezinhos de girasol em dois vasos estao desabrochando, adoro o frescor que elas deixam no ar! Vou te mandar por e-mail uma imagem que vc ja conhece pela minha ultima postagem, ve nela como as margaridinhas são fortes por aquelas bandas, engraçado a semelhança e a diferente entre a nossa restinga e a restinga do povo de la! bjs, amanha volto pra olhar as outras postagens 😉

  4. Olá, amiga Teresa!
    Seu olhar é de uma pessoa sensível, que vê com o coração e alma, isto é uma virtude para poucos… Infelizmente a maioria das pessoas não perdem tempo em observar e valorizar estas existências divinas… Mas, acho que saímos lucrando, vivemos intensamente todo momento, encontramos paz e maravilhosos exemplos de vida, como este que você deliciosamente nos mostra… Realmente é fantástico sobreviver na restinga, de tão pouco elas extraem o máximo, nos deixando perplexos com a sua beleza!
    Ainda em tempo, parabéns pelo Dia do Mestre!!!
    Quanta a minha orquídea, comprei no ano passado em uma feira e esta é a sua segunda floração.
    Um grande abraço!

  5. Teresa, passei por aqui pra agradecer o recado tão carinhoso e sensível que vc me deixou. Me deixou imensamente feliz!

    Gostei mto do seu texto.. a força das plantas, valorizar o que é simples, consciência ambiental, a beleza das praias e poder curtir um finalzinho de tarde na praia!

    Obrigada mais uma vez pelo recado!
    Um beijo com carinho, Glau

  6. OLA´TÉ!!!

    ADOREI ESSA FOTOS D A PRAIA,SÓ ASSIM PARA MATAR SAUDADES!!!

    BJS FIQUE COM DEUS!!!

Deixe aqui o teu comentário... Vou adorar! E muito obrigada pela tua gentil companhia!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: