Lembrança de uma Primavera

                                                                  

            Numa das laterais do nosso quintal há um pé de buganvílie rosa. É uma trepadeira muita esguia, cujos galhos sobem muito alto,buscando a luz do sol. Quando a primavera já está avançada,seguindo o rastro do verão, ele floresce entusiasmado,se enchendo em lindos buquês cor de rosa.

            E a alguns anos atrás ele repetiu a sua linda floração…Mas estava muito florido apenas nas pontas dos galhos mais altos. Fiquei meio chateada…Queria tirar fotos dos seus ramos encantados….Mas como ?

            Tive uma  conversa com a pequena árvore… Sem ninguém escutar,apenas eu e ela. Pedi-lhe que no próximo ano ela tivesse a delicadeza de florir também em alguns galhos mais baixos..Porque aí sim, eu poderia tirar-lhe lindas fotos.

            Ela apenas deixou a brisa da tarde balançar-lhe os galhos. E ficou lá , naquele silencio suave de todas as árvores.

            Naquela noite, um vento impetuoso soprou por todos os cantos do quintal. Muitas folhas voaram  e os bichinhos da madrugada pareciam muito calados. Fomos dormir escutando o barulho do vento batendo nos galhos.

            Quando amanheceu o dia, meu marido me chamou pra ver a bagunça que o vento zangado tinha deixado por todo o lugar. E qual não foi a nossa surpresa em descobrir que os galhos mais floridos do buganvílie  haviam se quebrado e agora estavam se derramando em flores pelo caminho do portão!

            Minhas sobrinhas e o meu filho menor logo se divertiram com a cena… Eles ainda eram bem menores e seus olhos de criança viam naqueles galhos uma promessa de brincadeiras… Mas como o buganvílie álém da beleza, tem lá os seus espinhos, tomamos os devidos cuidados  e logo tratamos de tirar as fotos tão esperadas ,antes de arrumarmos a bucólica bagunça.

            Sei que tudo apenas foi uma feliz coincidência… Aproveitada para tirarmos as fotos tão desejadas. Mas bem lá no fundo da alma,a gente se espanta e se encanta com as peripécias da natureza ao nosso redor. E o vento, depois bem mais calmo, parecia me dizer no ouvido : ” Quem disse que árvore não escuta os pedidos da gente ? “

Anúncios

7 comentários em “Lembrança de uma Primavera

  1. Que texto lindo, Teresa!!!
    Quem disse que as plantas não nos escuta?
    Sempre conversei com minhas plantinhas, e acho que elas escutam sim…
    beijinho
    Tina (Sonhar e Realizar)

  2. Ooh, Teresa!
    Que lindo!

    Eu fiquei tão feliz quando a tia Kátia me disse que você tinha um blog, não podia deixar de vir aqui contemplar, logo eu que sou irremediavelmente apaixonada por blogs!
    E o seu faz jus a esta paixão!
    A forma que você escreve é linda, me faz fechar os olhos e formar a cena em minha cabeça!

    É uma graça rever os pequenininhos ainda menores.. A fotografia digital ofuscou um pouquinho o habito de rever as lembranças eternizadas no papel, embora tenha facilitado em muito a possibilidade de dividir com quem se ama essas lembranças boas!

    Eu sou dessas que acredita fielmente na força da natureza, e no entrosamento que o homem pode ter com ela, uma via de mão dupla, respeito mútuo, e assim a paz reinaria, decerto! Mas hoje em dia tem quem pense que é melhor complicar .. enfim! =/

    Já falei demais! Mas é que seu jeito doce de escrever me empolgou! Sério!
    A tempos meus olhos não brilhavam tanto com um blog!

    Já peguei o link do seu blog e coloquei no meu blog, na bloglist ‘Sempre Lendo!’, que é o que estarei fazendo aqui no seu blog de agora em diante .. sempre lendo mesmo!

    Um beijo grande a vc e a todos na sua casa!
    Saudades

    Vivi

    • Lindo rever minhas pequeninas e o Davi assim menores,dá saudade dos tempos em que eram apenas bebês e que não reclamavam das coisas,rsrsrs.Adorei seu texto e nos faz refletir sobre as coisas boas da vida que as vezes deixamos passar de uma maneira que nem percebemos.Tenha um lindo dia.Beijos em todos.

  3. Ah que linda essa árvore! A bióloga aqui sempre achou essa árvore linda, mas nunca soube o nome, aprendi agora com a amiga bióloga carioca rs. Sempre acreditei nesse negócio de que as plantas sentem nossa energia, as boas e as ruins. Continuo te devendo as fotos da frança! beijo querida e boa semana por aí

  4. Queridas amigas:
    Eu realmente acredito que as plantas sintam a nossa energia ! Elas parecem ser muito sensiveis aos nossos estimulos e “conhecer ” as pessoas que gostam e cuidam delas,ne? E em troca elas nos oferecem tantas coisas boas… E sempre e uma otima terapia passar um tempo junto delas !

    Tina e Cynthia :
    Adoro os seus comentários, sempre tao carinhosos e bem humorados! Voces duas realmente ja sao pessoas tao especiais pra mim!
    Beijos!!!!!!

    Viviane:
    Que surpresa adoravel a sua visitinha!
    Fiquei ate emocionada com tanto carinho e espontaniedade!
    Seja sempre bem vida a este meu cantinho de prosa ! Fico tao contente quando alguem tao jovem quanto voce gosta de coisas tao boas quanto a leitura e a natureza…
    E assim que a gente vai crescendo e plantando boas sementes pelos nossos caminhos!
    Muito obrigada pelas suas palavras tao carinhosas… O meu blog foi feito pra ser um cantinho de simplicidade e aconchego, pra “conversar ” com pessoas amigas e compartilhar o caminhar da vida…Que bom que voce se sentiu em casa! Volte sempre,minha querida!

    Beijo carinhoso pra ti!

  5. Ate o cabelo de Davi floreceu,que isso!!!kkkkkkk

    Vc esta lindo bebezinho!!!!

    bjs!!!

Deixe aqui o teu comentário... Vou adorar! E muito obrigada pela tua gentil companhia!

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: